domingo, 26 de outubro de 2008

Generosidade, paixão ou persistência? Parte II




O amor entre Vivien Leigh e Laurence Olivier: 20 anos juntos.


E a nossa eterna noviça rebelde, Julie Andrews, que encontrou em Blake Edwards, a metade da laranja. Juntos há 38 anos.

5 comentários:

Anônimo disse...

Como dois mais dois é igual a quatro (aprendiiiii D. Dulceeee!!!), tenho certeza absoluta que estas lindas histórias de amor começaram com UM BEIJO NA BOCA, tem coisa mais gostosa que BEIJO???
Ohhhhhhhhhhhhhhhhhh, aquele que vc perde a respiração, as pernas bambeiam, tudoooooooooo pega fogooooooo, bãoooooooo demaisssss!!!
MARTHA MEDEIROS em sua crônica BEIJO NA BOCA diz o seguinte:

"Uma vez a atriz e cineasta Carla Camuratti declarou, numa entrevista, que um bom beijo é melhor do que uma transa insossa. Quando a escutei dizendo isso, pensei: "então não sou só eu". Estou com Carla: o beijo é a parte mais importante da relação física entre duas pessoas, e se ele não funcionar, pode desistir do resto."

Elas não tem razão????

Temmmmmmmmmm simmmmmmmmmmmmmm!!!!!!!!!!!

RO BOLERÃO

eLIANE disse...

Eu acho que tudo começa com um olhar. Um olhar sorrateiro, depois firme, depois olhos baixos, depois encarando pedindo, perguntando, desejando...olhar. Tem coisa mais linda? os olhos se cruzando?O beijo, o toque, depois, depois.

Rosana disse...

Nossaaaaaaaaa Lili, BINGOOOOO, olho no olho, karacaaaaaaaaaa,mãos acariciando a face, os cabelos e aquelas bitoquinhas no pescoço, ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh e O BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!

lIp/ querida boleirão disse...

Olho no olho diz tudo...Aí confirma a postagem no outro tópico. A gente aspira tudo de um olhar. Basta pretar atenção.
E d. dulce, onde está?

Li p/bolerão disse...

Ah é BOLERÃO.
Vem cá, um di vem proceso. fica usando este nome pdado por terceiros. Risos.