quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Akitas são silenciosos

O akita é o cão adorado no Japão . É o cão dos samurais, imponentes guerreiros no que, para eles, a morte voluntária não era um pecado, pois fazia parte do código de honra que lhes regia.
A disciplina Samurai, tão remota como os costumes feudais nipônicos, os convertia em dignos e orgulhosos integrantes da classe militar do Império do Sol Nascente. Era em todo o momento o "cão do chefe", indicando seu proprietário, e o motivo da vestimenta do uniforme de gala, era conhecido por este, com especial fidelidade, com amor, com profundo respeito e curiosa particularidade que ainda hoje se conserva.
Assistir uma exposição de Akitas no Japão é algo que reveste uma solenidade muito especial e recordação inesquecível. É o único caso conhecido em que uma nação, no caso o Japão, ampara e protege, dá assistência e uma especial subvenção ao proprietário de um Akita que, por dificuldades financeiras não pode dar a seu exemplar um tratamento adequado.
Suas origens se remontam a uns 3.000 (três mil) anos. Ficou conhecido no ocidente quando alguns soldados norte-americanos, logo após a segunda guerra, os levaram para seus países.
Conserva uma particularidade nada desprezível para nossa atual forma de vida, "é silencioso". É desconfiado por natureza com estranhos e seu olhar penetrante seguirá com atenção os movimentos de qualquer pessoa que visite nossa casa. Tenhos casos engraçados e curiosos registrados ao longos destes 10 anos ao lado dos meus.
Outra mostra de suas características peculiares, é sua forma de atacar, silenciosa e de surpresa, mantendo uma calma absoluta e uma incrível identidade com seu condutor, assemelhando-se em sua luta, a um campeão de judô, pela fenomenal capacidade de obter êxito em um combate com adversário de tamanho notavelmente superior.
Mas fiquem preocupados, não. Todos são bem vindos no sítio. Meus akitas são adestrados, adoram as visitas desde que eu esteja ali e tenho comando absoluto sobre eles.
Aí ao lado esta a daminha peralta, social, que adora distribuir beijinhos a todos chegam. Ela é alegria da criançada. Comunicativa como a "mãe".

8 comentários:

isa disse...

Propaganda é a alma do negócio, hein, cara, "mamãe"....

Bjos,
Isa

ELIANE disse...

e que horas vamos ver o gato Daniel?

isa disse...

Eli, eu não vou amanhã, não. O Dr. Daniel não estará.Acredito que ele esteja viajando. Quem o substituirá será o outro gato médico da equipe: Dr. Bruno.

Bjos fortes,
Isa.

Ps: Sabe aonde fui hoje com uma amiga?

isa disse...

A mãe vai c/ a Vó e a pessoa que ajuda à mãe, o anjo chamado Zeza, por volta das 16 horas e pouquinho. A consulta com o Dr. Bruno será às 17 hs.

Eliane disse...

Bom, então cheio de gato assim, vai dar tudo mais que certo.
Fé.

betty disse...

Li adoro cães e acho os seus lindíssimos muito fôfos. Você fala de causos com sseus cães, por favor não deixe de postá-los devem ser hilários mesmos.

eliane disse...

Betty, shiro nasceu com um pequeno defeitinho. Não fala. risos. mesmo assim fica lá oooooohhhhoooooo.
E quando eu não quero levantar da cama,coloca aquele cabeção em cima do meu corpo e fica quieto esperando.
sabe tudo, entende tudo e vai fazer 10 anos. Agora é um senhor. Enxutérimo.

Ebally disse...

É esses bichinhos são demais mesmos, sabem de tudo, sentem tudo, sabem mais do que possamos imaginar.