domingo, 12 de outubro de 2008

Estilo de vida é a chave para saúde.

Queridos amigos, neste final de semana mergulhei em um livro maravilhoso do médico psiquiatra David Servan-Schreiber. Este francês extraórdinário relata como lutou contra um câncer no cérebro diagnosticado há mais de quinze anos.
Há seis meses queria ler este livro, mas fui adiando em função do trabalho. E agora chegou a vez de conhecer mais esta história: de um bravo sobrevivente. Ao longo da semana, vou colocar algumas frases que pincei. Frases que valem para todos. Pacientes, ex-pacientes e os saudáveis.

E para começar, leiam esta com atenção:

"Nós todos vivemos com mitos que impedem nossa capacidade de desarmar o câncer. Por exemplo, somos frequentemente levados a acreditar que o câncer é antes de tudo uma questão de genes, não de estilo de vida. Porém o inverso é que é verdade."

Então pessoal, olhem para si mesmos e vejam se o estilo de vida que estão levando é o melhor, o mais adequado. Felicidade, felicidade, palavra importante neste processo.

8 comentários:

a vizinha à direita disse...

Acredito plenamente nisso.A sua maneira de viver, de comer, de se relacionar com as pessoas são fundamentais pra determinar o que vai lá por dentro. Mas há tbém uma carga genética. Lembra da primeira ´pergunta em todos os consultórios : tem isso na sua familia ? tem aquilo ???? Diria que o equilíbrio é importante. Não ? Qual é o nome do livro que vc cita ?

Lulu disse...

Sim, com certeza existe o componente genético, mas geralmente ele é desencadeado por um fator psicológico. Dizem, por exemplo, que a enxaqueca é própria das pessoas perfeccionistas, e que se esta pessoa conseguir ficar mais calma e ser menos exigente, ela acabará desaparecendo. Às vezes é, sim, possível identificar a personalidade que tem predisposição a doenças. As pessoas, por exemplo, que são sempre boazinhas, que nunca ficam com raiva e que assumem a culpa de tudo o que acontece ao seu redor, na verdade não ficariam tão vulneráveis se fossem mais duras com os outros, mais gentis consigo mesmas e vivessem mais em função do prazer do que das obrigações. Mas não só o comportamento deve ser mudado, como também a perspectiva mental... e na maioria dos casos há a necessidade clara de uma total reestruturação da personalidade, para que passem a vir a ser aquilo que a natureza planejou que fossem e deixarem para trás toda a bagagem neurótica que carregam....na verdade, o sintoma não é o problema, ele é simplesmente sua manifestação visível. O problema é a maneira global de pensar, sentir e agir ("de viver, de comer, de se relacionar com as pessoas", como diz a vizinha à direita logo acima)...mas temos que reconhecer que é difícil a pessoa encarar a possibilidade de que toda a sua vida e suas percepções de vida estavam erradas... é difícil encarar a idéia de eliminar o velho EU e começar novamente do nada, com premissas totalmente novas... Em alguma postagem de alguns dias atrás li algo sobre "se defazer de roupas velhas, que se amoldaram ao nosso corpo", ou coisa parecida, parece-me que é um poema de Fernando Pessoa.... é exatamente por aí.

Eliane disse...

Bom meninas, a genética no caso que me refiro é apenas 15%. Só quinze. No mais, estresse, alimentação e estilo de vida são essenciais para desencadear alguns processos.
Agora, estou no começo do livro, depois conto mais.

Paty disse...

Vc está conectadíssima!!! Só te falo isso!
òtima semana. Bjks!

Rosana disse...

Neste tópico falo p vcs de minha mãe e posso afirmarrrrrrrrr que ela sempre fez tudo que hoje É MODA!

Uma pessoa super relax, tranquila, alimentação pra lá de saudável, tinha verdadeiro HORROR A CARNE VERMELHA, NUNCA COMEU, mesmo em criança minha vó tentava que ela comesse e ela não comia de jeito algum, nunca fumou,tinha uma vida muito tranquila e saudável em todos os aspectos,alimentação corretíssima,mts frutas, verduras e legumes,PEIXES e PEITO DE FRANGO, NUNCA FUMOU e no entanto, CÂNCER NOS PULMÕES!!!
Era uma pessoa muito amada e querida por todos que a cercavam,sua delicadeza,atenção que tinha com os amigos e familiares, sua FÉ INABALÁVEL, mesmo nos momentos mais difíceis de sua doença, e veio esta doença que foi muito cruel com ela nos últimos três anos de vida, cruel demais!!!
Até hoje me pergunto POR QUE ela teve que passar por tudo aquilo, uma pessoa que só fazia o BEM A TODOS, vixiiiiiiiiii, vou para p aqui, isto me revolta!!!

Acredito messssmmmmooooo que o que está destinado a cd um de nós, independe de tudo que falam nos livros, revistas, entrevistas,etc, o QUE TEM QUE SER SERÁ!!!

ELIANE disse...

MISTÉRIOS EXISTEM...

JOSE RENATO disse...

BOA NOITE AMIGAS
Bom eu acredito que o que estiver escrito no livro lá em cima quando nascemos acontecerá.Vejo tantas barbaries com os meus pacientes tb e ai me pergunto porque tudo isso,ai que acredito no velho ditado acima.
Mas tb acredito que os fatores do nosso dia a dia contribuem para os fats,stress,poluição,alimentação
etc...
O mais importante é acreditar que para Deus nda é impossivel, e tudo está bem ao nosso lado,é só acreditarmos.
bjs a todos

eLIANE P/ jOSÉ rENATO disse...

Amigo, hoje li algo interessante.
no livro: "estatística é informação, não é condenação."
mesmo asim, ainda falta longa estrada.
Prefiro guardar sempre suas sábias palavras:
"jogo ganho"- até quando?
Bem ...milagres podem acontecer. bjbjbjb
Volte sempre. sempre!