terça-feira, 9 de setembro de 2008

Um espírto de luz brilha na Mantiqueira

Desculpe amigos, mas preciso desabafar.
Há 15 dias ou mais penso muito em dona Lúcia, minha querida companheira de tribo, guerreira que saia às 3 da manhã de São Lourenço para vir fazer tratamento no Rio, e voltava com a mesma garra no final da tarde pela Mantiqueira.
No dia do lançamento de meu livro, ela e Lúcia Cristina-filha dedicadíssima- mandaram as mais lindas flores aqui para casa. Uma "corbeille "enorme.
Há muito pensava em vê-la. Hoje ao ir até minha clínica( pq ela é minha também), foi a primeira coisa que fiz: perguntar por dona Lúcia. Não gostei do que ouvi e entre um e outro trabalho, liguei três vêzes para a cidade que ela escolheu para viver.
Só consegui falar há pouco. Com Lúcia Cristina. Demorei a ir visitá-la em São Lourenço. Cheguei tarde.
A boa notícia é que a fé conforta a filha. A ótima notícia é que o livro de Dona Lúcia vai sair publicado( eu vou ajudar) e a excelente notícia, que me comoveu profundamente, é que ela além de ler "Sentença ou Renovação", fêz marcações e comentários antes de partir. Meu livro estava na cabeceira dela. Mande mais sinais do céu dona Lúcia. Senti sua presença durante toda esta semana. E adorei.

4 comentários:

Simone disse...

Eli, viu como foi genial a sua iniciativa de escrever a crônica. Certamente foi um grande incentivo para outros e um alento para muitos. bjs
Simone

Eliane disse...

SIMONE, existem pessoas que são como relâmpagos na vida da gente. Basta só um raio para marcar nossas vidas.
d. Lúcia, uma doçura.
Saiu do Rio, depois de sofrer e ver a filha passar por um assalto sem precedentes. viveu feliz na Mantiqueira. Nunca se queixou de nada.
E morreu com a "Sentença" ao lado. Mas vai renovar todos nós com o livro que vem por aí. É lindo.

elizabeth disse...

Li, todos que passam pela estrada de nossas vida, nos encontram por algum motivo, este encontro nunca é vão, sempre deixam algo, um sentido.

Tenho certeza que este encontro de vocês duas foi algo lindo, e importtante neste momento em que vc está passando.

A vida é somente uma passagem sem hora e data para acabar, a verdadeira vida é após a morte.

Eli disse...

Mas é sempre surpreendente enfrentar o "até logo"
UM BEIJO