domingo, 21 de setembro de 2008

Vem de longe meu amor por São Paulo

Toda a vez que a vida se encarrega de me fazer, digamos, uma surpresinha, Deus surge e arremata com um presente. Mas desta vez, quase deixo este presentão escorregar pelos meus dedos. Foi por pouco. Pensei em não ir a São Paulo neste final de semana. Mas o compromisso de trabalho firmado, a importância do encontro com os anjos da terra me impulsionaram. E fui pra lá.
Em fevereiro deste ano, também quase amarelei de ir para Miami, viagem planejada há meses. Mesma história, mesmo motivo. Mas fui também. Afinal nem Barry, nem Claudinha deixariam eu desistir. Está lá em "Sentença ou Renovação", crônica 40.
Então aceitei mais este presente de Deus e fui trabalhar, conhecer enfermeiras de todo o país, que participaram do Congresso que falo aí embaixo. Fui estreitar meus laços com companheiros da Roche e aproveitar São Paulo.
Já falei, contei e recontei que Sampa está no meu coração desde menina. Depois dos 14 anos então, firmei um contrato para sempre por causa de "minha família paulista" hoje apenas composta de Nina e Afonso, e de nossas recordações de tempos inigualáveis. Mas lá tenho também meus amores de primas e amigos fiéis do jornalismo.
Só posso dizer que tanto em fevereiro como agora, tomei os remédios certos para o caminho da renovação.
Ir para São Paulo transformou meu humor, minha dor em decisão. Decisão ferroz. Miami me trouxe de volta em fevereiro. São Paulo me reergueu.
Fui com os olhos cheios d'água de dúvidas. Voltei com eles ainda molhados com os carinhos, os abraços recebidos, os gestos, sorrisos e olhares dos anjos da terra.
Mais uma vez, obrigada. Esta cidade sempre me traz oportunidades e me faz feliz. Por isso não me canso em dizer: Vem de longe meu amor por São Paulo.

5 comentários:

Rosana disse...

Conheço pouco São Paulo, tenho muitos amigos e familiares por lá mas, quando vou, preciso de GUIA ou jamais conseguirei retornar , rs,rs,sr,sr,rs,sr, mas um CERTO PAULISTAAAAAAAAAA, ahhhhhhhhhhhhhh, que AMORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR
ARREBATADORRRRRRRRRRRRRRRR, sabe estes beijos que você presenciou nos aeroportos???
Nem te conto, ahhhhhhhh, o SANTOS DUMONT presenciou cenas cinematográficaassssssssss, pena que ninguém filmou, nossaaaaaaa, adoraria ter os vídeos daqueles ENCONTROS, OHHHHH MYYYY GODDDDDDDDDD!!!!

Eliane disse...

Não rosana, agora v. vai ter que contar.
Vizinhaaaaaaaaaaaaaaaa, ascende a luz. Eu vou dormir. Mas ela pirou.
Amarra ela, pés e mãos. Vai ter que contar.

Rosana disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, é Lili, você nemmmmmmmm imaginaaaaaaa!!!!

Se as paredes do nosso lindo aeroporto falassem, aqueles lindos painéis,hummmmmmmmmmmmmmm, belas e inesquecíveisssss momentosssss, SAUDADESSSSSSSSSSSSS...

Eliane disse...

Depois eu que preciso de beijos.
Só queria um . Um só....igualzinho aquele.

Rosana disse...

Recordar é VIVERRRRRRRR , momentos lindos, impossíveisssssss de esquecer e aquele beijooooooooo, OH MY GODDDDDDDDDDDDDDDDD, já sei, não vou dormir de novoooooooooo!!!!!