sábado, 27 de setembro de 2008

Amores amigos e fiéis


Há 15 dias não vejo meus lindos e fiéis amigos. Neste sábado imagino a festança do reencontro.

Nunca pensei que poderia amar tanto assim os animais. Nunca pensei.

14 comentários:

Lulu disse...

Como diz Milan Kundera em "A Insustentável Leveza do Ser", nós amamos melhor os nossos cachorros por não termos nenhuma expectativa em relação a eles, não sentirmos ciúmes deles e por os aceitarmos do jeito que são..... o que não conseguimos fazer com seres humanos.
Por outro lado, os nossos animais de estimação são a fonte de nossas emoções....

a vizinha e suas lembranças disse...

é verdade, Lulu. É o taL AMOR INCONDICIONAL !!! Sem cobranças. Doar sem esperar nada em troca. Lá longe numa terra banhada por outro oceano eu vi esses bichinhos chegarem ao hospital para alegria dos doentes. Igual a filme mesmo. Com crachá de Voluntários. Uns fofos ! Ele pulam na sua cama, abaixam a cabeça e esperam um afago. Recebem a dor inteira de quem está deitado. Fecham os olhinhos e partem depois pra outros leitos.Não fazem barulho mas mexem com nossos corações.

Rosana disse...

E aí Lili, já está curtindo seus filhotes, né??
Aproveite, curta mesmo, divirta-seeeee , tenha um ótimooooooooo fim de semana, beijins
Ro Bolerão

Luiz Otávio Coutinho disse...

Coronel Flor do Leme:

Alguém lá atrás, lá atrás, já tinha dito que os cães são os melhores amigos do homem.
E são, principalmente se ao lado deles existe uma grande mulher.
Que seu fim de semana, mesmo chuvoso, seja brilhante.

Eiane disse...

Gente, meus cachorros deram luz a este tópico.
Aliás, para quebrar a dose chique que Kundera deu ao blog, vamos a frase histórica do ex-ministro Magri, do trabalho: Cachorro também é ser humano!
Só para relaxar.
Lembram dele?

Eliane disse...

Rosaninha. Sabe o que o branco faz toda vez que quer descansar?
Deita nos meus pés e fica lá para eu não levantar.
Agora, mais velho anda dengoso.
Semana passada eu estava em São Paulo e ele se comportou uma maravilha. Educado, sem dengos. Quando eu cheguei, pronto. Não conseguia nem me mexer.
Mais que incondicional. Infinito este amor.
Será que existe amor infinito entre um homem e uma mulher?
Tomara!

Eliane para LOtávio disse...

Luiz Otávio, tudo bem por aí?
Como foi o finde?
Você nunca me falou se gosta de cachorros.
Eu sempre detestei. Achava uma bobagem. até que Shiro entrou apra minha vida.
A gente muda não é?
um beijo grande.
Olha, estou sabendo que voc~e e nossa Rosana andam trocando, trocando idéias.
Vem logo para o Rio.

Lulu disse...

Aquele lance do Magri, Eliane, eu acho que na verdade ele quis dizer "cachorro é um ser vivente como outro qualquer", e acabou dizendo "ser humano"... em psicanálise, isso se chama "ato falho".... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

eliane disse...

Lulu, o meu é humaníssimo. Os meus. Nasceram com defeitos apenas de fala. rsrsrssrrsrsrs
Mas ficam lá me chamando.ohohohohohoh
De-mais!
bj

Anônimo disse...

Amor INFINITO , homem/ mulher??????Acredito mais nos AUAUS da Lili, rs,sr,sr,sr,sr,sr,sr,sr,...

Eliane disse...

Já sei até de onde veio esta afirmação.Já conheço, já conheço.
Mas é bom acreditar que possa existir...

Lulu disse...

Eu sei o que você quer dizer, porque a minha também é humana... você acredita que ela sorri para mim, quando eu chego em casa? Sorri de verdade, como qualquer ser humano. Minha veterinária diz que poucos cachorros fazem isso, e a minha faz. A boca se estica para os lados e aparecem os dentinhos e a gengiva: um autêntico sorriso. Se meu filho ainda estivesse aqui comigo, já teria pedido a ele para filmar. Outra coisa: ela também me conta fuxicos da empregada.... é um au-au-au-au-au comprido danado, olhando para ela e para mim ....
no meu orkut tem um video dela, muito engraçado, por sinal....

eliane disse...

Lulu, vou te internar. Sorri???
Nem kinkine Shiro conseguem esta proeza. Vou levar no Faustão!!!!!!


sorry darling, foi o máximo!!!

Lulu disse...

Pois é, Eliane, sorri mesmo!!! Não adianta levar para o Faustão, lá ela não iria sorrir.... rsrsrsrsrsrsrs
Quando eu estou chegando em casa, ela conhece a buzina do meu carro, avisando ao porteiro para abrir o portão. Então ela sobe no encosto do sofá que está embaixo da janela para olhar eu entrando com o carro na garagem. Quando eu subo e abro a porta ela está no sofá olhando para a porta, me esperando. Aí, eu digo: "cadê o sorriso de mamãe?" "Cadê meu sorriso lindo?" E ela estica a boca para os lados e franze a parte superior em baixo do focinho....um lindo sorriso canino!!!!! Qualquer dia desses peço a alguém para filmar....