quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Sem chance de errar a escolha. Será?

Bom, finalmente as mulheres vão saber agora se o homem é ou não um bom partido.
Um Instituto de Pesquisa da Suécia, onde ninguém tem mais o que fazer ou descobrir, mostra se o homem tem ou não uma variação de um gene, que pode ajudar a decidir se ele é um "bom partido".
Ufa. Maravilhoso.
O mesmo gene que afeta a habilidade de um roedor de ser monógamo pode afetar casamentos humanos. Homens carregando uma variação comum de um gene envolvido em sinais cerebrais tendiam mais a terem casamentos infelizes do que homens com a outra versão.
O estudo está lá na revista científica "Proceedings of the National Academy of Sciences".
Os efeitos da variação genética ainda não são totalmente conhecidos, mas outras pesquisas sugerem que ela esteja relacionada à habilidade de comunicação e empatia.
"O foco do estudo era verificar o quão fortemente os homens se conectam com suas parceiras, não a infidelidade", declarou Hasse Walum, do departamento de epidemiologia e bio-estatísticas do instituto.
A equipe do Karolinksa Institute estava intrigada por estudos anteriores que mostraram que uma diferença genética parecia explicar porque uma espécie de arganaz (um tipo de roedor da Eurásia e África) forma um laço para a vida toda com a parceira e outras se acasalam de forma promíscua.
Resta saber se os pesquisadores sabem o que é ser um bom partido, para nós mulheres.

4 comentários:

Patricya Reis disse...

Homem tem que ter pegada e pedigree!!! Só isso tudo tá bom!
Soubde de uma q foi passear com amado na favela Nova Brasília e amou! Vou contar a história no blog.
Bjks!

eliane disse...

Paty, pegada... pedigree a gente administra.
ahahahahahhahahaha
Não não, esta história de direitos autorais reservados para meu próximo livro.
Aqui, a turma vai pensar que fui eu e perco minha torcida organizada.
Esta história me pertence.
Este roubo dá cana.

Rosana disse...

Patricia, vc disse tudooooooo, homem ter que ter BOA PEGADA, ISTO É FUNDAMENTALLLLLLLLLL!!!!
Beijins

Eliane disse...

E pedigree ela falou. É importante para v. menina da valsa?
Para mim, pedigree em homem é sinônimo de classe.
E os homens ficam charmosos com classe.
Com a palavra, a vizinha.