sábado, 16 de agosto de 2008

Uma data especial

Hoje, 16 de agosto, é uma data preciosa para mim. Foi neste dia que nasceu uma das pessoas que trago bem aqui no coração: meu pai.
Amava a vida, amava os filhos, amava a medicina, amava o tricolor, e amava as mulheres . Amava o Rio e as Minas Gerais. Amava ópera, o Leme, a praia e amava viajar. E nos últimos anos de vida, se esbaldou no sítio do Brilhante. Ao lado de Shiro e Kinsei.
Reclamar de quê? Viveu feliz, imensamente feliz! Até quase 94 anos.

2 comentários:

Betty Bally disse...

Que coisa linda que vc escreveu sobre seu pai. Quanto amor e carinho vc sentia ele.

Tudo isso me faz lembrar o meu que como o seu partir, deixando uma grande saudade.

Um grande beijo

Betty Bally

Eliane disse...

Aí Betty, quando falei sobre ele no dia dos pais, disse tb que penei um pouco na juventude. Mas todas as atitudes e amor dele por mim, me fizeram esquecer esta parte.
E sabe o que mais? Neste último ano, sinto ele pertinho. O seu tb está.