terça-feira, 26 de agosto de 2008

O poder do silêncio

Para abrir esta terça-final, a caminho da primavera:

"Todas as vêzes em que você abre a boca, você libera uma poderosa energia. Se cada um de nós conseguisse aprender a controlar essa energia, ela poderia trazer muita saúde, relacionamentos, muito melhores. Iríamos, sem dúvida alimentar nossos sonhos, curar nosso corpo e energizar a nosssa mente. O problema, porém, é que sempre temos muito a dizer...
Existe um poder enorme no silêncio. Existe sabedoria no silêncio. Existe amor no silêncio. Pense por alguns momentos no sol, na lua e nas estrelas, Todos esses astros, apesar de aparentemente silenciosos, cumprem perfeitamente seu papel. Pense nas montanhas mais altas e nas árvores mas frondosas. Elas nunca têm nada a dizer, mas é difícil derrubá-las. em meio ao frenesi da agitação diária, quero encorajá-lo a se recolher no silêncio e à meditação. Isto porque o silêncio é não apenas uma arte, mas ao mesmo tempo a ferramento do sábio."

6 comentários:

Luiz Otávio Coutinho disse...

Minha cara amiga Eliane:

Concordo com reservas de que "existe um poder enorme no silêncio". Pode até ser que ele transmita sabedoria, amor e todo o poderio, no sentido figurado, desses elementos da natureza que você citou. Pode ser também uma arte. No entanto, o silêncio pode derivar para um caminho perigoso, assustador, talvez amargo, ou seja, passar para que não está escutando nada a sensação da ausência.

Eliane disse...

Olá Luiz Otávio.
Não sou a pessoa indicada para falar sobre o silêncio. Além de tagarela, nasci para a comunicação. Desde cedo minha mãe me advertia que eu falava demais. Mas o que fazer?
Achei bonito este texto, guardado há anos. Concordo sobre o caminho perigoso que ele pode nos levar, mas percebo que as palavras podem também - muitas vêzes- ser mal interpretadas.
Citei o texto pela complexidade do meu trabalho atual: a campanha.
De qualquer forma, esta máxima não se aplica a nós, repórteres agitadíssimos, assessores falantes,amigos sempre cheios de prosa e duelos. Desde a juventude.
Desde dos tempos da Manchete e da Nacional.

Camélia disse...

Querida Eliane

A terça-feira tem um gosto todo especial para mim. Trago ótimas recordações. Só coisas boas aconteceram comigo na terça-feira. Apenas guardo essas recordações no mais profundo silêncio. Só sinto que as pessoas que participaram de uma grande terça-feira com a minha pessoa talvez nem se deêm conta, mas como sou uma boa taurina, continuo guardando no meu coração e num silêncio profundo.
Beijos
Saudades
Camélia do Serrado

Eliane disse...

Querida, posso imaginar essa terça-feira e todas elas.
Sinto um perfume no ar.
De saudade. E meu amigo aí em cima, o Luiz Otávio, ainda fala que o silêncio é perigoso.
É nada.
Ele guarda segredos profundos.
Estamos juntas querida.

Camélia disse...

Sempre juntas no silêncio, ele tem um glamour especial, pois guarda justamente coisas, momentos, pessoas, sentimentos muito especiais
Um grande Beijo
Camélia

Eliane disse...

Silêncio é de ouro não é?
Querida amiga, saudade também das terças, quartas, quintas...de nossa história ao lado de outras tantas que estão por aí.