quinta-feira, 3 de julho de 2008

Decisões e pênaltis

Bom dia amigos queridos.
Não foi porque o grande Flu perdeu o título que estou levantando esta lebre mais uma vez.
Desde garota quando acompanhava meu inesquecível pai Ary ao Maracanã, eu perguntava:
-" Depois de um grande jogo, a decisão por pênaltis é justa? Porque não marcar novo jogo?"
Os jogadores estão exaustos física e emocionalmente, carregando grande responsabilidade, e aí tudo tem que ser decidido em segundos!
Seja em competições mundiais, nacionais ou em uma pelada na praia, porque decidir em pênaltis se a beleza do futebol está em um bonito espetáculo?! Que regras!
E por falar nisso, que bonita festa das torcidas!
Enfim, estamos nesta vida para enfrentá-la. De cabeça erguida.
E como dizia o grande tricolar Ary, "bola pra frente!"

2 comentários:

Marcos Rodrigues (clínica) disse...

Cara Eliane,
mais uma vez expresso aqui a minha declaração de como voce é especial para todos nós, desejo bastante sucesso no lançamento do seu livro em sp, e se Deus quiser vai dar tudo certo.
boa sorte.
uma grande Beijo do seu amigo Marcos Rodrigues (Clínica).

Marcos Rodrigues (clínica) disse...

Cara Eliane,
mais uma vez expresso aqui a minha declaração de como voce é especial para todos nós, desejo bastante sucesso no lançamento do seu livro em sp, e se Deus quiser vai dar tudo certo.
boa sorte.
uma grande Beijo do seu amigo Marcos Rodrigues (Clínica).