quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Em que época vivemos?


Foi de propósito que eu não quis tocar neste assunto até agora. Mas está mais do que na hora.
Em um mundo em que as mulheres conquistaram tantos direitos, em que mulheres governam países e tomam decisões difíceis, é inconcebível aceitar que um ser humano possa ser tratado de forma bárbara. Morrer apedrejada? Enforcada?
Em julho deste ano, o caso da iraniana Sakineh Ashtiani ganhou repercussão internacional quando se divulgou que ela havia sido condenada à morte por supostamente ter assassinato o marido. Sakineh foi julgada culpada de adultério há muitos anos e condenada à morte por apedrejamento. Em setembro, o Irã anunciou a suspensão da execução por apedrejamento, mas disse que ela poderia ser enforcada devido à condenação por homicídio.
As pressões internacionais tem sido fortes e nessa quarta-feira o ministro das Relações Exteriores do Irã, Manouchehr Mottaki, disse que a Justiça iraniana ainda não tomou uma decisão final sobre o destino de Sakineh.
Blogueiros de todo o mundo se uniram à campanha para salvar a iraniana. E estamos aqui, juntos, gritando bem alto contra esta "barbárie."
Amigos, bom dia. Para acalmar os ânimos convido vocês para olhar as novidades do blog bem à direita da página. Novas músicas nas "Trilhas da Minha Vida." Lindas. Já temos até a música de natal com um coral super. E ainda as postagens mais lidas do Blog da Eliane, no Brasil e no mundo. E vem mais "news "por aí. Afinal, mesmo em meio a notícias loucas e estarrecedoras, não podemos perder a nossa alegria e capacidade constante de superação.
Faltam só 57 dias para 2011. Um beijo a todos!



37 comentários:

Chica disse...

Realmente esse casoé triste e parece que não terá mesmo uym final feliz.

Nós podemos gritar,nos indignar e nem popr isso devemos deixar de viver e pensar em coisas lindas. Vi tuas trilhas, ainda não ouvi e achei boas as novidades.

Mudar, renovar é legal sempre!beijos,tudo de bom,lindo dia!chica

Chica disse...

Voltei...acabo de ler teu comentário(estávamos na mesma hora nos visitando) e adorei a hiastóriua do grilo...beijos,chica

AGNALDO NO ESPELHO disse...

Eliane, Elianinha... Menina novidadeira...

Vamos ao post: é realmente lastimável o que se passa com essa moça e, claro, uma série de outras barbáries que vêm acontecendo no Irã e em outros países radicais ao longo dos anos.

Sempre olho essas questões (o fundamentalismo religioso especialmente) sob duas vertentes. A primeira é a nossa, que confronta veementemente tais questões. A segunda é a tentativa de compreender os séculos de tradição e de cultura desses países.

É claro que esse olhar generoso, que busca compreender e respeitar a cultura e as tradições dos povos, não passa nem perto de ser condescendente com o que acontece à iraniana. Ao contrário. Repudio violentamente. No mais, sobre os governos não laicos, procuro apreender a forma de pensar de seu povo e lançar um olhar além da superfície das notícias, para tentar entender se esse é, de fato, o desejo do povo. E quando o é, respeito.

Sobre as mudanças no blog. Vou xeretar tudo, tudo, tudo... Depois eu conto.

Super beijo e lindo dia.

Eliane Furtado disse...

Chica, As trilhas mudam de tempos em tempos. As músicas traduzem um pouco ou muito de nossa história.
Bom visitar não é?

Cecile Azambuja disse...

Bom dia Eliane!
À medida que o mundo vai evoluindo, certas práticas, culturais ou não deveriam ser extintas gradualmente sob um consenso mundial. É como vc pergunta, em que época vivemos?
Temos que mentalizar muita luz para esse governante, para que ele se renda aos apelos do mundo moderno.
Um beijo de quinta feira!

Eliane Furtado disse...

Agora fiquei mais boba ainda. Elianinha? Oh my God. Bom demais esta força e mimo.
Quando estiver novamente no CTI descansando -depois do próximo procedimento já agendado - vou pedir para enfermeira p/ ler estes tratamentos carinhosos no Lap. Hummm vai dar inveja e volto pra casa rapidinho.
Sabe Agnaldo, para quem tem na veia sangue árabe, é uma vergonha incrível.
Uma mancha na cultura. Tradição é uma coisa. Barbaridade outra.
Ótimo dia. bj

Eliane Furtado disse...

Cecile, quanta atrocidade e barbaridade em uma época em que se fala em robôs, células tronco e avanços.
Veja as news do Blog.

jungleworldcitizen disse...

Sakineh, Neda, tantas outras... Eu fico triste e até com muita raiva de tudo que se passa, das atrocidades feitas em que se usam como desculpa Alá, ou qualquer outro símbolo religioso. Para mim, a base de qualquer fé é o amor ao próximo, a compaixão e o respeito.
Que absurdo ver que em pleno século 21, isso ainda é "normal". Não vejo nada de normal nisso. Aqui do outro lado do Atlântico, a discussão é mais visível e as tensões mais "palpáveis", já que os países são geograficamente pequenos, mas culturalmente são uma mistura gigante, haja diálogo!

Um abraço e boa quinta!

Jungle World Citizen

Zélia Guardiano disse...

Olá, Eliane!
Realmente estarrecedor o que está acontecendo!
E inacreditável, também.
O homem evolui em tantos aspectos e, em outros, dá-nos a impressão de retrocesso.
Mas, estamos fazendo a nossa parte: você, com esta exemplar postagem, eu, como o passarinho da fábula sobre o incêncio na floresta: tenho assinado listas que pedem clemência para a pobre mulher.
E agora, resta-nos confiar a Deus.
Enorme abraço, cheio de gratidão pela visita que me fez...

Eliane Furtado disse...

Jungle Jungle, postagem ótima, que traduz toda nossa indignação.
beijos

AGNALDO NO ESPELHO disse...

Eliane querida,

Concordo com você. Concordo plenamente.A cultura e as tradições não podem nem devem se sobreporem à vida. Esta está acima e além de todas as demais razões.

E só para contrariar a densidade costumeira do que tenho postado no ESPELHO, resolvi seguir seu conselho com relação às contraposições. Hoje estou levinho, levinho... Postei um vídeo lindo. Considere-o um presente a você.

Super beijo.

Chica disse...

Voltei novamente,rsrs...acabei de fazer uma historinha e estará lá amanhã! Dedicada à ti e inspirada no teu comentário...beijos,chica

Fatinha disse...

Bom dia!!!Está lindo o dia de hoje no Rio,heim!Bom para ser feliz!!!
Bom, eu acho que vivemos tempos de mudanças , embora o tema seja outro este se encaixa no anterior.
Num passado muito recente no nosso pais ainda tinha escravidão e todas as atrocidades que isso acarretava.Evoluimos no nosso ritmo.
Com a globalização em que nos permite saber e palpitar sobre assuntos de toda a terra ,acelera o processo de mudanças.
Que o caso de moça sirva ao menos como um marco para repensarem sobre os seus costumes e suas violencias constituidas!
Nossa!Chega,escrevi tanto que me lembrei do Agnaldo..rsrsrs,pareço estar reescrevendo a Barsa!
Beijo

AGNALDO NO ESPELHO disse...

AGNALDO PARA FATINHA >>>>>>>>>>>>

Não tem jeito, às vezes as palavras ganham pernas e correm mais do que queremos.

A salvação é a Barsa. rsrsrsrsrs...

Super beijo.

Maria "A Carioca" disse...

O mundo ainda é muito diferente. No Sudão, por exemplo, onde meu irmão está, não há energia elétrica, um poço de água para cada três mil pessoas e a comida é......semente de coquinho. Os doentes são tratados embaixo de árvores, ao ar livre. Quando nos falamos por telefone, Flávio me diz: "o fim do mundo já existe, aqui".
A barbarie está nos lugares mais pobres, mais esquecidos, mais atrasados e infelizmente ninguem esta nem aí. Tomara que a manifestação relacionada ao caso desta mulher surta efeito. Eu também assinei o manifesto. Se o clamor mundial der certo.....já vai ser um começo e tanto para humanidade inteira. Como se diz no alcorão:"Quando se mata um único ser humano é como se estivessemos matando a humanidade inteira".
bjsbjsbjs

Bubby disse...

Bom Dia Eliane,

Sugiro que edite um CD, All of my life - Eliane´s songs!

Apedrejamento, boa idéia para brasília. . . político corrupto, safado, sem caráter e ética, pedradas neles, já fizeram um ensaio com o José Serra aqui no RJ, mas, com bola de papel e rolo de fita adesiva, tiveram 100% de êxito, a galera tem pontaria, não teríamos desperdício das pedras !! rsss

Realmente as leis Islâmicas são de arrepiar, jogou água fora da bacia é morte, com requinte. Ela só não é aplicada para o príncipe saudita Saud Abdul Aziz bin Nasir, nobreza que pode matar e ser Gay, enrustido, que nada acontece, apenas, a prisão perpétua, sem pedras ou forca.

Ele afirma ao pai que estava em uma SAUNA GAY mas não é GAY!!!

Inclusive podendo sair em 20 anos ou menos. . .

Bubby sabe Bubby diz!!

Lulu disse...

Bom dia, Eliane, bom dia blogueiros. Realmente é estarrecedor, não entram na minha cabeça certas barbaridades, como morte por apedrejamento e a clitoridectomia ainda praticada em algumas culturas. Aliás, sou totalmente contra qualquer pena de morte.
Meus filhos gostam muito de viajar pelo mundo, e eu vivo pedindo a eles que pelo amor de Deus não inventem de ir países muçulmanos. Não é preconceito, é medo, aliás, terror. Esses fundamentalistas são totalmente extremistas, radicais, fanáticos, não se abrem ao diálogo, não aceitam o que na nossa justiça é chamado de contraditório, ou seja, "audiatur et altera pars" (a outra parte ser ouvida), eles têm seus dogmas como verdades absolutas, incontestáveis, e por qualquer coisinha já vão logo condenando à morte. O brasileiro têm muito senso de humor, e eles são "senso de humor zero", por isso o melhor é passarem bem longe...
Beijos, que bom que a semana já tá terminando, semana curtinha...
Um lindo dia para todos!

LULU para BUBBY disse...

Ô Bubby, apedrejamento não, mas umas "sapatadas" cairiam bem... rsrsrsrsrsrsrs

Eliane Furtado disse...

Zélia, hoje o Agnaldo está como eu gosto: levinho. Vou lá já!

Eliane Furtado disse...

Ah Chica, não precisava. Mas adorei ksksksksksksksk
Ando muito mimada. Vou acordar bem cedinho.

Eliane Furtado disse...

O que seria Barsa Fatinha? Dragão deve saber...Vou perguntar kskskskksks Lá vem chumbo mais tarde ksksksksksk
Só brincando querida amiga. Só brincando.
Escreva o quanto quiser. Tão bom desabafar. Tem pessoas que não postam mas adoram ler os comentários. Já me falaram isto.

Eliane Furtado disse...

Agnaldo. somos fãs. Faça testamento sim!Adoramos, certo Lulu?

Eliane Furtado disse...

Carioca, quando irmão voltar marca jantar pra gente? Quero saber de todas as histórias. E quero escrever sobre isto: o Sudão. E não vem que não tem. Vou pedir e mostrar minha prioridade. ksskksksksk
Grande beijo.
Vc deveria ter comprado o apto de sua tia para ficar perto de mim.

Eliane Furtado disse...

kskskskskskskskskskssk Não dá para não se esbaldar. Eliane song's. Vou falar para Hama. Já tem livro, camiseta, e que grande idéia Bubby. Bubby é que nem Carioca ...sabe tudo!
Agora, vc tem certeza que o príncipe é gay?
Ah vou apurar. Sai do armário Majestade!

Eliane Furtado disse...

Viva! Lulu chegou. Vc viu o post da Carioca e o que acontece no Sudão. Sem falar na Arabia Saudita.

Dragão foi comprar ESTILINGUE P O CERRADO disse...

Perguntinha que não quer calar: alguém sabe me informar se existe alguma PEDREIRA em BRASÍLIA??????????????kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ali sim seria um prato cheioooooo para pedradaskkkkkkkkkkkkkkkk...

Fatinha, ONDE vc desencavou a BARSA???? Foi ao Egito???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk este blog hoje está mto animado e Bubby AMEIIIII a sua idéia do ELIANE SONG's , já vou encomendar meu album kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Quanto a esta moça acho um absurdo em 2010 ainda acontecer uma atrocidade como esta, que coisa maisssssss terrível, nenhum ser humano merece!

Agora, no CERRADO bem que tem mtosssss que mereciam ESTILINGADAS CERTEIRAS kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mª do Rosario - Ro disse...

Oi Eliane, Maria a Carioca sabe o que diz, estou com ela.
bjs.

Eliane Furtado disse...

Sabe Dragão quem não te conhece pensa que vc não tem um lado sério. Mas tem. Atrocidades não são mais engolidas.
Agora quanto a idéia maravilhoooosa de Bubby, um álbum? Um??????????
Por favor...Vou guardar dez. ksksksks

Eliane Furtado disse...

Querida Rosária, mandei email querendo saber o dia do Bazar. Mas não é o mesmo evento do ano passado é?!
Carioca Sabe Tudo.

Dragão disse...

Se tenho e como tenho!
Coisas como esta me deixam arrasada mas assinei TODOSSSSSSSS os manifestos que recebi e repassei p email, orkut, face, etc, espero sinceramente que ela consiga ser salva e que ALGO aconteça no MUNDO para que vejamos dias melhores com MTA PAZ E AMOR para todos, CHEGA DE VIOLÊNCIA, ESTÁ DEMAIS E TEM QUE TER UM PUNTO E BASTA!

Maria "A Carioca" disse...

Escreve sim Lili......ele tem muita história para contar. Sabe estes emails e documentários sobre o fim do mundo, 2012??? Então, ele fala para mim: Paula, o fim do mundo já acontece aqui neste lugar.
Quanto a moça...........espero mesmo final feliz!!!!
O ap de tia Fafous...quando soube, já estava vendido......rsrsrsrsrsrsrs
Mas pq vc não pensa em vir para o Jardim Botânico? É bom!!!!
bjsbjsbjs

Eliane Furtado disse...

Ah final feliz...duas palvras mágicas.
Acontece.

Flor de Lótus disse...

Oi,Eliane!Td bem?Pois é parece que a única coisa que nos dá a sensação de infinito é a estupidez humana,matar uma mulher por uma suposta traição é no mínimo estarrecedor,mas isso é bem mais comum do uqe a gente imagina,bom tu como jornalista sabe disso melhor do que ninguém.
Beijos

Eliane Furtado disse...

Oi Flor, bem perto daqui há muitas mulheres que sofrem abusos.
Ótima noite. Noite? Este horário de verão passa rápido.
Bem-vinda turma do sereno!

Dragão segue p A CAVERNA disse...

Noite de Paz para todos, beijinssssssssssssssssssssssssssss

Bubby disse...

Eliane,

O príncipe saudita Abdul Aziz bin Nasir, é o que tinha um empregado chamado Bandar o qual foi agredido em Londres e por lá deve ficar em prisão perpétua, salvaguardando alguma interferência do paizão!!

Ela matou o empregado que dividia a cama com ele, VEJA BEM SÓ DIVIDIA, embora dormissem em trajes sumários e encaixados, Londres é frio e o principie é alérgico a cobertores de lã e, o Bandar aquecia a orelha do Saud. . .

Bubby sabe Bubby diz!!

Daniel Savio disse...

O destino dela deveria ser a liberdade, isto sim...

Fique com Deus, menina Eliane Furtado.
Um abraço.