segunda-feira, 18 de abril de 2011

Primos amigos

Volta e meia eu falo aqui no neste Blog dos laços que nos unem: os de sangue, os de coração, os de amizade, os do dia a dia. Falo pouco dos laços entre primos. Conheço amigos(as) que tem um montão deles. Eu sou uma caçula que tem também. Sou fã dos meus. Laços alimentados pela criação, pela mãe e por nós mesmos. Outro dia revi um maravilhoso. Não importa onde eles estejam - em qualquer do mundo temos uma sintonia mágica. E um link que nos unem com nossas histórias e antepassados. Um baú histórico. Sou ligada aos primos irmãos, mas ainda muito mais aos de segundo grau. O primo-irmão é popularmente conhecido primo de primeiro grau são todos os filhos dos irmãos e irmãs de nossos pais são primos-irmãos. E tem aqueles(as) que adoramos ter como primos de coração.
A vida é assim. De construção de laços, e de culturas rígidas mas que um dia nos envolvem de cuidados e carinhos.
Resgatem seus primos.
Bom Dia. Segunda-Feira, 18 de abril. Ótima semana para todos!

7 comentários:

✿ chica disse...

É muito legal quando conseguimos nos encontrar com primos, reviver as bagunças juntas feitas na infância e adolescência.

Não podemos nos distanciar.

Aqui8 em casa, procuramos ao máximo manter os agora priminhos sempre em fu~ção e juntos aprontandpo.Isso fica pra sempre!

beijos,lindos laços,ótima semana!chica

Fatinha[ disse...

Ah! Como são gostosas as festas de casamento, bodas etc... é quando temos oportunidade de rever todos os primos!O tempo, necessidades e gosto levam as pessoas pra vidas diferentes.Com os primos acontece isso mesmo! Mas,mesmo á distancia continuam as ligações afetivas.Adoro!
Beijo

Lulu disse...

Até há algum tempo, todo ano se fazia um almoço na casa de minhas tias, irmãs de minha avó, onde toda a família se reunia. E assim os primos das novas gerações iam se conhecendo. Mas todas três (eram três que moravam nessa casa) faleceram. Hoje o imóvel foi vendido ao IPHAN (é uma casa belíssima, do início do século passado, tombada pelo Patrimônio Histórico) e os primos das gerações que vão chegando não mais se conhecem. Há sempre um movimento para retomarmos esses almoços, mas por uma coisa e outra, ainda não aconteceram. Linda a sua postagem sobre resgate de primos. A propósito, meus pais são primos carnais. Eu cheguei a ter um namorico com um, mas não foi pra frente.
Primos do coração? Tenho vários, e os amo tanto quanto aos primos de sangue.
De uma profundidade filosófica sua colocação de que a vida é "construção de laços". A física quântica usaria o termo "conexão". Martin Buber afirma que o homem "é um ser em ralação". E o princípio básico da ecologia é de que todos nós estamos interligados numa vasta e intrincada rede de relações, pois somos sistemas dentro de sistemas, numa rede infindável de conexões, afetando-nos continuamente uns aos outros.
Seria tão bom se todos pudessem chegar a esse nível de compreensão!
Viveriamos num mundo de paz, tolerância, compreensão. Será que a Era de Aquário vai nos trazer essa visão sistêmica de que somos todos interconectados e interdependentes?
Beijos, tenham uma ótima segunda-feira e uma maravilhosa semana, cheia de conquistas.

Lulu disse...

Eita!!! Lá em cima, onde se lê "é um ser em ralação", leia-se "é um ser em relação"! (embora em ralação também... kkkkkk)

Zel Bengalinha Paulistana disse...

Alô, alô, Sampa chamando Rio!!!!!
Boa tarde a todos!

Eliane, também tenho muitos primos e tenho por eles um carinho muito, muito grande. Um deles, especialíssimo, vai comigo às químios e fica me fazendo companhia por horas, na clínica. É coisa de amigo mas é coisa de primo, também.
Linda a sua homenagem aos primos!

Beijão e força nas canelas (como dizia minha avó)
Zel

Maria Cecile disse...

Bom dia Eliane!
Hoje vendo meu filho encontrar os primos e ficar feliz, lembro como era quando eu era criança... as brincadeiras, alegrias, travessuras, e algumas palmadas juntos quando aprontávamos.
Beijos e boa terça!

Carlos Portela disse...

Eu e Cláudia somos primos de coração. rsssss obaaaaaaaaa