sexta-feira, 22 de outubro de 2010

O "vale tudo" da ganância


Estou perplexa. Mais do que isto, estou cansadíssima de assistir tanta baixaria. Parece que este tempo de falta de educação, jogar baixo, confusão, e ausência total de valores éticos veio para ficar. Bom, discussões e combates sempre existiram. Começando na própria família. Mas costumava ficar escondido entre quatro paredes. Tínhamos vergonha de expor desavenças, divergências e conflitos particulares. É claro que "pelejas" sempre existiram e existirão, mas tudo indica que muitas pessoas perderam o controle e a total noção de se conviver em sociedade. Loucura? Ganância? Sei lá. Só sei que esta onda de baixarias começou faz tempo.
Se não me falha a memória, tudo começou lá pelo final dos anos 80. Pelo menos, esquentou. Infelizmente, neste aspecto, a televisão contribuiu negativamente e incentivou ânimos adormecidos. Programas tipo "reality show" que reuniam famílias para discutir problemas ao vivo( e saía a maior pancadaria), desconhecidos confinados em casas desvendando cotidianos e corpos, vidas expostas para todo mundo. As novelas não ficaram pra trás. E os autores foram incrementando cada vez mais seus roteiros. Hoje a gente assiste a casos de bigamia como se fosse normalíssimo, filhos tentando destruir as mães por dinheiro, pancadaria em faculdade por causa de um vestido e às mulheres popozudas (que nome heim?) viraram estrelas e por aí vai.
Quem me conhece sabe que estou longe, muito longe de ser uma pessoa conservadora. Claro que tenho meus valores, mas não julgo, e tenho uma cabeça aberta e moderna. Só que de uns anos pra cá, a coisa está indo longe demais e atingindo profissionais de todos os tipos e de todas as áreas. E o pior; respingando em nós, toda uma nação. O "vale tudo" entrou na moda? Mas esta onda vai ter que parar. Duvido que a população brasileira e todos os habitantes do planeta estejam satisfeitos com esta nova realidade. Duvido que isto seja normal.
Não sei bem onde isto vai parar. Mas eu parei. Parei de acreditar em pessoas que promovem baixarias. Todas elas.
Fala-se tanto em educação, mas a postura, o refinamento, a cordialidade, as tais boas maneiras ensinadas na infância por pais e professores sumiu.
Mas não deste Blog. Não daqueles que me cercam na vida, no trabalho, na família. E é isto que me dá esperança que ainda somos uma tribo resistente aos bons hábitos e que ama pessoas educadas e prima pela elegância e o bom senso.
Hoje é sexta-feira, sempre santa e esperada por todos.
Bom dias lordes e ladies, dames e monsieurs, queridos e queridas leitores deste Blog finérrimo.rs.

26 comentários:

IsaLenca disse...

Plenamente de acordo contigo Eliane. Penso que se passou de um extremo a outro com muita rapidez- e o respeito foi ficando pelo caminho. Também digo que não sou conservadora mas na mente dos mais jovens, pelo menos de alguns, somos umas cotas bem conservadoras. Mas também penso que os pais e mães actuais têm muita e a principal culpa no "cartório": podemos e devemos transmitir aos nossos filhos os melhores valores. Sem modéstia posso dizer que penso ter feito um bom trabalho com os meus- até os meus filhos "criticam" os excessos do "vale tudo da ganância". Espero que depois eles façam o mesmo.

Um bom final de semana. Bjs

AGNALDO NO ESPELHO disse...

Eliane querida,

O mundo está de cabeça para baixo (pelo menos o nosso mundo particular, como o conhecemos; o nosso território).

Há um culto exagerado à esperteza, à malícia, à vantagem a qualquer custo e isso é deprimente.

As pessoas terceirizam a responsabilidade. É sempre do outro ou culpa das modernidades, da falta de tempo, dos compromissos...

Ora, não conheço ninguém que tenha se autoeducado; digo isso porque educação, formação, orientação vem de casa, dos exemplos, do compromisso com a construção de cidadãos retos e compromissados com o coletivo.

Não importa o quanto trabalhem os pais. A qualidade da presença é fundamental. Dá a exata dimensão do respeito que os filhos precisam aprender. Uma vez isso consolidado, o resto vem de arrasto.

Pessoas com boa formação familiar (e que não seja confundida formação familiar com educação formal, erudição) têm uma noção mais clara do que é certo e do que é errado. E as escolhas ficam por conta de sua autocrítica.

Faltam valores e sobra baixaria. Onde será que essa equação vai parar?

Vou virar avestruz e enfiar minha cabeça em algum buraco para não assistir.

Super beijo.

Dragão vai torrar MITO SEM DEDO E TCHUMA disse...

Vou dizer uma coisinha, nunca vi uma campanha eleitoral como estamos vendo é um VALE TUDO GERALLLLLLLLL carambaaaaaaaaaaaaaaaaa!
Ninguém deveria votar em NINGUÉMMMMMMMMMMM e deixar todos falando sozinhos principalmente o MITO SEM DEDO MENTIROSO, CÍNICO, CARA DE PAU!
To irritada com esta gente que INVENTA , MENTE como se fosse a coisa mais normal do mundo, MITO SEM DEDO vá para o Alasca por favor!rs,rs,sr,sr,sr,sr,sr, sorry Lili mas tinha que desabafar, inté biju

Cristina disse...

Eliane
A coisa tá feia mesmo! Uma total inversão de valores. Nada de que aprendi na infância parece ter valor hoje, tudo é banalizado. Eu como professora sei bem o que é isso, pois a sala de aula é o retrato dessa sociedade tumultuada em que vivemos. Mas vamos acreditar que dias melhores virão não é? Boa sexta para você e obrigada pelas visitas ao meu blog. Ah! Se morássemos perto te levaria o arroz doce com muito prazer! Rs... Fica com Deus! Bjss

Bubby disse...

Super amiga Eliane,

Bom dia!

Por favor, obrigado, desculpa, Ladies first, abrir a porta do carro para a mulher, puxar a cadeira para mulher sentar, entender que seu direito termina quando o dos outros começa e outra mais, estão fora de uso, viraram atitudes caretas!!!

Outro ponto, é a cidadania, cobra-se do governo, mas a maior parte da população não contribui, cospe no chão, joga papel no rua, fecha cruzamento, avança sinal, para sobre a faixa de pedestre e etc.

Pois é não consigo ser moderno, fui educado a ser careta e não consigo modernizar-me. ;0))

Bubby sabe Bubby diz!!

comunicadoras disse...

Eliane, não desanime que por cá anda tudo igual. A televisão só passa o que não interessa, programas que educam só aparecem depois da meia noit ou então quando toda a gente está a trabalhar; os realities shows abundam, só diferem daí no nome; professores são agredidos pelos alunos e até pelos pais que entram na sala e batem no professor; hoje aqui o estranho é ser-se correcto; quem o é é considerado conservador.. out.No meio dos políticos a baixaria no parlamento é constante; ainda ontem comentei com o meu marido...os jornalistas não têm formação nenhuma e quando acompanham o sr. Presidente da républica ou o primeiro ministro é Cavaco isto... Socarates aquilo e por aí vai. Podiam pelo menos dizer o Presidente Cavaco Silva o sr primeiro ministro Socrates. Depois, como querem que os mais pequenos aprendam a respeitar os outros? Enfim, Eliana, não sei onde isto vai parar. Um beijinho e um bom fim de semana. FICA BEM!
Mila

Zel Bengalinha Paulistana disse...

Alô, alô, Sampa chamando Rio!!!!!
Bom dia a todos!!!!!

Pois é, Eliane, hoje, quem é educado, civilizado, ético, É BOBO!!!!!!!
Espertos, são os que praticam o "jeitinho", burlam a lei, desrespeitam o outro a favor de si próprio, e por aí vai.
Concordo em absoluto com você. Também fui criada e educada para ser "trouxa" e assim como Bubby, não consigo ser moderna e "esperta".

Dragão, o mito deveria ir pra Plutão, pra ficar bem longe da Terra!!!!!!!!

Beijão
Zel

Lulu disse...

É isso mesmo, pessoal, eu mesma, quando anunciam o programa eleitoral, corro logo para os canais da tv a cabo, fico totalmente enojada com toda essa baixaria que está rolando. É a ganância, a sede de poder, mandando a ética e outros valores para o espaço! Minha filha, que morou 4 anos na Nova Zelândia, diz que lá os candidatos, nos horários eleitorais, mostram seus projetos, seus programas de governo, e é um elogiando o outro... também pudera, é um dos países com menor índice de corrupção!
Como diz a Cristina, hoje o que se observa é uma total inversão de valores, as pessoas dizem "eu rodo a baiana", "eu desço do salto", "eu armo um barraco" como se isso fosse elevar seu conceito perante os outros, como se fosse uma coisa digna de ser admirada, quando na verdade são pessoas totalmente desequilibradas... eu também não sou uma pessoa conservadora, mas se tem uma coisa que não suporto é falta de educação, e de certos valores eu não abro mão!
Beijos para todos, tenham um lindo dia.

Eliane Furtado disse...

Salve, salve Isa, Grande poeta, Dragão enfurecido, Cristina de textos lindos,Lorde Bubby, Mila e as comunicadoras, Zel-Linda da begala de diamantes, Lulu de Aracajú.
Eu hoje queria falar de bichos, de fim de semana, dos emails lindos que tenho recebido e tantas coisas boas mais. Mas está demais não é torcida querida?
Está demais.
Mas é o que digo, este Blog é só elegância. Só alegria e superação.

Chica disse...

Tua indignação é bem justificada.,Estamos todos "de saco cheio"(pra ser fina como eles,rsrssr)de tudo isso.

Mas não vamos deixar que estraguem nossos dias,né?

um lindo fds,tuuuuuuuuuuuuuudo de bom!chica

Eliane Furtado disse...

Estragar nossos dias jamais! Por isto plantamos só sementinhas do bem e que crescem de forma maravilhosa.
Viva Chica.
Vou me alianar um pouco para estragar os dias e a saúde. Já chega o que passei em 2009.

Tatiana disse...

Olá Eliane!
Obrigada por sua visita e palavras deixadas em meu blog.
Para mim é um imenso prazer estar aqui e poder ler uma materia tão rica como a sua. Vem de encontro ao que sempre digo, mais do que fachada as pessoas precisam ter conteúdo. E o respeito está acima de tudo.
Estarei sempre aqui acompanhando as suas postagens.
Um beijo carinhoso para você!

Dragão BUFANDOOOOO disse...

E tem gente que ainda diz que esta COISA é um MITO, karacaaaaaaaaaa, onde isto pode ser um MITO??????
Só se for para mulher dele, quero que ele suma na fumaçaaaaaaaa rs,sr,sr,sr,rs,sr,sr ou se afogue numa 51 que ele tanto gosta rs,sr,sr,sr,sr,sr,rs,sr...

Silvana disse...

Bom dia Blog, bom dia Lili, assino em baixo mil vezes, você foi perfeita no seu comentário, eu também já estou de paciência esgotada de tanta baixaria, todo mundo agora que quer aparecer, coloca sua vida privada, literalmente no vaso sanitário kkk
é o fim eu sou tão reservada que peco pelo excesso, existem coisas que devem se manter entre quatro paredes, ou só entre amigos do coração, esse negócio de tornar tudo público é o fim. Saudades de todas beijinhos.

Cristina Simões disse...

Falou e disse!!!afffff fico perplexa com o que vejo as vezes de relance na tV Brasileira....cruzes...quanta baixaria..
Infelizmente mulheres viraram produtos da frutaria..kkk
mas dou graças a deus por ter sido eduacada com Valores.Destes não abro mão...
Oha amiga no gang da mama no face não fique quietinha...podes dar suas pitadelas,
beijocas grandes

Rodrigo disse...

Bom dia "The Boss.Ph" !!!
Bom dia Blog !!!

A trajetória nos mostra inúmeras situações, não é mesmo ???

A "baixaria" é muito ruim mas, estou preferindo ultimamente "o barraco" a "guerra Fria".
A pendenga pública é expositória mas, é menos covarde.
Engana-se que covarde é ausencia de coragem. A covardia, neste caso,
camufla-se ou esconde-se da exposição e nos bastidores, faz verdadeiras canalhices.
Enfim minha escolha para este momento se é que posso escolher é que venham e façam o barraco, assim é menos dificil de saber com o que está por vir.

Beijos, Rodrigo


ps: enviei e mail sobre pauta.

Maria "A Carioca" disse...

Taurina só é conservadora e rigida consigo mesma.kkkkkk...com os outros realmente não há preconceitos.
Mas com relação ao texto de hoje...concordo plenamente. As crianças não chamam nem as mães dos amiguinhos de tia mais. É pelo nome. As amiguinhas de Mariana, com 5 anos, me chamam de Paula. Ô Paula quero suco e por aí vai. Por mim blz, me sinto com 5 anos....ótimo, mas se pensarmos bem, já é sinal de total falta de limites.
Educação deveria ser pauta de tudo, sabe por que? Porque educação é conteúdo, é elegância, é saúde, é segurança pública, é sustentabilidade, é TUDO!!!!!
Cada vez mais estão eslásticas as fronteiras e o resultado é o que estamos assistindo.
Eu faço coro com vc baby: CHEGA DE BAIXARIA!!!!!!

Eliane Furtado disse...

Boa tarde Carioca Taurina, que vive me mimando.
Tatiana parceira e poeta do amor. Dragão bufando até dia dia 31. Depois piora rs.
Grande Rodrigo. Manda para radios e jornais tb. Depois me conta.
Cristininha do além mar. Vou lá vou lá. Vc anda um espetáculo de engraçada.
Silvaninha que abandonou o Leme por Franca. Mas que nunca me abandonou.
Pessoal mesmo que a coisa esteja feia, amanhã é sábado. Vou desligar TV e esquecer jornais.
E agradecer por estar cercada de uma turma ciquérrima como diz a vizinha do outro lado.
Bj

Maria "A Carioca" disse...

Sabe q a vida fica bem melhor só com os documentários, filmes, desenhos animados......a cia dos cachorros, ladies perto de alguns humanos, boa pedida para o finde!
Desligar tudoooooo!!!!!!
bjsbjsbjs e bom descanso!!!

Dragãoooooooooooooo disse...

Pena que aqui não dá p postarmos imagens então, dá uma olhada no meu face, ok??rs,rs,rs,sr,sr,sr...

Vera do sulllll disse...

Querida Eliane!
Aplaudo a tua indignação de pé. O que vamos fazer? Há um tempo de plantar e há um tempo de colher ....será que plantamos tão mal assim? Quero ganhar na sena e morar em PORTUGAL!!!!!.
Bjs de sexta a todos.

Zélia Guardiano disse...

Excelente, amiga Eliane!
Você foi mais do que feliz ao redigir este texto. Tudo na medida exata! Não escreveu uma só palavra que fosse vã.
A realidade, hoje, é exatamente do jeito que você descreve. Os valores todos, para alguns, viraram alvo de chacota. Honestidade tornou-se sinônimo de fraqueza. Aquele que ainda vive dentro das normas da ética, é chamado Mané.
Eu, felizmente, como você , sou rodeada de pessoas que repeitam os códigos da boa educação, mas o que se vê na mídia é tristemente lamentável.
Que pena!
Grande abraço, querida

Cecile Azambuja disse...

Boa tarde Blog! Eliane...!
Vera... concordo contigo. Adoraria ganhar na sena mas iria para o Havaí, e na última ilha do arquipélago, rsrs.

Brincadeiras à parte, a gente às vezes fica com vergonha. Mas é melhor do que não ter vergonha, não é mesmo, como muitos por aí!
Só rezando, Eliane.
Boa sexta, bons planos para o findi, e muita paciência, rsrsrs!

luluonthesky disse...

Obrigada pela visita Eliane. Hoje em dia falta respeito. Filhos que não respeitam pais, professores, amigos. TV que só dá mau exemplo. "Vale Tudo" para pisar nos outros e subir na vida.
Big Beijos

Lucimara Souza disse...

Os valores foram perdidos, os princípios esquecidos...
Tua indignaçção é a de muitos.

Abraços,
Gostei muito do blog.

Lucimara Souza
www.textos-e-reflexoes.blogspot.com

Daniel Savio disse...

Infelizmente, é um ciclo vicioso, quanto mais o nosso povo tem péssiam educação (seja na escola, ou em casa), mas gosta destes programas sem noção...

Fique com Deus, menina Eliane.
Um abraço.