sábado, 27 de março de 2010

Justiça seja feita!


O que é justo para uns certamente não é para outros. A palavra justiça envolve várias interpretações. No mundo atual vemos tantas barbaridades e nem sempre vemos a justiça ser cumprida.
A expressão a "justiça é cega" surgiu para explicar que ela é imparcial e não faz distinção entre os homens. A venda nos olhos da estátua que a representa mostra que a justiça não faz distinção entre homens e raças. Infelizmente não é assim que tem funcionado. Cansada de tantas falcatruas, a sociedade decidiu acrescentar à tradicional expressão, que muitas vêzes além de cega, a justiça é surda.
Nosso dever como cidadãos é praticá-la todos os dias de nossas vidas. Ter senso de justiça.
É muito confortador saber que a justiça divina tarda mas não falha. Mas o melhor de tudo é que a justiça entre os homens seja feita. Sempre, indistintamente.
O homem mais feliz, disse um dia Platão, é aquele que é justo.
Os juizes bateram o martelo no caso Isabella Nardoni. Mas ainda falta muito para que possamos nos orgulhar de nossos magistrados.
Espero que este caso Nardoni inspire a todos que abraçam o Direito. E que a justiça não tarde tanto e não falhe mais.
Eu estou aguardando para ver minhas causas resolvidas. E lavar a minha alma.
Bom dia amigos. Um sábado renovando as esperanças nas leis dos homens e da vida.

12 comentários:

Lulu disse...

Bom dia, Eliane, bom dia, blog. Pois é, o casal Nardoni foi condenado. Mas, do meu ponto de vista, nada existe a comemorar. A vida de Isabella não será retomada. O sofrimento da mãe,da família, não irá arrefecer por causa disso. E o casal está com suas vidas, com seus futuros destroçados. Tudo isso me dá uma grande tristeza, uma profunda consternação. Não especificamente por Isabella, pela mãe, pela família, pelos amigos, pelo casal Nardoni, mas pelo ser humano em si.
Beijos, tenham todos um ótimo final de semana.

Eliane disse...

LULU, BOM DIA. Concordo. Hoje estou pensando muito em justiça. Não pelo caso Nardoni, mas por tudo que vem acontecendo no país, no mundo, no dia a dia.
Tenho enfrentado a justiça face to face. Advogados e etc...
Fora isto, eu preciso fazer justiça agora comigo mesmo. Ser feliz.
Só por email. Ótimo sábado.

Vera Henke disse...

Olá Eliane!
Justiça feita !? Também fico entristecida,com a vida dos filhos do casal.Pelo que ouvi ele ficara recluso por mais ou menos 13 anos e por mais uns 3 em regime semi aberto por mais uns 3 anos e Ana da mesma forma porém proporcional. Fico pensando que laços de amor e filiail que terão estas crianças. Como o ser humano é.....um ato mudando a vida de cabeça para baixo. E na Escola como vão sentir-se essas crianças. Tenho consciência que a Isabella não teve direito a nada e isso tb me deixa mal. Deus nos livre de uma situação dessas.
Hoje estou nostálgica e querendo fazer o tempo voltar para evitar toda esta tragédia.
Bjs
Vera

Eliane e um alô p Vera disse...

OI Veroca, vc nostalgica e eu aqui pensando na justiça de causas minhas-espinha que está entalada na minha garganta.
Estou aguardando um sinal de Deus.
Tirando a espinha,os exames vão melhorar.

Rodrigo disse...

Boa tarde "The Boss-Ph" !!!
Boa tarde Blog e seus Blogers!!!

Certa vez ouvi ou li que o maior pecado que o homem pratica é o roubo. Sim, roubar.

Quando se mente, rouba o direito à verdade, ao saber.

Quando se mata um pai, rouba-se o direito de uma mulher ter o marido e os filhos o pai...

Quando a criança, noticiário, frequente nesses últimos dias foi morta, roubaram-lhe a vida, e o direito a ser criança, a crescer, florecer e frutificar.

Ao serem condenados, (não falo o juizo de valor), os dois filhos deste casal, também tiveram roubados o direito de terem pai e mãe.

Ao se fazer valer o direito inegavel, incontestável de justiça muitas vezes na contra mão gestam-se atos de injustiça.

As leis da física fazem-se presentes a todo momento. Uma ação gera uma reação...

Tchau...

Rodrigo

Camélia do Cerrdo disse...

Hellooooooooooo Hortência

Trata de tirar espinha da garganta, pq o fígado fica mais caquético.
É, a justiça foi feita. Mas o que será daqui para frente a vida dos filhos do casal?
Será mesmo que a sociedade estava clamando por justiça ou vingança?
Só rezei muito por todos ontem na hora do veredito.
Qto a Justiça, ela existe, temos excelentes profissionais, mas a lei é cumprida, os prazos estão nela estipulados e nós ficamos esperando o tempo ser o remédio para tudo.
Só nos resta rezar e acreditar sempre, sem pessimismo.
Bjs mil
Ótimo finde
Camelinha

Dragão VIBRANDO, IUPIIIIII!!! disse...

Como diria ODORICO PARAGUAÇU, estou de "ALMA LAVADA E ENXAGUADA", ENFIM A JUSTIÇA FOI FEITA, VIVAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

Eles tiveram o veredicto que mereciam pq pessoas cruéis e frias como estes dois só tem que estar mesmo ENJAULADOS!

Bom FINDE para todos e que a JUSTIÇA deixe de ser CEGA e condene quem merece sempreeee!

LULU para VERA HENKE disse...

Me sinto como você, Vera.... exatamente assim. Não querendo fazer com que o tempo volte, mas que esta tragédia não tivesse que ter acontecido. Certas coisas não tem jeito de entrar na minha cabeça. E quando acontecem, me deixam não só estarrecida, consternada, mas chega mesmo a me adoecer.
Beijos para todos, bom domingo, boa noite, bons sonhos.

Vera Henke disse...

Boa Noite Eliane!
Boa Noite Blog!
Quero parabenizar o que o Rodrigo tão sabiamente escreveu e também o a solidadriedade da Lulu. Os leitores deste blog são pessoas de valor e sensibilidade. Visitá-lo diariamente (às vezes sem postar)já é uma necessidade para mim.Eliane você é especial, por isso estás rodeada de pessoas especiais, nós teus seguidores.Eheheh...
Boa Noite
bom domingo
Bjs muitos bjs
Vera

Eliane p/Camélia disse...

Querida Camélia. A espinha não sai. Tem receita?
De qualquer forma tudo está caquético. E não só o fígado.
Mas, me aguarde! Vc me conhece. Um dia da caça e outro caçador!

Eliane para Vera disse...

Vera, Vera, estou precisando mesmo destes mimos. Mas não sou tão especial assim...
Mas vc acertou quando disse que sou cercada por pessoas especiais. Vcs é que me ensinam e me inspiram.
beijos e obrigada.
Lulu, Rodrigo e Vera...adoro quando a conversa rende e o papa vira tema da sala de visita.

Renata disse...

o que revolta é ver que casos como esse acontecem todos os dias...mas precisa dessa exposiçào...esse sensasionalismo da mídia para que a justiça possa ser feitas.
Precisamos que a justiça seja para todos.