quarta-feira, 17 de março de 2010

Que Rei sou eu?



Quem gosta de covardes? Certamente, ninguém. Mas o que tem de gente covarde por aí, escondido em sua própria sombra não está no gibi. O comportamento covarde é uma fraqueza, uma falta de ânimo, é " deixar de fazer algo, desistir, abandonar pela metade pela falta de confiança em si próprio. É atacar sabendo que o adversário não poderá defender-se."
Covardia se vê em pequenos gestos, atitudes mesquinhas, falta de decisão. Omissão. Estava lendo outro dia um episódio da história do Brasil que é contado pelo jornalista Sebastião Nery sobre a firmeza de uma decisão diante de uma situação de risco. Aconteceu há muito tempo em um jantar no Itamaraty, em Brasilia, quando o presidente Juscelino Kutischeck recebia Teferi Makonnen Hailé Selassié coroado com imperador da Bissínia-Etiópia em 1930, chamado "Leão conquistador da tribo de Judá", "Eleito de Deus", "Reis dos Reis" por seu povo.
Pois bem, em dezembro de 1960 ele esteve no Brasil com uma grande comitiva. Tinha setenta anos. Estava jantando com o presidente brasileiro, no novíssimo Palácio da Alvorada, quando um assessor se aproximou e cochichou no ouvido dele. Juscelino perspicaz, percebeu:
-Alguma coisa, Imperador?
-Presidente, acabo de ser deposto por meu filho, na Abissínia (hoje Etiópia), mas eu sei que rei sou eu. Não vamos alterar nosso programa. Quero apenas, quando sairmos daqui, uma audiência reservada com o senhor.
Depois do jantar foram ao gabinete e Selassié pediu a Juscelino que convocasse o gerente do Citibank. Queria sacar U$ 100 mil e alugar um avião para mandar de volta pra casa os cem generais que tinham vindo com ele. O gerente veio e disse que não podia emprestar. O dinheiro, depositado em nome do país, já tinha sido bloqueado pelo novo governo. Só havia uma possibilidade: se o Brasil avalizasse o cheque.
JK mandou chamar o secretário-geral do Itamaraty, Edmundo Barbosa da Silva, que estava respondendo pelo Miniitério do Exterior na ausência do Ministro Horácio Lafer, em viagem ao exterior.
Mas na hora de assinar o cheque, o embaixador tremeu. JK olhou para ele e disse:
-Ora Edmundo, me dá isto que eu assino.
Selassié cumpriu a programação aqui no Brasil, alugou o avião da Panair e embarcou na frente de seus generais, e voltou para Etiópia.
Para encurtar a história, deu uma surra de chicote no filho, o príncipe herdeiro, em praça pública e o mandou para Londres. Os outros mentores do golpe contra o Rei se suicidaram e Selassié continuou a reinar até setembro de 74, ao ser preso e deposto, aos 82 anos.
Nery, anos depois, perguntou a Juscelino: e se o Rei não conseguisse reassumir presidente?
Resposta de Jk:
-O prejuizo seria apenas de U$1OO mil dólares. Mais barato que sustentar aqueles generais em boates e hospedados no Copacabana Palace. Mal acostumados, abusados com poder total.
E acrecentou:
- Tanto faz ser imperador na Etiópia, presidente do Brasil ou prefeito de Diamantina. Chegada a hora de decidir, quem tem que decidir é você, eleito pelo povo ou herdeiro de uma ditadura africana. Ouça, discuta, mas não transfira o poder de decisão. Se transferir, não dá certo. Na hora ou lá na frente vai ficar pior. No Governo você tem sempre que saber que rei você é.
Eu, Eliane, vou mais além:
...e na vida, no dia a dia, também!
Meus amigos hoje é quarta-feira, 17, dia de lutar contra a covardia. Contra decisões absurdas.
É dia de lutar por um estado que produz petróleo, que precisa se reerguer há muitos anos, e que para isto precisa do dinheiro dos royalties.
Não adianta chorar. Nem se lastimar. É hora de união, decisão e de mostrar que perdendo ou ganhando, o Rio sabe o que quer e o que é seu de direito.










21 comentários:

a vizinha desconfiada disse...

Oportuno seu comentário mas fico aqui pensando o que faz um governante chorar desbragadamente na frente das câmeras se não for pela miséria, pela fome, pelo descaso com nossas crianças, pelo abandono dos hospitais, pela falta de escolas e de professores, pelos apagões diários, pela poluição da lagoa, pelos descalabros que acontecem em BR. Por que também não mobilizar uma população por causa desses fatos ? ACORDA, MINHA GENTE !!

Bia disse...

Bom dia,

Minha opinião e intuição é de que existe muita sujeira oculta debaixo do "tapete" e me pergunto:
- Essa dinheirama toda que recebemos e não pode ser perdida tem sido usada aonde???
- Quais seriam as consequências políticas/econômicas, para todo o nosso país, caso as Olympíadas não se realizem no Rio de Janeiro?
- Porque utilizaram o Cristo Redentor como espaço publicitário? lamentável...
- Até quando vamos ter que esperar por lideranças políticas dignas, íntegras..., que amem o nosso Brasil em 1º lugar, tipo assim..."Pátria amada Brasil!"

Beijos e ótima quarta!

Alexandre F Maurity disse...

Vizinha, Eliane e Blog,

Me pediram para não comentar sobre política no Blog (rssss), mas, concordo com você!!!

Se o RJ recebe esses bilhões, onde estão sendo aplicados?

Vejo, esses abandonos da cidade e de seus serviços.

Essa passeata acabará em samba, (como tudo nessa cidade e país) na Cinelândia com show de música, fala sério, protesto é protesto não tem de ter música!!!

Enfatizo, ACORDA MINHA GENTE!

a vizinha super desconfiada disse...

E tem mais. Antes dessa mobilização monstro, que pára o governo e o municipio, por que nosso governador não vem em rede nacional explicar por A mais B à população o que é o Pré Sal, o que são royalties, falar sobre o petróleo... a maioria que vai hoje passear na passeata não tem a menor idéia de nada, nem sabe o que está fazendo lá. Isso me cheira muito mal. Hellllllllooooooo

a vizinha disse...

GOLPE ELEITOREIRO, GENTE ! LEMBREM-SE DE QUE AS ELEIÇÕES VEM AÍ !

Lulu disse...

E vocês querem saber de quem é a culpa de tudo isso? De Pero VAz Caminha. Mandou dizer a El Rey que aqui em se plantando tudo dá.... plantaram um pé de corrupto que se alastrou por todo o País e que até hoje viceja...
Hoje, 17 de março, é aniversário de Aracaju. Cidade projetada, faz 155 anos. Tem em torno de 600 mil habitantes. Uma cidade muito acolhedora e de muito calor humano, mantém ainda um arzinho de província, que é o seu encanto.
Beijos para todos, tenham um ótimo dia.

Eliane p/meus blogueiros disse...

Rsrsrsrsrsrrs Não falo de política mesmo, Maurity. Mas a história de JK é passado e "INÊS É MORTA."
Falar do Rio é bom, mas mobilização vizinha tá certa) tinha que ser por tudo.Estamos carentes de tudo. Tudo mesmo!
E Bia fêz um gol: tem mesmo muita sujeira por debaixo do pano.
E meus parabéns para Aracajú.Terra da Lulu e do Eduardo Amorim. Ksksksksksk Não diga quem é Lulu. Aqui não se fala de política sksksksk

Bia disse...

A situação está tão sinistra que fico pensando o que seria de Al Capone, Ali Babá, Bonnie and Clyde, Butch Cassidy & Sundance Kid, talvez chegassem a meros amadores? ou nem isso?

AINDA A VIZINHA disse...

fALE DE POLITICA SIM, AMIGA. pOLITICA NAO E SO DAR NOME AOS BOIS. pOLITICA E ISSO, A SITUACAO QUE VC MESMA CITOU. JOGAR PRA PLATEIA, FAZER CONFUSAO NAS RUAS JA DE OLHO NAS ELEICOES QUE ESTAO POR CHEGAR. VC AINDA ACREDITA EM PAPAI NOEL? ACREDITOU NO CHORO DELE ?

Eliane p/Vizinha disse...

Claro que nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaooo!
Este chororô tem nome, endereço e muita coisa pro debaixo do pano! Kkskssk
Adoro política querida, mas fujo dos processos. Tem duas causa$$$$ na justiça e fujo dela.
Depois, só posso falar o dia que for integralmente um a escritora. Abandonar os frilas políticos.
Estou por aqui me deliciando com Os beijos de Luciana e Miguel. ai ai. Melhor que flar de político e falar dos beijos.

Eliane 2 disse...

Fiquei até pertubada e pulei letrinhas. Confundi tudo.
Beijos.

Alexandre F Maurity disse...

Bia,

Esses seriam ridicularizados, pelos nossos profissionais da corrupção!!

O mais incrível é um governante que tem salário de R$1,5K, mora num apt. na Zona Sul e, agora está comprando outros no mesmo prédio para ampliá-lo!!??

Alguma passagem bíblica sobre a multiplicação de dinheiro, a dos peixes é conhecida!!! rsss

Eliane disse...

Fala aí Bai querida.

Eliane disse...

Biiiiiiaaaaaaaaaaaaaaaaa;
Troquei

Papoula disse...

Boa noite Lilizinha, este blog como sempre uma delícia e com textos encantadores.

Acho que OS CARIOCAS estão precisando lutar, exigir e se preciso for, brigar por tudooooo que nossa cidade está precisando com URGÊNCIA: escolas, postos de saúde, hospitais, iluminação pública, bueiros limpos, etc, etc, etc , temosss mtaaaaaaaaa coisa p aqui precisando de ordem e temos que lutar por isto tudo e mto mais pq esta gente se elege e SE ESQUECE de cumprir tudo q prometeram nas campanhas então galera, ANALISE BEM EM QUEM VAI VOTAR P NÃO SE ARREPENDER E VAMOS EXIGIR DELES TUDO QUE PROMETERAM e tenho dito!

beijinssssssssssssss, GOOD NIGHT, GOOD DREAMS, INTÉ

Bia disse...

Amigos, acho que só um milagre para resolver o entrave político/social, VERGONHOSO, que o nosso amado Brasil se encontra. Melhor acreditar em milagres. Eu acredito...rs
É Maurity... uns moram em triplex e outros no meio da rua.
Nossos governantes até vão a Missa..., mas deve ser só pra tirar retrato e a Bíblia? talvez exista como complemento de adorno de algum console Chipandele folhado a ouro. Triste... :(

Vera Henke disse...

Querida Eliane!
A Bia hein, que tiro certeiro, quanto tinham prometido e para quem!!!!
Eu do sul desejo a fatia do bolo que fica a milhas da costa e que faz parte do território brasileiro...
Lulu, genial a conclusão, acho que a culpa é do Cristóvão Colomboque subornou Pedro Alvares Cabral para deixá-lo chegar aqui, pois já sabia do "vale tudo"..
Por aqui o chororo tb já começou e o meu lema para o futuro é "NÃO REELEJA NINGUÉM". Vote com os dois pés atrás....
Bjs
do sulll

Lulu disse...

Para fechar minha participação neste tópico com chave de ouro, uma frase de Eça de Queiroz:

"OS POLÍTICOS E AS FRALDAS DEVEM SER MUDADOS FREQUENTEMENTE PELA MESMA RAZÃO"

Mil beijos, boa noite, bons sonhos.

Rodrigo disse...

Boa noite "THE BOSS" !!!
Boa noite Blog !!!

É tão comum cobrarmos, no indignarmos, bravarmos por postura, coerência, competência, etica em fim.

Mas, no escurinho do cinema, quando ninguém está vendo como é nossa atitude a acontecimentos corriqueiros do dia a dia.

Nada, nada nasce grande, avoluma-se pelo caminho.

Ética que tanto falamos é fazer a coisa certa quando ninguém está vendo.

Tchau, Rodrigo

Papoula p Rodrigo e Camelinha disse...

Alouuuuuuuuuu Rodrigo saudades de vc e querido, no ESCURINHO DO CINEMA affffffffffffffffffffffffffff SÓ JESUS kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...aliás, ESCURINHO é bom no cinema, no carro, e até "atrás" do poste kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk beijinssssssss querido!

Camelinhaaaaaaaaaa, kd vc , eu vim aqui só p te verrrrrrrr, saudades queridinha GOOD NIGHT.

eLIANE AGRADECE disse...

É, o tópico foi bom mesmo. Vizinha tem razão. Vou voltar a cutucar e falar de política. Mas não dos políticos.
Mas hoje é dia de abobrinhas.
Para contrabalançar as notícias pesadas. As do dia a dia e as minhas.
Espero vcs todos lá. E mais alguns.
Brigaduuuuu gente!