terça-feira, 23 de março de 2010

Um duelo inútil onde não há vencedores


As pessoas perdem um tempo danado com tolices e com nhém nhém nhéns. Estava ouvindo o relato de uma querida amada amiga sobre uma discussão familiar dela. Uma batalha oral entre pai e filha. Motivo? Quase que nenhum. Digo quase, porque discutir para fazer valer a autoridade ou uma opinião pessoal é ou não é a maior bobagem?! Ainda mais quando a gente passa por poucas e boas, vence o inesperado, e tem uma segunda chance de viver. Única, e que não é dada a todos que desejam. Pois bem, ele, o pai teve uma segunda chance. Foi abençoado com um milagre.
Estava concentrada na história, quando de repente meus olhos encheram-se de lágrimas e abri o berreiro. Os dois personagens de quem falo me são muito caros. E vi um desperdício de vida e energia ali danados. Ando muito boba mesmo. Mas entendi minhas lágrimas e traduzi em palavras para ela, minha amiga, o que estava sentindo:
-" Como é que alguém que teve uma segunda grande chance de viver pode entrar numa dessa? Brigar, discutir e querer impor sua opinião? "
Ela respondeu logo. -"Pois é. Como?"
Acho que chorei porque também me lembrei de casos meus familiares e de outros episódios sem nenhum sentido onde as pessoas discutem por nada. Quer dizer, por nada não. Para ser o maioral. Para que sejam reconhecidos como autoridades, donos da razão. Donos da razão porque, eu me pergunto. Quando se tem uma oportunidade de renascer, o mínimo que esta pessoa precisa fazer é aprender o valor de cada coisinha. E que as vaidades, os orgulhos e brigas só devem ser prioridades se forem muito, mas muito necessárias.
O pai de minha querida e outras pessoas tão próximas à minha vida tiveram uma segunda chance e não mudaram em nada. Continuam as mesmas: turonas, reclamonas, achando que o mundo gira em torno delas e a opinião deles(as) é que está certa e tem que prevalescer. Estas pessoas- em maioria - são seres humanos muito legais. Só que ainda não sabem ( acho que nunca saberão) que Deus deu uma segunda oportunidade para que eles(elas) repensassem nas relações humanas, que fossem mais maleáveis e que olhassem as pessoas e o mundo com menos rigidez.
Ouvi de uma dessas pessoas outro dia: -" Eu nem me lembro mais o que se passou comigo. Não quero pensar mais nisso." Entendo, entendo. Mas eu não quero esquecer porque quero ser sempre melhor.
A vida é assim mesmo não é? Uns ganham uma segunda chance e esquecem. Outros, que não tem e nem tiveram a mesma chance, estão aguardando só para falar com Deus:
-"Eu aprendi."
Bom dia.

12 comentários:

Dragãozinho Feliz disse...

Bom dia queriduxa, ontem fui ao niver de uma querida amiga e presenciei uma situação mto interessante e que me deixou mto feliz.
Uma grande amiga estava lá com sua filha mais velha, as duas sempreeeeeeeee tiveram uma dificuldade no relacionamento mtooooooo grandeeeeeee e sempre fiquei mto triste qd presenciava certas situações pela frieza da filha p com a mãe que ficou viúva mto jovem e criou as duas com o maior amor do mundo.
Como sempre digo, a vida segue, houve uma guinada na vida desta filha e o que aconteceu? Hoje, estão muito unidas, um carinho lindo e tocante,dormi felizzzzzzzz em ver que a VIDA lhes mostrou o amor, o perdão, estão mto felizes e eu fiquei tb, que noite linda!
Que bom que elas aprenderam, se perdoaram e tenho certeza que de agora em diante são PARCEIRAS EM TUDO E PARA TUDO!
Lindo dia p vc, mt feliz e com ESPERANÇA no coração, INTÉ CUMADI.

Lili p/Dragão sempre feliz disse...

Então o texto caiu como uma luva heim?!
Bom ter uma segunda chance não é? É uma terceira, quarta, quinta...e tirar proveito disso.

Dragão p Lilizinha disse...

Este texto veio mesmo como uma luva e todassssssss as chances que cada um de nós tem deveriam ser mto bem aproveitadas pq tem gente que tem várias e não enxergam nem a própria ponta do seu narizinho, uma pena, né mesmo?
Bom, muito bom para quem ENXERGA, APRENDE e segue feliz tomando novos caminhos que certamente o farão mais feliz e realizado, minha noite foi mto feliz diante deste "reencontro de mãe e filha"!

Alda disse...

Lindo este seu texto Eliane... Dá para pensar...
Um beijo, e continuação de boa semana! Obrigado pela visita!

Silvana caindo na real disse...

Bom dia Blog, bom dia Lili....Eliane você é 1000 que linda aula de vida, pena que não temos uma campainha que toca ou uma luz que acende quando a vida nos dá outras chances, eu já tive diversas chances mas te digo que algumas passaram e eu não parei para pensar, perdi várias chances de ser uma pessoa melhor e tornar a vida de algumas pessoas melhor, mas estou correndo atrás, uma dia chego lá. Beijos para todos.

Hospital do Rio disse...

Querida e amada Pima Lili,

Não pude conter as lágrimas ao ler o seu texto hoje e tenho certeza que sabes o porque. Cada vez mais acredito que devemos viver a vida da melhor maneira possível e isto significa viver com quem amamos, fazermos o que nos da prazer na vida profissional e ajudar ao próximo. Coisas tão simples mas que normalmente esquecemos de fazer. Ainda bem que tenho vc e podemos compartilhar tantas coisas.
Bjs Pima bebel

cacau disse...

Tem um monte de gente que precisa ler isso...mas infelizmente a arrogância sempre fala mais alto...

Eliane responde p/todas disse...

Começando pela doce Cacau: arrogância? É o que mais tem não é?
Minha mãe tinha um ditado ótimo. Este tipo de gente a gente vira pra baixo e não cai nada. Não tem nem onde cair morto. E quando tem, no friends.
Silvaninha, vc e a turma são muitos suspeitas.Vc sabe que escrevo com o coração. Não deveria mas o que fazer?
Alda , adoro viajar um pouco por Portugal. É sempre um prazer.
Para pima Bebel: felizes aqueles que em uma família tão grande, encontram um par perfeito para compartilhar de tudo um pouco.
Maio: viagem. Ordem de Dr. Dani, my dearest.

Zel Bengalinha Paulistana disse...

Alô, alô, Sampa chamando Rio!
Boa tarde Eliane e Blog!

Texto maravilhoso para nossa reflexão.
Com frequência damos tanta importância a situações que não tem a mínima importância quando as defrontamos com o valor da vida e sua finitude.
Atualmente adoto o seguinte princípio: Prefiro ser Feliz a ter razão!!!!!

Beijo a todos
Zel Bengalinha

Manina do Rio p ZEL DE SAMPA disse...

Zel queridinha de SAMPA vc está certíssimaaaaaaaaaaaaaa!

beijinssssssssssssssssss

É agora, nunca já é passado!! disse...

Oiee ... sou sua seguidora!!
SABE ANDO APREENSIVA... MINHA MÃE FARÁ A SEGUNDA CIRURGIA PARA REMOÇÃO DE UM TUMOR (BEM PEQUENINO)
NO FÍGADO E NO PERITONIO DO ESTÔMAGO.
A descoberta e primeira cururgia NO INTESTINO foi um pouco mais de 1 ano, e foi removido o tumor no intes. grosso.
ACONTECE QUE ESTOU COM MEDO, MT MESMO... TENHO MEDO DE PERDE-LA, a cirugia esta marcada para o dia 12 de abril de 2010, no INSTITUTO DO CANCÊR...
O que eu faço... estou ficando depressiva, já não consigo dormir... Me ajude...
PARABÉSN POR SUA DETERMINAÇÃO!!!
Sheila - São Paulo - SP

Maria "A Carioca" disse...

"Linda Rosa Juvenil"!!!!!
aqui estou eu para concordar com vc.
Hoje, vi meu irmão embarcar para o Sudão, missão de paz da ONU e todos os "nhenhenhens" cotidianos se perdem realmente, diante daquilo que não podemos controlar.
Espero que amanhã, possamos, todos, evitar as coisas pequenas que nos atropleam, porque simplesmente permitimos.
bjão