sexta-feira, 21 de maio de 2010

Uma viagem no tempo e na história




Hoje é sexta-feira, dia de arrumar a mochila e se preparar para colocar o pé na estrada. Quando chega o fim de semana dá uma vontade danada de variar o ar e a paisagem cotidiana. Tem gente que prefere ficar grudadinho em casa na própria cidade e descansar. Mas para outros, como eu, é tempo de escolher um lugarzinho aconchengante para fugir da rotina. A maioria dos brasileiros gosta de viajar e aqueles que não tem um refúgio ou casa de amigo para se esconder, escolhem uma pousadinha, um albergue ou um hotel para pernoitar e refrescar a mente e ouvir o silêncio.
A praticidade e o progresso fêz o turismo se desenvolver muito. Hoje existem várias formas de hospedagem: modernas, simples, diferentes, temáticas. Esta dinamização fêz com que os hotéis tradicionais perdessem espaço, clientes e virassem um museu. Mas entrar em cada um deles é como viajar no tempo. Pelo menos para mim. E emocionante por que me traz lembranças. E tristeza também, porque constato que o progresso é inevitável, a concorrência é profissional e a maioria dos herdeiros não consegue tocar os patrimônios construídos pelos pais. Quem já teve oportunidade de se hospedar no Grande Hotel de Araxá, no Glória de Caxambu, em Minas Gerais e no suntuoso Quintandinha, em Petrópolis, Rio, que há anos é um condomínio e guarda requintes da nossa história? Bem entre tantos hoteis tradicionais por aí, o Quitandinha se salvou há pouco tempo, porque uma grande instituição tomou conta dele. E o Glória no Rio também. Mas não é o caso de tantos hotéis que acabam indo à leilão. Minhas memórias guardam recordações do Hotel Brasil, em São Lourenço e do Palace, em Poços de Caldas, ambos em Minas. Ah o Palace... O jardim de inverno, a orquestra na hora do jantar, e a euforia de viver um mês nas estâncias hidrominerais.
Estes locais deveriam ser melhor preservados. Porque guardam traços marcantes de arquitetura, possuem tesouros internos incríveis e foram palco de grandes acontecimentos para inúmeras famílias. E mais, governadores e presidentes passaram por ali. Sabiam que no Hotel Brasil existe até um quarto onde o presidente Getúlio Vargas se hospedava? Com movéis e relíquias daquela época.
Torço para que o governo, proprietários e instituições façam parcerias para preservar estes patrimônios de suas cidades e do país. Sei que a fila anda, o progresso é inevitável, o dinheiro está mais curto, mas precisamos preservar a história. Às vêzes, é tão bom viajar no tempo...
Bom dia amigos. Tá frio heim? Adorooooooooooooo.

15 comentários:

RoBrigagão disse...

Tempo bom viajando com meus pais e aqueles malões pq cd almoço e jantar não podia repetir o traje, era um horrorrrr e a mulherada ficava de olho umas nas outras, rs,sr,sr,rs,e eu, ainda pequena tinha que fazer as refeiçoes no restaurante infantil q eu não gostava, queria ficar junto com meus pais ouvindo música e vendo o desfile de modas da mulherada, rs,sr,sr,srrs, época inesquecível de minha vida!
O Palace de Poços parecia o quintal da minha casa,era uma alegria quando chegávamos pq todos eram amigos de papai e mamãe, mil cortesias e no de Araxá era outra festa.
a última vez q lá estive com meus pais era carnaval e houve desfile de fantasias premiadas no Rio e depois fomos para a boite do hotel, uma noite inesquecível, dançamos, cantamos, ufaaaaaaaaa que saudadeeeeeeeee!

tempo bão não volta mais, saudadessssssss!

RoBrigagão disse...

Lamentável a falta de cuidado com patrimônios tão preciosos, isto me entristece muito pq as geraçõpes futuras não terão a alegria de apreciar prédios tão lindos e por onde passaram personagens da nossa história.

Isabel A. W . De Nonno disse...

Tem o Cad'oro em Sp que recentemente levou a leilão todo o seu interior, me deu uma dó danada!!

Queria fugir esse fim de semana, mas o trabalho me espera.. quem sabe em um futuro breve não descanso em um lugar sintuoso como esses hotéis.

Beijo e boa sexta,

Isabel.

Maria "A Carioca" disse...

Liliiiiiiii!!!!!
Saudades.........
bjsbjsbjs

Eliane Furtado disse...

Boa tarde RoBrigagão, welcome sempre.
Bom ir até o túnel do tempo mas voltar. Sempre. Sempre. A realidade é o presente.

Eliane Furtado disse...

E como tem hotéis lindos por aí não é? Com gosto de passado e modernizados.
Gosto de passar dias em um hotel. Sem compromisso com nada.
Isabel, vamos combinar novo encontro.
Vc precisa conhecer melhor a turma.
E a Carioquinha aí embaixo.
Carioca, saudade tb. Aliás sempre.
Uma tarde proveitosa para todos.

Maria Cecile disse...

Eliane, também acho um must essas construções antigas. Torço para que tombem todas. ops, como patrimônio hist. claro. rsrsrs
E só agora vi sua foto do blog (antes não entrava, não sei pq!)
Que astral este sorriso hein! Está linda mesmo !!!
Beijos.

Eliane Furtado disse...

Feliz ao lado de vcs naquele dia.
Hoje pro exemplo está sendo preciso um guindaste para levantar este astral ksskskksks
Mas a gente consegue. ksksksksks

Rosario-Bendizer SP p/Eliane disse...

Eu tb queria fugir neste "finde", huuumm friozinho danado aqui em sampa, mas a recuperação de quimio tá meio lenta. O negócio é pensar no Bendizer e no Bingo que logo mais faremos. Beijos amiga abraços quentimhos :)

Bubby disse...

Quer dizer que Getúlio Vargas se hospedava no Hotel Brasil, seria indelicado perguntar se era só ou com a Virginia Lane?

Menino danado esse Getúlio. . .

Bubby sabe Bubby diz!

Silvana disse...

Boa noite Blog, boa noite Lili, adorei o túnel do tempo hoteleiro, todos lindos, conheço todos menos o de Caxambú, até hoje qd vou para Poços faço questão de ficar no Gande Hotel, meus fihos idem, boas e eternas lembranças. Beijos com muito frio.

Lulu disse...

Aqui em Sergipe tem uma estação hidromineral numa cidade chamada Salgado, suas águas são magnesianas, excelentes para o tratamento de problemas de estômago, intestino, fígado, também é excelente para tramento de pele (é sulfurosa também). No final da década de 70, o governo construiu um hotel super gostoso, cum uma enorme piscina de água mineral, cansei de passar finais de semana lá, às vezes juntávamos uma turma, em cerca de 40 minutos chegávamos lá, nos divertíamos a valer. Já tem alguns anos que fechou. Uma pena, porque era uma excelente opção de lazer, além de ser um programa super saudável. Lembro que minha avó teve um problema sério de fígado, passou 1 mês lá numa casa alugada (naquele tempo não tinha ainda o hotel), voltou completamente boa e nunca mais teve nada. Não havia razão para ser fechado, ia de vento em popa, super bem frequentado...
mas é o tal negócio, um governo constrói, quando o da oposição assume, abandona. Lamentável.

Eliane Furtado disse...

ahahahahahahha. Virginia Lanew não tem retrato no quarto. kskskskks Este Bubby.
Salve guerreira do Bendizer. Torce por mikm semana que vem.
Grande e doce Sil, bom diiiiiiiiiiiia
Lulu, vc falou fígado, intentino?Estou dentro. Agora que vou ter que ir memso pçara Sergipe. Salgado...

Eliane Furtado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jungleworldcitizen disse...

Dia de passear mesmo :) Nem que seja pra voltar pro aconchego do lar no fim da noitinha :) Eu amo meu Brasil e já tive o prazer de passear bastante por esse país "abençoado por Deus e bonito por natureza". Hoje estou do outro lado do Atlântico e passear por aqui também é fascinante, sem contar como é fácil e perto ir de um país a outro :) Planeta bom essa Terra, apesar de tudo.
Tenha um ótimo fim de semana!
beijo e abraço :)