segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Viciados em reclamações

Amigos, bom dia. Temos por hábito ou vício reclamar de tudo na vida. Que hoje vai chover, que o metrô está cheio, que o salário é baixo, que a vida não era para ser assim. Assim como? Queríamos uma vida igualzinha o roteiro do filme "Beleza Americana?" Sim, perfeita! Sabemos que não é possível, mas continuamos a reclamar. De bobagens, de tudo em volta. Às vêzes, ou na maioria das vêzes, não temos por que reclamar, mas reclamamos.
Costumo falar para minhas amigas bem próximas, que quando temos um ataque de reclamação, deveríamos visitar um C.T.I., a emergência de um hospital e olhar bem em volta a vida que ali -fraca- ainda pulsa. Observando em volta a gente vê que ninguém reclama, pouquíssimos choram. Todos tem só uma meta: lutar. Lutar para sair dali.
Na verdade, nem sempre aquele que reclama é um pessimista. É um viciado...em reclamações. E eu, me esforço, mas não fujo a regra. rs. Quando esta fadiga vai embora? Quando vou me levantar?
Hoje é dia 6 de setembro, ainda combalida diante da última batalha, vou aproveitar o aconchego.
E me esforçar só para agradecer, agradecer, agradecer...

19 comentários:

comunicadoras disse...

Tem muita, muita razão.! Costumo dizer que só pararemos de reclamar quando recebermos da vida aquela paulada tão forte que nos deixe com a lingua fora do lugar. Aí sim...as relamações darão lugar a preces e agradecimentos.É isso que tenho feito...não rezando, pois n
ão tenho esse costume, mas pensando, pensando positivamente e pedindo à vida que continue te dando a força necessária para continuar a luta. Um beijinho muito grande sempre carregadinho com a Esperança de que se vá sentindo cada vez melhor
Mila

Chica disse...

Expressaste a mais pura verdade.Tantos, de barriga cheia, reclamam por qualquer coisinha...

Outros,lutam, lutam e sabem agradecer...

Que fiques logo mais forte,e aproveites o feriado pra te revigorar mais um pouco.

Um beijo, junto com uma corzinha vermelha, de ânimo, força... e de verde, pra saúde...

Tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom,chica

Cecile Azambuja disse...

É verdade, Eliane, a gente reclama muito da vida e sem razão às vezes. Eu me esforço e reconheço que é difícil. Se eu sinto que estou reclamando muito, me forço a fazer um voto de silêncio. E isso significa sequer comentar a reclamação alheia para não inflar também a dos outros.
Mas acho que é proprio do ser humano. Queremos tudo perfeito e à nossa perfeição. Como somos diversos, e as perfeições também são. Cada um com a sua.
Ultimamente eu tenho quebrado meus votos de silêncio duas ou três vezes por dia, acho que tá bom, né, rsrsrs.
Beijos e boa segunda, felicidades por sua volta!!!

AGNALDO NO ESPELHO disse...

Eliane querida,

Olha, reclamar faz parte do trajeto... Buracos também... Nem sempre a estrada é tão plana como gostaríamos e, igualmente, nem sempre a vida é tão gentil, então o negócio é não reclamar de reclamar (entendeu? rsrsrsrs).

Não se aborreça por reclamar às vezes. Não reclame disso (rsrsrsr). Faz parte. Admita que por mais forte e otimista que queiramos ser, um bom "ataque de pelanca" têm lá seu valor (ao menos para colocar a bili em ordem).

O que não dá para fazer é reclamar o tempo todo, porque aí, não há fígado que aguente. Mas uma reclamaçãozinha de vez em quando não mata nem diminui ninguém.

Ok, ok, ok... E os outros que também sofrem (possivelmente até mais que a gente)? Ora, como diria Caetano: "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é". E como diz minha mãe (menos poética mas igualmente sábia): "Cada um sabe onde lhe dói o calo".

Logo, o contraste é bom (a comparação é saudável), mas nos libertemos, sejamos egoístas e rabugentos ao menos 30 segundos por ano...

Reclame, exorcise, limpe o sistemas, quebre umas xícaras depois volte, linda, leve, loira e japonesa, com um sorrisão no rosto como se nada tivesse acontecido.

Feito?

Super beijo.

Dragão Arco- Íris disse...

Bommmmmmm diaaaaaaaaaaaaaa blog felizzzzzzzz, delíciaaaaaaaa sua postagem e dos nossos queridos blogueiros/amiguinhos tb, e como diz nosso querido ESPELHO MÁGICO, um Ataque de Pelanca de vez em quando LAVAAAAAAA A ALMA E O FÍGADO tb rs,sr,sr,sr,rs,sr,rs,rs...
Tem gente como aquela nossa conhecida que está sempreeeeeeee reclamando de tudo e jamais vou esquecer aquela gargalhada q vc deu das últimas "dores" dela e logo disse: Querida, vc não sabe o que é dor!
Tem gente que é chataaaaa mesmo, reclamam até qd o vento muda de direção , este tipo não tem jeito só mesmo jogando num poço sem fundo rs,sr,sr,rs,sr,sr...
A vida é linda e a cada VITÓRIA nossa ela fica mais colorida, fica como um belíssimo arco-íris e vamos aprendendo a valorizar tudo que temos de bom!
Linda semaninha p todos os blogueiros velizes e que vc já esteja vendo tudo bem coloridinho, viu? Mil bitoKinhas.

Fatinha disse...

Oláaa,que bom tê-la de volta!E brilhando como sempre.O tema é ótimo!
Vamos pensar nas últimas reclamações e ficar vermelhas de vergonha por elas se assim acharmos.
Tudo bem que reclamar alivia ...mas vamos reservar pra coisas que mereçam de fato!
Hoje é dia de agradecer!Por tudo!
Pronto!
Se exercitarmos ,aprendemos...
O ser humano é bom, só que cheio de manias bobas...
Beijo

Isabel A. W . De Nonno disse...

Eliane,

Você tem toda razão! reclamar é um vício, começamos e não paramos nunca, é impressionante! Concordo com o Agnaldo, acho importante no entanto, uns xiliques, algo como: Ninguém me ama, ninguém me quer, ninguém me chama de Baudelaire! hahahahha

Porém,nada é mais bonito que agradecer, temos que agradecer sempre, a toda hora!!

Que bom que você voltou, sentimos sua falta! Descanse, porque como sempre te digo, a vitória é certa!

Beijo grande e bom feriado,

Bel.

Dama de Cinzas disse...

E o pior é que reclamamos com as pessoas erradas... rs


Beijocas

Lua Nova disse...

Caríssima Eliane...

Li comentários seus em blogs de amigos e pude constatar que não esteve bem de saúde e que agora se recupera.
Bem, vim para desejar que se restabeleça rapidamente e que sempre tenha muuita esperança no coração. Entretanto, aqui chegando, gostei muito de seu blog e de seus posts e resolvi segui-la.
Convido-a a passar no meu blog e saborear uma mousse de chocolate comigo. Caso não possa, tomaremos um chá... rsrs. Importante é que passe por lá.
Beijokas e meus votos de melhoras imediatas.

Lua Nova disse...

Ah! Quanto a esse seu post, é a expressão da verdade. Um dia me levantei triste, deprê, e minha mãe me perguntou: "Filha, se vc fosse cega e, um dia, acordasse enxergando, o que faria?" E respondi: "Ia ficar eufórica, sairia gritando: milagre! milagre!..." Pois é, minha mãe completou, dizendo: "Vc acorda todo dia enxergando e nem se lembra de dizer: obrigada, Vida!"
E nunca me esqueci disso. Muitas vezes, me vale.
Beijokas.

Lua Nova disse...

Ah! Quanto a esse seu post, é a expressão da verdade. Um dia me levantei triste, deprê, e minha mãe me perguntou: "Filha, se vc fosse cega e, um dia, acordasse enxergando, o que faria?" E respondi: "Ia ficar eufórica, sairia gritando: milagre! milagre!..." Pois é, minha mãe completou, dizendo: "Vc acorda todo dia enxergando e nem se lembra de dizer: obrigada, Vida!"
E nunca me esqueci disso. Muitas vezes, me vale.
Beijokas.

jungleworldcitizen disse...

Não tem o que agradecer, acho que a gente vem por aqui e torce por você de muito bom grado :)

Quanto ao tanto de reclamações que fazemos, acho que é natural do ser humano, o problema é quando a gente SÓ reclama, reclama e não faz nada, isso é bem triste.

Espero que você se sinta bem e tenha uma boa semana.
:)
Abraços!

Zel Bengalinha Paulistana disse...

Alô, alô, Sampa chamando Rio!
Boa tarde blog!

Eliane, como é desagradável estarmos com pessoas que têm o hábito de reclamar, de lamentar, de suspirar... vixiiiiii... Pior ainda é quando a gente mesmo começa a reclamar, rsrsrsrsrsrrsrsrsrsrsrsrsrsrsr...

Concordo com o “Espelho Mágico” (Agnaldo, seus poemas são lindos!) de que reclamar faz parte do viver e que de vez em quando faz até bem desabafar na reclamação. Mas quando esse comportamento vira vício... aí é dose pra quem está do lado, e para o próprio reclamão, afinal, “nós nos tornamos o que pensamos”, disse Buda.

Pensando bem, nessa altura do meu campeonato, em vez de reclamar pelo que não consigo mais, deva agradecer pelo que ainda não perdi! (Tenho que me defender, uai!)

”Faça tudo sem reclamar” (Filipenses 2,14)
Às vezes é tão difícil, não é? Mas a gente continua tentando!!!!!!!!!

Bom feriado!
Beijão
Zel

Vera do sulllll disse...

Boa noite Eliane!
Boa noite blog!
Reclamar, às vezes é bom dá certo, o cuidado que temos é que as reclamações não seja sitemáticas porque seremos uns chatos....
Vale, quando estamos carentes e ninguem percebe, fazer um charminho, ganhar um colinho "às vezes"...
É a vida nos mostra que sempre há alguém em pior situação então brinquemos de contente... e sem MUITA reclamação tá!!!!
Bjs

Vera do sulllll disse...

Leia-se sejam....
Bjs

AGNALDO NO ESPELHO disse...

AGNALDO NO ESPELHO PARA ZEL BENGALINHA PAULISTANA...

Zel,

Obrigado pelos delicados elogios. Muito gentil... Muito gentil mesmo...

Te aguardo lá no espelho e, claro, fique à vontade para comentar.

Super beijo.

Flor de Lótus disse...

Oi,Eli!Td bem?Menina nem me fale em reclamações eu trabalho quase num muro de lamentações no banco agora realiza o povo reclama da espera, do atendimento da falta de grana...
Estresse danado,mas a gente sobrevive a todas essas reclamações, o problema é que no Brasil se tu não reclamar parece que nada funciona...
Beijosss

Silvana disse...

Boa noite Blog, boa noite Lili, eu também tento não ser reclamona, mas as vezes escorrego na maionese, fazer o que né...o importante é estar alerta para não se tornar uma chata. Beijos para todos.

Eliane Furtado disse...

Queridos e queridas. Notícias. Me desculpem ainda o fato de não responder um a um. Ainda não consigo ficar no computador mais que 20 minutinhos. Venho, leio, saboreio, mas a fadiga me derruba.
Já já eu volto.
Grande beijo e obrigada por não me deixarem só. Nem por aqui nem na vida.