segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Bom e Bobo começam com a mesma letra!


Na época do Império Bizantino surgiu um personagem na monarquia que era chamado de Bobo. Ou Bobo da Corte. Era uma figura comum nas cortes européias e sua função era divertir Reis e Rainhas. Sua figura desapareceu no século XVII. Bem, desapareceu é força de expressão. Quem na verdade sumiu foram aqueles da Corte que se vestiam com roupas coloridas, chapéus engraçados e guizos. No decorrer dos anos, os bobos mesmo se multiplicaram. E a expressão, que antes definia apenas um personagem inteligente e sagaz da Corte, se tornou popular para ilustrar os que fazem um papel que não gostariam.
Fazer papel de boba(a) é uma coisa chata, mas inevitável. Eu, por exemplo, amargo até hoje uma ou outra situação que me meti e só depois, muito depois, percebi a armadilha. Mas quem já não passou por isto? Ingenuidade, carência, crença, apostar são características de pessoas com boas intenções. Meu pai costumava falar para mim:
-"Olha que bom e bobo começam com a mesma letra."
E não que é que ele estava certo?!
Bem, lá vamos nós viver esta segunda, 27 de setembro, data em que se comemora -em várias religiões -os santos São Cosme e Damião. Dia de pedir, agradecer e dar docinhos para as crianças.




22 comentários:

Chica disse...

Que linda frase de teu pai!Bem verdadeira.

E agora lembrei do tempo do Rio quando lá vivia essa tradição era vivida.Ganhava de vizinhas os saquinhos e qdorava.

Aqui não se usa!

beijos,linda semana,de preferência só como lado BOM da letra "B",rsrs

chica

comunicadoras disse...

A frase do seu pai faz-me lembrar uma de uma srª amiga que infelizmente já faleceu que dizia" eu acho que bondade demais, é burrice " ; acho que ela estava certa, pois às vezes por sermos confiantes demais, somos incapazes de desconfiar; acreditamos nas pessoas porque somos incapazes de mentir e assim vai; nisso acabamos pos ser bobos e é assim que nos consideram as pessoas; já ouvi dizerem-me " és boa demais...não viste o que queriam???...és boba; mas eu sou mesmo; penso que aquilo que eu não sou capaz de fazer os outros também não são e caio que nem patinha. Bondade...bobo...burrice...tudo começa com b. Mas não é por isso que vou deixar de ser como sou; confiar nos outros e ser sempre uma pessoa em quem podem confiar; mesmo que às vezes faça papel de bobo. Um beijinho e que tudo esteja a corre-lhe conforme o desejado
Mila

Cecile Azambuja disse...

BOm dia Eliane...
papel de bobo... realmente, quem já não passou! Eu não ligo se eu faço ingenuamente. Não sabia. Mas no momento em que a gente sabe, fica difícil a gente não se incomodar. Parece que a consciência nos cobra isso. Acho até que é cultural.
se bem que às vezes fazer papel de bobo, ironizando uma situação, acaba o outro a fazer papel de bobo.
mas adorei saber da máxima do seu pai!
beijos e boa segunda feira... apesar dessa chuvinha que molha nossos sapatos, calça, bolsa, rsrsrs. beijos.

Vera do sulllll disse...

Bom Dia Eliane e bom dia blog!
"Bom e BOBO" e quem já não foi, é ou será? Basta olhar para o lado e para a TV e devemos colocar todos os apetrechos para ficarmos um "lindos bobos da corte", mas, já já tudo isso termina e só Deus sabe o que nos espera....
Tenham uma linda segunda-feira e chamem o sol, hoje ele não quer aparecer!!!!!

Eliane Furtado disse...

Bom dia Chica. Sábio papai. Inesquecível!

Eliane Furtado disse...

É burrice mesmo! Pior que a gente pensa que melhora com a idade...
Que nada não é Comunicadoras?!

Eliane Furtado disse...

Perdi os quitutes do dia seguinte. Adoro docinho no dia seguinte.
Cecile ainda amargo papel que fiz que piorou até exames.

Eliane Furtado disse...

Veroca, segunda aqui tb de chuvinha fina.
Pelo menos ainda tem muita gente boa por aí, senão o mundo já tinha acabado não é?!
O sol vai chegar. Amanhã rs.

Flor de Lótus disse...

Bom dia,Eliane!Minha mãe sempre diz "Não confida bom com bobo".Realmente pelo fato de sermos pessoas boas e do bem muita gente as vezes quer nos fazer de bobos,mas temos que estar sempre atentos a isso.Mas inevitavelmente uma vez ou outra a gente cai nessa, somos humanos.
Uma linda e abençoada semana!
Beijosss

Lulu disse...

Bom dia, Eliane, bom dia blog. É uma grande verdade: os bons muitas vezes passam por bobos. Mas aí o problema não é de quem é bom, mas sim de quem quer fazê-los de bobos... mas PENSAM que fazem. Os bons sacam isso direitinho, mas deixam-se passar por bobos exatamente porque são bons...
Mil beijos para todos, tenham uma ótima segunda-feira e uma semana proveitosa e feliz.
Ah! Hoje o JN no Ar está aqui em Sergipe, em Nossa Sra. do Socorro, cidade que faz parte da Grande Aracaju. Quem quiser saber mais um pouquinho sobre esse nosso rincão, é só assistir.
Beijos!

Eliane Furtado disse...

"A gente cai "é uma EXPRESSÃO SUAVE. RS.
Eu me esborracho. Bom dia Flor de Lótus!

Eliane Furtado disse...

E eu pensei logo em você: JN na terra de LULU!
Não vou perder, apesar de não ser fã do JN.
E eles não são bobos não é LULU? Já devem estar comendo delícias e sendo abraçados pelo seu povo acolhedor!

Angela Lemos disse...

Das Vantagens de Ser Bobo - Clarice Lispector
O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando."

Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.

Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.

Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?"

Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!

Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.

O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem.

Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!

Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.

Angela Lemos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angela Lemos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eliane Furtado disse...

Ora ora, que bom que este texto lhe trouxe de volta!
ANGELA, tem outra frase que alguém que amo me ensinou.
"O mal do esperto é achar que todo mundo é bobo."

Angela Lemos disse...

Amo este texto da Clarice, amiga... e amo os bobos...
Bjs

Cristina disse...

Eliane

Na sociedade em que vivemos muitas vezes ser bom virou sinônimo de bobo, mas eu ainda prefiro estar entre eles, ser bom nos dá a paz, nos aproxima de Deus! Um abraço!

Isabel A. W . De Nonno disse...

Como é bom ser bobo... Acho que a bobeira vem junto com a inocência, coisa difícil de manter hoje em dia. Rimos de bobeiras, marcamos bobeira, tantas coisas... mas assim com a função do bobo da corte é divertir, ser bobo na verdade serve para que voltemos um pouco para o nosso instinto de bondade.

Vou deixar uma sugestão de filme, que não é bobo, mas é lindo demais, uma lição. Se chama " o oitavo dia" e tem que assistir com uma caixa de klenex do lado, mas vale a pena!

Beijo grande e boa semana,

Bel.

Papoula deixando DOCINHOS disse...

Alou, alouuuuuu galera do blog mais charmoso do planeta, estou muitooooo atrasadinha pq estava distribuindo DOCINHOS DE S.COSME E S.DAMIÃO, ufaaaaaaaaaaa, exaustaaaaaaaa e como não poderia deixar de ser, deixo p vcs BEIJINHOS DOCES DIET rs,sr,sr,sr,rs,rs,rs , q a tarde de vcs seja mto doce e VIVAAAAAAAA SÃO COSME E SÃO DAMIÃOOOOO!!!

Claudio Renato disse...

Viva São Cosme e Damião, com muito doce e caruru!

Eliane Furtado disse...

Claudinho voltou!
Papoula, Mara Mole. Guarda aí.
Bel, bom nada. Vc acha mesmo?