domingo, 2 de novembro de 2008

Nas asas de uma borboleta


Boa noite amigos, parceiros, anjos da terra, companheiros de vida.
Ganhei um quadro há muitos anos da filha de uma querida amiga de trabalho. Lá estava escrito uma frase: "a felicidade vem nas asas de uma borboleta."
A simplicidade desta mensagem me fêz refletir nesta palavra felicidade, que tanto buscamos. Sempre fui feliz, me senti feliz, animada, alegre e disposta. Com tudo. Mesmo nas situações mais difíceis como quando enfrentei a longa doença de minha mãe, que durou mais de dez anos a partir do final de 1983.
Tiro proveito da felicidade. Felicidade é composta de tudo. Das coisas boas e das inesperadas. Tenho o meu lado feliz que ama o conforto, o requinte, meus ares de Sissi, a imperatriz da Áustria. Afinal criação é criação. Mas também adoro -como boa jornalista - tomar um cafézinho com empadinha ( eu e meu cinegrafista fazíamos isto toda manhã), conversas de botequins e padarias. Minha mãe costumava dizer o seguinte: -"Crio você para todos os ambientes, para viver com todas as pessoas e em qualquer situação." Aquele velho ditado dela: "- Casa com rico sabe mandar, casa com pobre sabe fazer." A felicidade vem realmente daí: da adaptação e de viver e aproveitar todas as situações. Porque tem que saber aproveitar, tem que se ter coragem para ser feliz, como diz uma de minhas queridas no livro "Sentença ou Renovação". Tem que se ter mente aberta, um olhar diferente. Tem que saber usufruir o que Deus coloca diante de nós.
Tenho certeza que parte da minha felicidade é ter as pessoas que me cercam. A alegria de um bom almoço, dos cachorros em volta ( viva Kenny Brown, ), de visitas inesperadas, novos amigos e de passeios surpreendentes. É preciso estar atento as chances que a vida nos dá para ser feliz. Não foi fácil, por exemplo, ser feliz nessa semana. Mas passou. Passou também o mês outubro.
Não posso esquecer da frase do quadro, da energia em ter uma torcida tão unida e organizada, que vem da vida, do blog, e veio também esta semana do Rio Grande do Sul de uma linda repórter: -"você sabe que eu te amo muito não sabe?" E também de um desabafo inesperado na casa de uma das minhas mais queridas parceiras:
-" Você vai vencer porque nós queremos. Queremos você aqui por muito tempo ao nosso lado." Não é lindo, energizante ouvir tudo isto? Mesmo qua vida pregue uma peça, ganhei e comecei bem novembro.
Pessoas que cercam você, que amam você permanentemente, que querem e precisam de sua companhia e não querem abrir mão dela. Por nada. Isto me faz sentir felicidade.
Quando o sol estava se pondo, olhei para o alto, e sorri . Bem na minha frente estava o símbolo da cidade que minha mãe tanto amou: o Dedo de Deus. Não é à toa que hoje é dia de finados e as borboletas voaram em minha volta.








12 comentários:

Rodrigo disse...

Eliane, somos a soma de nossas experiências e vivências. Como somos humanos e não dinossauros, um ajuste aqui e outro acolá é que nos tornam capazes de seguir em frente e não sucumbir.
Tem uns clichês que vamos ouvindo, lendo ao longo da nossa jornada.
Como aquele: "não importa quantas vezes voc~e cai, o importante é levantar-se". às vezes fazemos uma adaptação como: A gente nunca está preparado para cair mas, se caiu, tem que levantar, dar a volta para cima, sempre. Olhar a vida de frente e seguir...
Ao que se observa voc~e tem esse dom e amigos que te apoiam, incentivam etc... Só por isso tudo,
você já é especial e torna especiais aqueles que te cercam.
Beijão, Rodrigo e Vera.

Eliane disse...

"Olhar a vida de frente e seguir..."
É isto querido Rodrigo. Que venha novembro.

a vizinha disse...

Desde cedo venho olhando as asas dessa borboleta. Parece um vitral ! a natureza é mesmo perfeita em todas as suas manfestações. Transparecnte, delicada mas poderosa.

Ediana Avelar disse...

Lili, concordo com o Rodrigo. Não importa quantas vezes a gente caia o importante é ter a coragem de levantar e de cabeça erguida,olhando para o alto. Para a vida.

a vizinha disse...

... e ela é linda, feliz e LIVRE !!!!!

Ro Bolerão disse...

Como te falei Lili, que foto!!!

Lindaaaaa de viver, igualzinha a VOCÊ, viu lindinha?

Você é uma pessoa MT ESPECIAL, MT AMADA, MT QUERIDA, SAPEQUINHA E o melhor de tudo, tem uns amigos lindossssssssss pena que ... "comprometidos", que penaaaaaaaa, snif, snif, snif, snifffffffffff...tem algum LIVRE, LEVE E SOLTINHO DA SILVA qui nem qui euzinha???

Eliane disse...

...linda, maravilhosa e avassaladora, não é Rodrigo?

Eliane p/Di disse...

Cabeça erguida sempre Di. Sempre. Sem comentários.

eLIANE disse...

Minha cara Ro. Vc demorou a me encontrar. Ainda não viu nada. O cardápio de amigos é variado e de tirar o fôlego.
Melhorou do torcicolo?

SCARLETT O'HARA disse...

Me sinto brincando de ESTÁTUA, lembra??? ohhhhhhh, céusssssssssssss, custo a crer no que vi e ouvi, ohhhhhhhhhhhhhh céusssssssssssssssss quanto desperdíciooooooooooo!!!!

Ainda existe o TRANSFORMAÇÃO DA XUXA??Acho q vou lá, não custa tentar , né mesmo???
Será q consigo TOCAR EM OUTRA BANDA???kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, acho que nãoooooooooo, nemmmmmmmm pensarrrrrrrrrrr!!!

eLIANE disse...

Dona Linda costuma dizer " nunca diga desta água não beberei." rrrrrrssssssss
Eu, por exemplo, quando esqueço e digo..me estrepo.

eliane corrigindo disse...

Dona Linda costumava , costumava...ainda está voandao nas asas da borboleta.
Siga em paz