segunda-feira, 5 de abril de 2010

Projeto de lei sobre cães divide opiniões


Eu já tive muito medo de cachorro. Ah se tive...Até atravessava a rua quando via um. Até que um dia tive um encontro com um cão que parecia um ursinho e que tinha olhos rasgados e me olhava querendo falar alguma coisa. Fiquei totalmente apaixonada. E sou até hoje. Ontem li mais uma vez nos jornais que existe um projeto de lei de um senador, que ainda não foi aprovado, que pretende limitar a circulação de 17 raças de cães. E a raça dos meus cãozinhos está lá na lista: Akita. Na verdade, já existem leis estaduais estabelecendo limites aos cãos de raça ferozes. Mas é preciso uma lei nacional para aplicar a multa. O assunto está gerando polêmica e dividindo opiniões de especialistas e donos. É preciso impor algumas regras sim para quem vive em sociedade e circula com animais de grande porte pela rua. E pequenos também. Porque poodles também mordem. Existem muitos donos abusados, que não sabem controlar seus cachorros e não respeitam o direito das pessoas. Focinheiras, guias, coleiras são necessárias sim. Cão de guarda é cão de guarda. E cão de guarda precisa ser adestrado. Quanto à proibição da reprodução de cães da raça pit bull ai é outra história. Tem que ser bem analisado.
Se for aprovado, o projeto, que aguarda julgamento na Comissão de Constituição e Justiça, veda a circulação dos cães de algumas raças em locais públicos sem coleira e focinheira. O descumprimento dessa determinação leva à apreensão do animal, que só será liberado após pagamento de multa de R$ 100.
Agora veja a lista: são considerados cães de guarda “perigosos”, segundo o projeto, os cachorros das raças rottweiler, fila brasileiro, pastor alemão, mastim, dobermann, pit bull, schnauzer gigante, akita, boxer, bullmastiff, cane corso, dogo argentino, dogue bordeaux, cão das montanhas dos pireneus, komondor, kuvasz e mastiff. Fico aqui pensando se eu decidisse ter um outro cachorro, qual raça eu escolheira? Observo aqueles olhinhos rasgados, que vivem grudados em mim e seguindo meus movimentos e penso: que outra raça tem as qualidades de um akita? Que outro cão é ainda mais fiel e silencioso? E digno e danadinho? Difícil seria abrir mão de ter um akita. Branco, vermelho ou tigrado. Mas eu sou uma dona responsável. E os outros? Bom dia blogueiros apaixonados por cães. Bom dia blogueiros que não gostam de cachorros. A vida em sociedade é assim: de respeito e aceitação.





24 comentários:

Papoula dá BOM DIA disse...

Bom dia queridinha e adorei o tópico de hoje, muito bom pq o que tem de gente andando com PIT BULL sem coleira, sem focinheira no nosso calçadão é um ABUSOOOOOOOOOO!

Nunca fui chegada a cachorros e gatos mas por causa de amigos e meu filho mais novo que adora, hoje sou amiguinha deles mas na minha casa não quero não, dá muito trabalho e nos prende demais prefiro brincar com os seus , de Joaninha, não me dão nenhummmmmmmm trabalho rs,rs,rs,sr,sr,sr e DESPESAS rs,sr,sr,sr,rs,sr,sr,rs...
Estes cachorros violentos tem mesmo que circular com guia e focinheira para não colocar em risco a vida das pessoas, faz parte!

Linda semana p vc, decisões importantes e vc saberá tomá-las, serás felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.

beijinssssssssssssssssssssssss

Papoula disse...

Ahhhhhhhhhh esqueci de dizer q SHIRÔ é um LORD mas qd resolve dar BOA NOITE kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk quase me mata do coração com aquele "vozeirão" e a bela KINKIN super feminina mas mto sapeca ADORAAAAAAA UM PUDIM, tem que ficar de olho na "MOcinha", adoro os dois!

Eliane e o Bom Dia disse...

Lorde e lady adestradíssimos. Mas akitas não gostam muito de receber ordens...kskssksk

Alexandre F Maurity disse...

Eliane,

Realmente seus cachorros são lindos, mas, respeito-os muito, principalmente o Shiro, que é de poucos amigos. . .:0D

Essa lei tem de ser posta em prática, esse negócio que meu CÃO de guarda é mansinho e que não morde, é balela, não morde porque não fechou a boca, ainda!!! rssss

Cão grande e de guarda, tem de sair com focinheira e guia curta além de o dono sair com um saco plástico para pegar o cocô dos mansinhos e jogar no lixo.

Os pedestres agradecem!!

Bom dia!!

Bjs

Anônimo disse...

Ale, vc tem toda razão, este pessoal tem mesmo que levar SAQUINHOS p recolher as sujeirinhas dos seus auaus pq pisar num monte desses , ninguémmmmmmmmmmmmm merece!

Lindo dia p vc.

Dragão ASSINANDO disse...

Helloooooooo, esqueci de assinar, sou eu DRAGÃO, ANÔNIMO NEVERRRRRRR!

Eliane disse...

Oi Maurity. Estou rindo aqui sozinha lembrando do dia que vc e Márcio subiram na kombi , no poste sei lá...
Eu tenho medo de outros cães tb.
Eu não acredito em cão mansinho.
Cão é cão.
Shiro é manso comigo, comigo.ksksksksk

O GIGANTE disse...

Olá Eliane, sou eu o "gigante" risos. Gostei da matéria. Acho que os cães mais perigosos devem andar de focinheira. Passo cada sufoco. Te amo querida. Deus te abençoe!!!!

O GIGANTE

Eliane p/Gigante disse...

Oh meu querido. Que saudade. Espero que dê tempo de ler esta mensagem.
Estou te aguardando para mais uma boa farra.
Deus abençoe vc. Contando sempre com suas orações.

O GIGANTE disse...

Você está sempre em nossas orações!
Faremos com certeza outra farra das boas risos.

O GIGANTE

Renata disse...

Imagino que para quem é o dono do cão toda e qualquer restrição é sinônimo de ofensa já que eles encaram os "bichinhos" como filhos. Agora para as pessoas que não tem cachorro e morrem de medo essa lei viria a calhar.
O Shiro é um ursinho e eu adoro ele mas ai da gente que a Lili não esteja lá(rsrsrsrs).

Zel Bengalinha Paulistana disse...

Alô, alô, Sampa chamando Rio!
Boa tarde Eliane, boa tarde Blog!!!

Sempre tive cães, adoro esses pets.
Já nasci com cães, em casa. Então... já viram... não sei viver sem eles. Tive de todos os tamanhos, de Poodle Toy a Fila Brasileiro. Hoje tenho um Dashshund preto, pequenininho. Aprendi desde cedo que mesmo o cão mais calminho e pequenino, se ficar irritado ou se sentir ameaçado, pode machucar gravemente alguém. Imaginem os grandes, então. Por isso, em relação à segurança alheia, todo o cuidado é pouco. E em relação à higiene do passeio público, affffff... que falta de civilidade vemos por aí...
Tem muita gente que merecia ter que sair de focinheira, porque estimulam a agressividade dos seus cachorros, facilitam toda sorte de acidentes e o cão é que paga o pato, não é mesmo? E não limpam a sujeira... é o fim da picada...

Beijos a todos
Zel

Daniel Hiver disse...

Olá Eliane...
Gosto de cães... Mas não entendo como pessoas que tem cães ferozes agem como se eles fossem inocentes vira-latas.
Acredito que a legislação deve produzir um cuidado maior nesse sentido visando a prevenção de horríveis acidentes.
Uma boa semana!

Alexandre F Maurity disse...

Renata,

Prefiro o urso de pelúcia!!

Bj,

Vera disse...

Boa Noite Eliane!
Boa Noite Blog.
Gosto de cachorrinhos ,mas que fiquem longe de mim. Não gosto das lambidas, por isso eu tenho um Gato lindo, persa com himalaia, cinza o meu Fredy....
Bjs
Vera

Alexandre F Maurity disse...

Eliane,

Foi numa escada, que Marcio e eu subimos para ficarmos admirando os cachorros. . . rssss

Bjs

Eliane p/todos disse...

Zel, Vera, Renatinha...
Ursinho de pelúcia. Esta é boa Maurius. É na Kombi foram outros malucos. Imagina ter medo daquele bebê ksskkskskskksk
Daniel, que prazer ter você aqui entre nós.
Obrigada pela visita.
Obrigada a todos.

Eliane para Daniel disse...

Pois é Daniel, parece que as pessoas respeitam mesmo é a lei.
Então que venha mas com justiça e sem equívocos.

Silvana petshop disse...

Boa noite blog, boa noite Lili, neste blog democrático todos teem razao, inclusives os nossos caes e gatos, todos nos somos animais e devemos ser respeitados, ninguém deve invadir o espaço do outro, convivência pacífica e civilidade, eu já tive um pointer, um poodle, um labrador, um fox paulistinha, e agora tenho um boxer, e um maltes, fora 4 gatos vivos e os 3 que já se foram para o ceu dos bichos, e todos convivem em harmonia inclusive o boxer com os gatos, o maltes é um caso a parte ele pensa que é um gato kkkkkk. Beijos para todos

Lulu disse...

Boa noite Eliane, boa noite pessoal do blog. Eu adoro bichos, principalmente cachorros e gatos. A minha Liza já está com 12 anos e, segundo a minha mãe, é a cachorra mais mal-educada que ela já viu... kkkkkkkkkkkkk... late porque gosta.
Quando desço para passear com ela, o bairro inteiro sabe. Mas aqui no prédio ela já perdeu a moral, as pessoas não têm mais medo dela, sabem que todo o barulho que ela faz é puro espalhafato. Mas concordo que cães ferozes só saiam com coleira e focinheira. Principalmente porque se encontrarem outro cão de raça menor... matam de uma bocanhada só, e não tem quem segure.
Beijos, tenham uma noite tranquila, durmam bem e bons sonhos!

debarros disse...

Esse cão Akita, tem traços bem fortes do cão Malamud, do Alaska, cão treinado para trabalho, como puxar trenós na tundra desse gelado país. O Akita não é cão de ataque, ou mesmo de guarda especializado é em princípio de trabalho. Se tornou com o tempo um cão doméstico, suscetível aos afagos e carinhos do dono.
É um belo cão e não tenho certeza se é de competição desfilando nas passarelas caninas.
Está de parabens por ter um cão dessa estirpe ao seu lado.

Eliane p/Barros disse...

Bom dia caro Barros. Bom ver vc por aqui cedinho. Daqui a pouco vou visitar vocês.
O akita desfila sim. É de competição. Minha Kin é filha de um dois mais importantes campeões do país: o Must of Torvick.
E ela própria tem uma pequena coleção de troféus. Só que ela, apesar de ser uma vencedora, nasceu para me mimar. ksksksksks

Eliane p/Sil e Lulu disse...

Lulu e Silvaninha, ai que delícia chegar em casa e ver aquela alegria, aquele pula pula, aquela felicidade simples e pura.
Mas se em casa, a gente impõem regras, na rua é preciso respeitar.
Um ótimo dia para vocês e desculpe não ter esperado por vocês ontem.

Dina disse...

Elaine
Como pode duas pessoas tão distantes, com formação tão diferentes em situações tão iguais?
Também lutei por um câncer de mama e sobrevivi, agoro corro atrás do prejuízo, controle e consequências. Amo animais, não sei viver sem eles, tive um Aquita branco igualzinho ao da foto acima, adorava-o e até hoje quando lembro dele ainda choro. Era tão dócil que dormia na minha cama, tão companheiro de minhas caminhadas diária que quando eu cansava ele me puxava. Quando saia a rua comigo eu usava guia mas ele nem olhava para os lados, só rebolava todo orgulhoso, isso que onde andávamos havia muita gente ouvindo música alta, conversando, cantando e bebendo.
COMO PROIBIR CRIAR UMA CRIATURA TÃO DÓCIL?