quinta-feira, 15 de abril de 2010

A ponta de um iceberg


Bom dia. Sempre me pergunto como, no Brasil, tantas autoridades -de primeiro e segundo escalão- são acometidas pelo câncer e não mergulham fundo na luta em criar leis, caminhos, investimentos de pesquisa para que o país tenha a excelência que tem hoje no combate do HIV ?! Tenho pensado muito sobre autoridades que estão doentes e só se preocupam consigo mesmo ou com suas carreiras. Vejo as de um lado para outro, serelepes, como se o céu fosse sempre azul e nada, nadica de nada, tivesse acontecido ou acontecendo.
Ontem fui avisada por uma amiga de São Paulo, mulher saudável e de fibra, que haveria um depoimento comovente ao final da novela Viver a Vida, na Plim Plim. Tenho tentado evitar ver estes depoimentos para não mais me emocionar. Mas... Minha amiga é uma das mais atuantes defensoras e batalhadoras nas campanhas de doação pela médula óssea no Brasil e me dá grande apoio. Bem, vi e não consegui dormir. Um pai de três filhos perdeu o do meio para a leucemia de um instante para o outro. Pensam que ele se acomodou? Beto está na luta por mais e mais doares, pensando em salvar vidas desde 2007. E eu, diante daquela história, não parava de chorar. Sabem porque? Finalmente um parlamentar, uma autoridade se manifesta com ações por nós. Beto tem mandato e não considera que sua luta terminou. Hoje, no Brasil, existe a Lei Pietro, que institui a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea. Ela acontece em dezembro e Beto, apesar da dor de ter perdido o filho, é incansável na luta pela doação, para que outras pessoas que necessitam de transplante não venham a morrer por falta de doadores de medula.
Afinal o que ninguém entende é que esta doença é como a ponta de um iceberg. Conhecem a expressão? Ela surgiu porque a gente só vê a parte da montanha de gelo, acima do nível do mar. Nunca vê o que está no mar, submerso! Nunca sabemos o que nos espera, pessoal.
E foi assim, sem saber o que os esperava, que no dia 15 de abril de 1912, o Titanic, o maior e mais luxuoso transatlântico do mundo, naufragou. Morreram 1.513 pessoas, e apenas 705 sobrevivem por problemas com barcos reservas. O navio havia partido de Southampton e ia para Nova York. O causador da tragédia: um iceberg.
http://especial.viveravida.globo.com/portal-da-superacao/

Bom dia, sejam doadores de amizade, de solidariedade, de atitude! Eu já precisei. Uma doação me salvou em 1 de março de 2007.

16 comentários:

Bubby disse...

Eliane & Blog,

Essas campanhas me fazem ver que nosso país, tem jeito.

Claro que, se depender da maioria dos políticos, somente projetos infames serão votados em regime de URGENCIA.

Mas, o POVO, só mostra seu poder, sobre o poder público, nas tragédias, ele consegue mobilizar-se e apagar a presença do estado, mas, infelizmente ele não percebe o seu poder. . .

Imagine essa mobilização constante?

Sou doador de sangue, não sei qual o processo e pré-requisitos para doação de medula.

Realmente, os icebergs são implacáveis, são belezas milenares e perigosas para a navegação.

Mobilização, doação, solidariedade são atitudes que todos sem exceção deveriam praticar.

Bom dia a todos e especialmente para você Eliane.

Bubby sabe Bubby diz!

Isabel A. W . De Nonno disse...

Eliane,

Segue link do INCA para doações:

http://www1.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=64


Aqui explica tudo, como é só uma mostra de sangue, e que somente em caso de receptor compatível é que é feita a "cirurgia". Neste site eles não dizem, mas me informei e você pode ser doador sempre. Uma vez tendo doado, é possível fazer novamente dentro de um curto espaço de tempo. Temos que mobilizar essa gente, que é muitas vezes descrente! (rimou =))

Beijo grande e bom dia para você,

Isabel.

Eliane Furtado disse...

Bom dia Bubby. Meu bom dia tb especialíssimo para um doador.
É simples doar para salvar alguém de leucemia. Sangue tb. Mais tarde, no final do dia, coloco as dicas.
Quando vejo a mobilização que a mãe do Cazuza fêz, me pergunto porque o Brasil não pode se mobilizar mais em outras lutas?
Há pouco tempo, o Chefe da Nação mesmo falou -em uma de suas pérolas- ao sair do hospital após passar mal. "Imagina se eu fico doente, seria toda a República..."
Alguma coisa assim.
Bem, já é assim, vamos pesquisar!

Eliane Furtado disse...

Ôpa Bubby, olha que espetáculo. Isabel foi rápida. Adorei. Esta turma de guerreiros e familiares é mais unida que a torcida do Fla, Corinthians e Inter juntas.
Bom dia Isabel, sempre na luta por todos nós.

Eliane Furtado disse...

Sorry pelos errinhos nas postagens. Ainda emocionada. E sempre afoita como me classificaram um dia...

Bubby disse...

Isabel,

Obrigado pelo endereço.

Existe idade limite para o doador de medula(18 e 55 anos).

Será retirada por sua veia uma pequena quantidade de sangue (5ml) e preenchida uma ficha com informações pessoais.

Seu sangue será tipificado por exame de histocompatibilidade (HLA), que é um teste de laboratório para identificar suas características genéticas que podem influenciar no transplante.

Seu tipo de HLA será incluído no cadastro.

A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por um mínimo de 24 horas. Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana.

Esse é um dos tópicos sobre o processo de doação.

Bubby sabe Bubby diz!

Silvana disse...

Bom dia Blog, Bom dia Lili, ontem eu vi o depoimento do Beto e falei com minha filha que assim que volta-se para Franca iria me tornar uma doadora. Você tem toda razão em tudo o que escreveu. A gente precisa se doar, em todos os sentidos> Beijos, beijos.

Dragão P Bubby disse...

Oi Bubby adorei sua explicação detalhada de como é feita a doação , não tinha idéia de como é este procedimento.

Pena, já não posso mais ser doadora por causa da idade mas torço que muitas pessoas doem ajudando assim quem muito precisa.
Estas campanhas são muitoooo importantes e deverima estar sempre na mídia.

Linda tarde Bubby, Lilizinha, inté mais!

Ministério da saúde disse...

Olá Eliane,
No link: bit.ly/bOqRS0 as pessoas podem esclarecer suas dúvidas sobre doação de medula óssea. Os interessados devem procurar o hemocentro mais próximo da sua cidade ou o INCA. Basta preencher uma ficha com dados pessoais e doar 5ml de sangue para testes. Divulgue e ajude a conscientizar as pessoas.
Para mais informações: fernanda.scavacini@saude.gov.br
Ministério da Saúde

Eliane Furtado disse...

Agradeço a Fernanda e a todo a equipe do Ministério da Saúde, a postagem de hoje com informação sobre doação e email. Conte sempre conosco por aqui.
Meu abraço guerreiro.

Rodrigo disse...

Boa tarde "The Boss - Ph"!!!
Boa tarde Blog !!!

Difícil quem tem o poder mecher-se.
Acontece por ai... O que deveria ser normal e natural é tratado com circunstância, pompa. Excepicionalidade.

O depoimento de ontem realmente foi forte.
Normal são filhos enterrarem seus pais.
Quanto enterra-se um pai, avô, é o passado que morre.
Enterrar filho é matar o futuro.

Beijos no cê, Rodrigo

Hospital do Rio disse...

Realmente achei muito curioso o assunto do blog hoje ser sobre doação. Somente quem passa por essa experiência sabe como é importante e quase divino esse gesto. Justamente no dia 15 de Abril de 2007 a minha família foi premiada com esta atitude magnífica e graças a ela meu pai vive muitíssimo bem. Para quem passa pela agonia da espera não existe nada tão maravilhoso quanto a notícia de que existe um doador e ele é compatível com vc. É uma decisão tão simples mas que na maioria das vezes não é tomada. Infelizmente não devemos ficar esperando pelo poder público devemos agir pois amanhã pode ser um de nós que estará naquele lugar.

Vera Henke do sulllll. disse...

Querida Eliane!
Boa Noite Blog!
Também me emocionei ao ouvir o parlamentar gaúcho Beto Albuquerque dar seu depoimento, sério, firme e muito consciente.
É, às vezes, eles tem que provar na sua própria carne as mazelas da vida para "se tocarem". Muitos se engajam, lutam,ou pelo menos ele fez isso e os demais pensam o que? Fazem o que? Valorizam o que?
Bjos
Vera

Guida disse...

Querida Amiga!
Muito obrigada pelo apoio de sempre, divulgando tudo que lhe envio sobre doação de medula óssea.
Muito obrigada por sua amizade e carinho.
Você é uma amiga muito querida para mim e para a minha família.
Um beijo carinhoso


Medula Óssea - Doar em Vida Salva
www.guida.com.br

Maria "A Carioca" disse...

Muito bom!
Bjsbjsbjs

Eliane Furtado disse...

QUERIDOS E QUERIDAS
Como Rodrigo disse: "não vamos enterrar o futuro."
Sempre digo que espero que minha luta possa abrir caminhos para novas pesquisas, observações e curas.
Na minha primeira cirurgia, meu médico levou um dos maiores especialistas japoneses para assistir. E pediu minha permissão. É para ajudar o futuro?
Então, claro!
Um beijo a todos estes doadores de generosidade.