quinta-feira, 29 de abril de 2010

Cada um sabe onde dói o calo


Abril, quinta-feira, dia 29, e eu queria falar de amor. De poesias e das palavras de um dos meus médicos, ontem para mim. Mas vou pular este tema hoje, como tentei pular o dia 28, pular o dia da sogra e alguns sentimentos sentidos. Prefiro contar uma notícia que li, que já saiu na imprensa, mas não entendi bem. É sobre um Projeto de Lei de um parlamentar casado há 31 anos, e que tem 56 anos. Nem vou falar o nome dele para que este gênio não tenha mais 15 segundos de fama.
Com tantas leis para serem criadas, este deputado decidiu criar um projeto polêmico que propõe que o amante responsável pela separação de um casal, pague pensão alimentícia. Será que ele quer é aparecer ou proteger algum corno na família? Desculpem a linguagem imprópria. Mas o que é traição amorosa? O que é? Este assunto tem mais entornos e contornos do que se imagina. Passa por vários caminhos. E vai virar Projeto de Lei? Ah, convenhamos, que não há nada melhor no país para se fazer do que leis tão essenciais como esta.
Pois bem, o projeto foi concluído no ano passado e pretende estabelecer justiça em caso de separação por infidelidade. E quer responsabilizar o amante pelo pagamento de uma possível pensão alimentícia.
A proposta ainda está sujeita à aprovação nas Comissões na Câmara Federal.
Segundo o gênio idealizador da nova lei, a preocupação dele ao criar o projeto foi com a parte mais prejudicada, o traído, que muitas vêzes acaba injustiçado.
Prefiro nem me alongar mais neste assunto. Vamos ver no que isto vai dar. Mas é melhor ir preparando o bolso. Agora, além de pensão para exs, para filhos, ajuda familiar, os brasileiros terão que descontar mais um pouquinho do salário.
Alguém tem que falar para esta autoridade em leis que, nesta questão, cada um sabe onde dói o calo.
Um beijo turma querida. Amanhã falo de amor? Falo? Não sei...

14 comentários:

Bubby disse...

A regra é clara, chifre não existe, isto são coisas que põem e sua cabeça!!!

Não perceberam que o corno é ele! Ele quer se vingar do pegador, do cara que usou o ropão dele, tomou a cerveja gelada e, alargou o chinelo dele. . .

Mas ele esqueceu que debaixo do pingüim sobre a geladeira tinha um pró-labore que lhe diziam ser obra do divino. rssss

Esse país é o que tem mais leis no mundo, claro, mais de 85% não são seguidas e tão pouco empregadas.
Criar leis dá status notoriedade, fama, mesmo de idiota, mas, fica em evidencia! rsss

Claro que não vou falar do molusco, pois seria dilmas!!!

Bubby sabe Bubby diz!

Velejando nas Letras disse...

Hahahaha, essa piada é ótima! Bom estar aqui novamente. Um beijão para você, querida Eliane.

Maria "A Carioca" disse...

...Melhor dizendo, cada um sabe onde seu "chifre dói". Hhahahahaha!!!
A associação de cornos do Brasil, parece que tem não sei quantos milhões de integrantes, está fazendo força para este projeto virar Lei.
Alegação: "Por que a pessoa q já está sofrida com a dor de ser enganada, ainda tem q pagar pensão ao safado (a)"?
É demais mesmo, né? Tanta coisa para ser discutida, tantos assuntos urgentes e .........o País falando sobre dor de corno.
Não dá!!!!!!!

Alexandre F Maurity disse...

Bom dia Eliane e Blog,

Para começar, uma afirmação de Nietzsche a qual acho muito interessante.

Dizia ele: “Ao pensar sobre a possibilidade do casamento, cada um deveria se fazer a seguinte pergunta: Você crê que seria, capaz de conversar com prazer com esta pessoa até sua velhice”?

Os casamentos baseados nos prazeres da cama são sempre decapitados pela manhã, terminam em separação, pois os prazeres do sexo se esgotam rapidamente, terminam na morte. . .

Mal sabe ele que, tudo o mais no casamento é transitório, mas as relações que desafiam o tempo são aquelas construídas sobre a arte de conversar.

Aí, do nada surge um "político" eleito sabe-se lá como, criar uma lei para beneficiar o traído ou o mal amado.

Ve-se logo que de amor nada entende!

Bom dia a todos!

Papoula disse...

Nossa, é cada coisa inacreditável acontecendo nos dias de hoje e políticos fazem de um tudo para aparecer, affffffffffffffffff, não tenho mais paciência com esta gente!

Tantos assuntos importantíssimos e o cara vem com isto, fala sériooooo!

Eliane Furtado disse...

Bom dia Bubby, Papoula, Carioca, Alexandre e viva de volta a querida Angela "Velejando" depois de tanto tempo.
Este país vive de piadas. E a coisa na política está esquentando. Vcs nem imaginam...Ano complicado este.
Tem alguma coisa simples?
Nada, nadinha.
Para este homem genial, tenho uma frase de uma amiga:
"Coração é terra que nem pisa." E por favor, autoridade, não se meta na vida alheia.

Maria "A Carioca" disse...

Alô alô blog!!!!
Concordo com Maurity.
O que fica é a conversa, o companheirismo, as afinidades.
Esta história de que os opostos se atraem é a maior balela. Deve ter sido inventado por um "corno" qualquer que relamente de amor nada entende.
Agora, como já disse, com tantos projetos importantes, o país paralisado discutindo uma palhaçada destas.

Eliane Furtado disse...

Carioquinhaaaaaaaaa, cada um sabe de si. Lei de Muricy!

Bubby disse...

Carioca sabe Carioca diz!

Bubby sabe Bubby diz!

Vera do sullllllll disse...

Ehehehe..... este deputado deve estar legislando em causa própria?
Não deve ter muito que fazer, trabalhando de terça a quinta ou deve morar em Mônaco, onde não há problemas a serem resolvidos, ou quem sabe no mar da Tranquilidade....
Bjs
Vera

Camélia do Cerrado disse...

Hortência

Essa foi a maior piada do ano até abril, garanto que novas estão por vir...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Só pode ser causa própria.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Bjs mil
Estou voltando aos pouquinhos...
Camelinha

Rodrigo disse...

Dona Lili, Dona Lili, boa noite!!!
Boa noite Blog !!!!

Essa história do projeto é balela que não vai pegar, até por questões práticas, né mesmo???

Mas, o que fica, o que importa é o seguinte:

- Contato com homem mal resolvido
e mulher mal amada é PHODA !!
(Com ph para ficar maior),
Só pode resultar nesses projetos
idiotas.

Tchau, Rodrigo

Lulu disse...

Fala sério, né, gente? É cada projeto esdrúxulo... já imaginaram quanta "traição arrumada" iria aparecer por aí?
Lembrei agora de um outro Projeto igualmente bizarro... um tal de Pastor Reinaldo, há uns anos atrás, queria proibir as pessoas de colocarem nomes de pessoas em animais... pode???? (A minha Liza teria que mudar de nome... kkkkkkk)
Beijos, boa noite para todos!

Eliane Furtado disse...

Oi Vera, o frio chegou por aqui no Rio. Quer dizer frio é maneira de dizer...outono fresquinho. Morar em Mõnaco deve ser o máximo. O Galvão Bueno é que sabe das coisas.
Camélia, não importa se rápido ou devagarinho, o importante é voltar. Voltar sempre.
Mas vc nunca foi embora. Nunca.
Rodrigo, eles são tão loucos que se a gente bobear, o projeto passa.
Lulu, tem gente que vai armar muiiiiiiiiiito para receber pensão. rsrsrsrssr