quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Al mare



Há três anos minha amiga Didi, rainha dos transatlânticos, tenta fazer minha cabeça para sair de férias em um cruzeiro. Quando estive em Key West tive vontade de ir com outra amiga, a Claudinha, para um tour rápido até o Caribe. Fiquei fascinada com os tamanhos dos transatlânticos. Mas a sobrinha Gisela fêz e não me animou muito. E sabe como é, esta idéia de ficar confinada já não é muito comigo. Presa então com um bando...Resisti o quanto pude. Mas quando Haroldinho da Tupi me falou que o colega comentarista Washington Rodrigues ia todos os anos, ôpa?! Porque não tentar? Não deve ser tão ruim, pensei. Afinal, todo mundo tem que tentar. Fiz uma viagem de navio com meus pais na pré história. Na época, adorei. Hoje as coisas deveriam estar ainda melhores, pensei.
Eu estava sem conseguir falar com ninguém, não queria participar de nenhuma reunião familiar, não queria atender telefone e não estava muito para conversa. Além do mais, ia enfrentar um "soci" violento durante o verão e outras " cositas más." Tinha que me preparar. Incentivada por duas queridinhas, peguei o "Ita no Norte" sem o Salgueiro. Ah não peguei o "trem" ôpps, navio, aqui mesmo no Porto do Rio, destino preferido entre oito a dez brasileiros neste verão escaldante.
A melhor coisa do mundo é começar a viagem pegando um táxi e ir para o Porto. Sem aeroporto, filas de check in( mas morri de saudade), atrasos, estradas com 12 horas de engarrafamentos e sumir. Estava tão cansada que comecei a ficar irritada logo nas boas-vindas. Retratos, brindes e uma fila interminável de Hello, Olá, Bonjour e etc... é porque a minha tripulação era formada por oito nacionalidades. Mas uns fofos. Sempre com um brasileiro ao lado. Um deles, pela minha simplicidade( ksksksks), olhou e me apontou o corredor dos pobres, ôpps, outros andares e escadas. Sem saber onde estava, fui salva por um oficial que gritou. No no, golden card! Ufa, alguém me reconheceu! kskssk Não, era o cartão que estava na minha mão. Ai tudo mudou: as explicações, os sorrisos melhoraram, o corredor, o andar e a suite. Gold pode tudo! Ahhhh, a suite...champagne, frutas, chocolates e uma varanda...E aquele mar todo aos meus pés. Acendo uma vela todos os dias para minha agente de turismo, a Raquel. O tal gold foi idéia dela. "Mas eu não posso ter esta despesa." "Vai por mim, eu te conheço," disse ela. E como me conhece. Viajar de navio é o máximo. Para quem não enjoa, para quem ama o mar, para quem quer exclusividade no gold e para quem quer farra na área democrática. (Democrática pra mim só praia e desfile de escola de samba no meio da bateria). Mas vou confessar, não pretendo me filiar a turma dos transatlânticos como o grande Washington ou como Didi, que já reservaram o ano que vem no cruize. Mas repetiria a experiência. Com uma boa turma, em um natal qualquer com a família e com o amor. Os shows são legais, o restaurante gooooolllld exclusivo tem um cardápio ótimo, comida e bares "open all day and all inclusive." E as noites temáticas muito engraçadas, muito "pop." A do comandante então...passei longe com minha bestice. Mas a sauna romana, gratuita só para golds( os outros tem que pagar em US$), a academia de frente para o marzão e a "minha" varanda ao luar...hummm me fazem querer mais. Ah a biblioteca deliciosa , os bares a cada andar com músicas para dançar... Mas fujam do cassino e do free shop.
Dormi muito, feliz, zerei a cabeça e o mar...ah o mar é meu parceiro desde que nasci. E sabe qual foi o melhor mesmo de tudo isto? Foi ousar, arriscar e ver a paisagem mais linda do mundo sob outro ângulo...ver o meu Rio, o meu Leme lá em alto mar. Agradecendo por tudo, pela amiga fotografando do calçadão e por mais esta nova conquista.
Patty, blogueira e parceira irmã, está indo. Vai acabar com o coração da tripulação. A turmina toda vai estar lá na praia acenando e vou imaginar um novo tour.
Recomendo pessoal. Mas não escolham qualquer navio. É furada. Só os quente$$$$. Vamos juntos?Quem sabe? Três dias?
Com a sensação térmica igualzinha a do Deserto de Saara, seguimos bem amparados nesta quinta. Amanhã começa o carnaval. Espero vocês aqui para uma das crônicas da minha vida.
Beijô!

13 comentários:

Lulu disse...

"Quem é do mar não enjoa, não enjoa!"
Bom dia Eliane, bom dia blog. Eu adoro o mar, mas na viagem que fiz para Fernando de Noronha... enjoei. Logo que cheguei no porto do Recife e vi o Pacific, me decepcionei de cara. Pequeno, mais parecia um iate metido a besta. Sei não se a comparação é boa. Os iates, via de regra, são muito mais luxuosos. E lá fomos nós, eu, minha irmã e meu sobrinho. O navio estava com uma peça quebrada, navegava mais lento, e balançava tanto pra frente quanto pros lados. E eu no Dramim centas vezes por dia. Segundo nos informaram, navios de porte maior não podem fazer cruzeiros para lá, pois o número de turistas a descer na ilha é limitado. Valeu por Fernando de Noronha. Um verdadeiro paraíso, lugar lindíssimo! Praias super gostosas, com golfinhos dando shows.
Uma tia minha com a filha viajaram recentemente de navio para a Argentina e Uruguai, saindo de Santos. Viagem maravilhosa. Disseram que parecia que estavam num tapete voador: o navio não balançava de jeito nenhum. Nestes vale a pena viajar. Para Fernando de Noronha, pretendo voltar um dia. Mas agora, só de avião...
Beijos para todos, tenham uma ótima quinta-feira.

Eliane disse...

Oi Lulu. Fernando de Noronha vale qualquer sacrifício.
É assim, cada qual com seu cada qual. Vi muita gente balançando tb. Mas foi uma experiência.
Agora vou te confessar...não tem como um aviãozinho.
Boas marés por aí!

Rodrigo disse...

Querida, mais uma vez numa postagem
light tem no pano de fundo a mensagem:

- Siga adiante, arrisque, desmistifique...

Enfim viva!!!!

Beijos,

Rodrigo

Alexandre F Maurity disse...

Meninas,

Os Paralamas do Sucesso já cantavam;

"Entrei de gaiato no navio, entrei, entrei pelo cano - entrei, entrei por engano"

Velejar é muito melhor, por não ser monótono, é atividade 100% do tempo, navio de cruzeiro deve ser um porre!! rssss

Fernando de Noronha, para mim, o máximo de permanência são 10 dias depois é tédio puro. . .


Avião o coisa boa!!! Seja de classe economica ou primeira é a maneira mais rápida de se chegar ao destino.

Agora no Brasil teremos trem bala, espero que, não seja bala perdida!!!


Embora, a meu ver, precisemos mesmo é de hospitais reaparelhados e, reformados, melhorando o atendimento, além de, uma educação básica de qualidade.


Boa tarde e beijos,

Eliane disse...

ksksksksksk. Não é não Maurius. Mas o limite dos limites é seis dias. SEISSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSss.
Conheço vc.

a vizinha disse...

nem com seu incentivo eu me animo a um passeio desses. Me ver confinada, mar pelos quatro lados, não ver terra firme, enjoando, ia me dar um pânico total. Gosto mais de sentir o chão, de abrir a porta e sair mas acredito que deve ser divertido. Um dia, quem sabe. Sou aberta a experiências. Por enquanto eu vejo da minha cadeira os navios passando lá longe.

Eliane disse...

É isto: "nunca digas desta água não beberei." Falei algumas vêzes e me estrepei. Fora aquela que eu tomei e me envenenei. Fui salva a tempo.
Pé no chão? Olha o terremoto!

Papoula amouuu NAVIO e vai again disse...

Uauuuuuuuuuuuuuuu, minha experiência foi sensacionallllllllll no COSTA FORTUNA, valeu cada minutinho naquele maravihloso navio, mta alegria, mil shows e a galera bem diversificada, figurinos então, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk de PLUMA E PAETês a tdo q vcs imaginarem mas eu e minha companheira de viagem curtimos tudooooooooo q tinhamos direito e em breve vou repetir pq vale a pena ,a animação lá dentro é 24 horas e eu só entrava na cabine p banho e dormir o restante, CURTINDO OS AGITOS DA PROGRAMAÇÃO ELÉTRICA e digo sempre, quem ainda não foi vá pelo menos para experimentar mas escolha um navio bom, de porte pq a segurança é totalllll!
Vamos Lilizinha com uma galerinha no ano q vem? Hummmmmmmmmmm,será um baratoooooooooooooooo!
Hoje vou p o BLOCO NO LEME à partir das 17 horas no posto um, quem vai? INTÉ pq agora vou preparar minha fantasia, rs,sr,sr,sr,sr, beijins, beijinssssssssssssssssssssssss

Papoula e shows 0800 disse...

Esqueci de contar umas coisinhas, nascer do sol , por do sol , céu estreladíssimo e a lua encantadora são SHOWS a parte e todos 0800!!!

Lili disse...

É sua cara esta viagem.O comandante te expulsou ou gamou?
Soube que vc nem voltava para o quarto! sksksksk

Papoula curtiu tudooooooooo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, CALADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Comandante q nada já era meio gagá p meu gosto mas A TRIPULAÇÃO, uauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu, PREFIRO NÃO COMENTAR!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...é a minha cara mesmo pq se teve alguém naquele navio q curtiu tudooooooooooooooooooooooo fui eu, vou voltar com certeza.
Ate´p Carlinhos de Jesus na piscina, dá p imaginar o quanto dancei?? Foi demaissssssssss!

Alexandre F Maurity disse...

Para todos e todas Carnavalescas!!

O bloco Azeitona sem Caroço sai amanhã a partir das 15:00h, Dias Ferreira!!

Eliane,

Quando fui para Fernando de Noronha, fui para me divertir muito, corria todos os dias da pousada ao aeroporto, mergulho na apnéia e autônomo, essas foram as partes boas!

As partes ruins, o nado/mergulho com os golfinhos estavam proibidos, as tartarugas sumiram, a noite na ilha é uma maravilha de morta, a comida muito ruim e, CARA.

Os pores do sol são fantásticos, é um paraíso para fotógrafos.

Realmente, seis dias eram suficientes, mas abusei e paguei por 10!!! sniff :0((

Mas entre mortos e feridos todos se salvaram, talvez ainda volte um dia?!?!


Bjs,

Bia disse...

Boa tarde atrasada,

Parabéns pela coragem e só posso dizer que siga seus instintos e repita a dose..., um cruzeiro tipo: Ilhas Gregas....rs
Em grego:
- Η Ελλάδα είναι ένα από τα καλύτερα μέρη στον πλανήτη.
Συγχαρητήρια για πάντα!
Loving φιλί