sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Histórias do carnaval: O Fígado Suiço é o bloco do ano!










Se tem uma coisa gostosa no carnaval são os blocos de rua. Eles estão espalhados por todo o país. Claro que aqui no Rio, os blocos são um "must". Interessante é a história e origem de cada um, a turma engraçada que sai pulando e se arrastando, com as crianças se esbaldando. E quem não curte sair sem compromisso cantando, sambando, como eu, adora observar.
Acho que meu amor pelos blocos começou com aquela história que já contei aqui. Um carnaval da infância, em Poços de Caldas, Minas, me fascinou quando encontrei com o bloco das domésticas de Lurdes de Belo Horizonte. Dali em diante , virei fã de blocos.
Aqui no bairro charmoso temos "O Peru Sadio" e o "Meu Bem , Volto Já", que adoro. Aliás o mais legal de tudo são os nomes. Originalidade, irreverência, todos -claro- criados por bem humorados carnavalescos.
Por aqui no Rio de Janeiro temos também "O Concentra Mas Não Sai', lá de Laranjeiras, os 'Devassos da Cardeal ", do Bairro de Fátima, "Imprensa que eu gamo"( dos colegas), que sai pelo Largo do Machado,"Vem ni mim que eu sou Facinha", de Ipanema, "Xupa mas não Baba", "Galinha do Meio Dia",de Copa e é claro os tradicionais "Suvaco de Cobra, Bafo da Onça, Simpatia é Quase amor" e as bandas históricas.
Pelo Brasil, um dos mais legais é a "Buchada da Adélia" em Limoeiro do Norte, Pernambuco. Li na coluna do Ancelmo de O Globo que em São Lourenço, Minas, vai ter o "BlocoCão." Até os bichinhos vão desfilar.
Os primeiros registros de blocos licenciados pela polícia no Rio de Janeiro, datam de 1889: Grupo Carnavalesco São Cristóvão, Bumba meu Boi, Estrela da Mocidade, Corações de Ouro, Recreio dos Inocentes, Um Grupo de Máscaras, Novo Clube Terpsícoro, Guarani,Piratas do Amor, Bondengó, Zé Pereira, Lanceiros, Guaranis da Cidade Nova, Prazer da Providência, Teimosos do Catete,Prazer do Livramento, Filhos de Satã e Crianças de Família (Rua Paulino Figueiredo).
De lá pra cá, os blocos tomaram conta das ruas e do coração do povo.
Mas este ano foi lançado um bloco pra lá de especial. Criado por uma das blogueiras, ele já tem fã clube, e uma organização esmerada: é o Bloco do Fígado Caquético(ôpa!), não não, o Bloco do Fígado com cara de queijo suiço( ou gosto - em votação). Como integrante do bloco e fonte de inspiração, tenho o direito de confecionar umas camisetas para faturar um dindin.
Vamos bombar.
Boa sexta-feira pré-carnavalesca? Pré? Parece que o Brasil já caiu no ritmo.
Beijos, meus amores amigos.
Bom dia, meu amor.

11 comentários:

Camélia em ritmo de Carnaval a caminho da Terra Natal disse...

Hortência

Bom diaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

E vamos colocar o nosso bloco na rua, seja de fígado caquético, de fígado suíco, não importa, temos é que cair na folia.

Camélia se preparando para cair no bloco mais alegre do planeta

Hortência p/ Camélia foliona disse...

Bom dia querida. Fígado suiço ou fígado com gosto...suiço?
Está chegando amore?

Lulu disse...

Aqui em Aracaju, até há pouco tempo, a cidade ficava vazia, pois as pessoas viajavam ou para Salvador ou para Recife. Mas nestes últimos anos tem ficado mais animada, com a criação de blocos, a cada ano surge um novo. Ontem mesmo, aqui em frente onde moro, teve o bloco "Caranguejo Elétrico", tocando só marchinhas de carnaval... foi ótimo, super animado!

Eliane p/Lulu disse...

Adoreiiiiiiiiii Caranguejo elétrico!!!
Um dia vou ai!

Lili p/3 patetas e Airton Sena disse...

Obrigada, obrigada pela ligação destaque do bloco. Estou emocionada.

Anônimo disse...

Lindinha

Te adoro, beijos mil estamos chegando
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Quilma disse...

ADORO blocos. Nos ultimos anos, tem aparecido muitos blocos, e bem familiar ( q. coisa antiga!)como diz Eliane os nomes s'ao otimos, eis alguns
Acadêmicos dos Arcos
Aconteceu
Alegria só abunda
Amigos do catete
Azeitona sem caroço
Badalo Santa Teresa
Banda Buda da Barra
Banda da Glória
Banda da Pedro Américo
Banda da Sá Ferreira
Banda de Ipanema
Banda do Largo da Segunda Feira
Banda do Leme 
Banda Sta. Clara
Bangalafumenga
Barbas
Bip Bip
Bloco do AfroReggae
Bloco do beco do Rato
Bloco dos bancários
Boca Maldita
Boca que fala
Boca Seca
Boêmios da Lapa
Boi Tolo
Brejeiro
Cachorro cansado
Cacique de Ramos
Carioca da Gema
Carmelitas
Céu na Terra
Charanga 3D
Concentra mas não sai
Confraria do Peru
Cordão do Boitatá
Cordão do Bola Preta
Dois pra lá Dois pra cá
É do Pandeiro
Embaixadores da Folia
Empolga às 9
Empurra que pega
Eu sou eu, jacaré é um bicho d'água
Gargalhada
Gente lesa
Laranjada Samba Club
Monobloco
Não quer me dar me empresta
Oco do Mundo
Passa régua da Penha
Que merda é essa?!
Rio sem rival
Rola Preguiçosa
Salsa e cebolinha
Simpatia é quase amor 
Sorri pra mim
Turma do Gato
Vem ni mim que sou facinha
Zumbi de pilares

Quilma disse...

Desculpa, o comentario acima ficou longo......parece deselegante ..... mas, sem chance de resumir........

Fátima disse...

Em Corumbá, minha terrinha, o carnaval é famoso!!O melhor do estado!!Os blocos são fantásticos. Os mais antigos com nomes tipo:Pingo de Amor, O Cravo vermelho (qta ternura rsrs)já os de hj com nomes mais arrojados rsrs :Afoga o ganso(o maior),Guerreiros,Os Cafagestes,Chupeta...É isso, muda ,mas nem tanto.Afantasia é quase a mesma.

fabiana trad disse...

Eliane, fiquei supresa e feliz com a citacao ao domesticas de lourdes!
Meu pai foi um dos fundadores do domesticas e os instrumentos do bloco ficavam em nossa casa. a concentraçao era lá!!!! Voce tem fotografias do bloco ou alguma informaçao sobre os integrantes?
Tenho fotos comigo, se vc quiser!!!!
fabianatrad@yahoo.com.br

Anônimo disse...

O "Buchada da Adélia" é um dos blocos mais animados que conheço. Ele sai desde 2002 e sempre nos cinco sábados que antecedem o carnaval.
So uma correçao: Ele é originario de Limoeiro do Norte so que no estado do Ceara e não Pernambuco.
Um grande abraço
Jeronimo