segunda-feira, 21 de junho de 2010

Há cartas que devem ser deixadas no muro



Faz tempo que eu estava com vontade de ir ao cinema e ver um filme simples. Daqueles água com açucar e sem pretensão. Não aguento mais efeitos especiais, histórias complicadíssimas, filosóficas e que você sai mais cansada do que feliz quando o filme acaba. Pois bem, nesse final de semana consegui finalmente ver um filme doce e leve. Pra começar, o cenário da trama é a Itália, Verona para ser exata. Não vou contar nada aqui, mas vale saber que a grande Vanessa Redgrave está no elenco. Linda, envelhecendo dignamente sem plásticas ao lado de Franco Nero. Claro que os críticos não gostaram. Mas todos saem do cinema sorrindo
A sinopse é bem simples. Conta a história de uma jovem americana que vai à Verona e lá descobre um grupo de mulheres que responde às cartas deixadas no muro da casa de Julieta Capuleto, aquela mesmo de Romeu e Shakespeare. E lá descobre uma carta escrita nos anos cinquenta por uma jovem apaixonada que não foi ao encontro de seu amor conforme o combinado. E começa a jornada em busca da autora da carta e seu amado Lorenzo. Com toques de humor e uma fotografia belíssima, você sai do cinema com vontade de embarcar para Verona no dia seguinte. E deixar uma carta de amor no muro da casa de Julieta. Claro que no filme, diferente da vida real, tudo pode acontecer.
Mas, na vida cotidiana, nem todos os encontros e reencontros são coroados de sucesso. No caso de Claire e Lorenzo, cinquenta anos depois, os dois ainda se encaixam perfeitamente em bondade, saudade, generosidade, decisão e sintonia.
Infelizmente, na vida real, o melhor -na maioria das vêzes- é que as cartas de amor e as procuras não aconteçam. Melhor deixar lá, no muro de Julieta, para sempre!
Bom dia, estamos no inverno. O inverno de 2010.
Ótima semana.


22 comentários:

Cecile Azambuja disse...

Bom dia Eliane!
Fiquei com vontade de assistir à esse filme. E que interessante essa história do muro de Julieta.
Vou me programar para assistir a esse filme. Gosto dessas histórias de encontros e desencontros.
Beijos e boa semana de inverno pra ti e pro blog!

Lulu disse...

Bom dia, Eliane, bom dia blog querido. Ah, vou assistir a esse filme também. Pela sinopse, já vi que faz meu gênero... adoro essas histórias água com açúcar. Principlamente quando se passam na Itália, com suas cidades belísimas e recheadas de romantismo. Até um tempo atrás tinha comigo cartas trocadas com um ex-namorado da minha adolescência. Num belo dia em que o caboclo faxineiro baixou, resolvi dar fim, pois já não faziam sentido pra minha vida, embora tivessem feito parte de minha história.
Quando você fala "há cartas que devem ser deixadas no muro", quantas escrevi e deixei... não no muro, mas na gaveta. Também tiveram seu fim.
Mil beijos, tenham um lindo dia e uma semana cheia de conquistas!

Eliane Furtado disse...

Querida Cecile, querida Lulu.
Não percam.
Se eu não tivesse um compromisso-breve- em NY, iria já para Verona.
Cecile, as histórias podem ser boas, mas os finais nem tanto.
Lulu, quando escrevi isto pensei: algumas pessoas não mundam e daí vale muito à pena escrever a carta, mas a maioria ...muda para pior. Então, melhor deixar no muro.
Ou na gaveta. ksksksksskksks

Eliane Furtado disse...

O verbo é mudar.
Mudar é bom. Mas para melhor.

Vera do sullll disse...

Bom dia Eliane!
Gostei da sinopse. O nome do filme é "há cartas que devem ser deixadas no muro"? Desculpe a burrice desta gaúcha.
Bjs

Papoula adora HAPPY END disse...

BRASILLLLLLLLLLLLL, BRASILLLLLLLLLLLLLLLLL BRASILLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL!!!

Lindo este filme e este é daqueles que certamente comprarei o dvd e assistirei zilhõesssssss de vezes pq como vc sabe, ADOROOOOOOOOO UMA HISTORINHA DE AMOR COM HAPPY END!

Semana magnífica pq depois da vitória de ontem só podemos estar mto felizes kissesssss, kissesssssssss

Eliane Furtado disse...

Oi Veroca. O inverno aqui no Rio começou ameno depois de todo mundo virar pinguim.
O nome do filme é Cartas para Julieta.
As de algumas pessoas ´e que deveriam ser deixadas no muro lá pra sempre!
BOM DIA Rio Grande do sulllllllll!

Eliane Furtado disse...

Happy end é bom né? Mas é preciso garra para concluir o "happy end."
Vc anda muito romântica Papoula.
Acho que vc vai ver mais este filme do que Mama Mia.
Pessoal, a Papoula é daquelas que assitem este tipo de filme zilhões de vêzes e, como da primeira vez, chora, canta, dança, ri e sai como se tivesse visto a primeira. Muito engraçada.

Lulu disse...

Ah, filme água com açúcar é pra gente assistir trocentas vezes mesmo. Toda vez que passa "As férias da minha vida", "Sintonia de Amor", "Feitiço do Coração", eu assisto como se fosse a primeira vez. O campeão é "Mensagem para Você", cheguei até a comprar o DVD, e se for ter em R$ 1,00 as vezes que assisti... dá mais que a mega-sena acumulada!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Äs vezes estou em casa de bobeira, olho pra ele, pego e assisto... o final, então... maravilha!!! Chora a Meg Ryan, choro eu... rsrsrsrsrsrsrs

Maria "A Carioca" disse...

Que Pena!!!!
Pena que na vida real, tantos homens nos fazem sofrer!!!!!!
Pena que o inverno chegou. Detesto!!!
Pena que não posso ir amanhã, deixar minha carta.
Bj para vc amiga!!!

jungleworldcitizen disse...

Quero ver =)
E quero ir a Verona também, meus amados filhotes de cães d'água são italianos e quase todo dia digo a eles que a gente tem que visitar a Itália porque é bom voltar as raízes, hehehe, na verdade é uma bela desculpa pra visitar esse país fascinante. Os italianos são umas figuras! Figuras com as quais adoro interagir, são passionais, engraçados, barulhentos (no bom sentido).
Quanto as cartas de amor, que saudade de quando ainda se escreviam cartas! =)
Beijos, uma ótima semana!

Eliane Furtado disse...

Carioca, vamos juntas deixar uma carta? ksksskks

Eliane Furtado disse...

Jungle, ainda pode escrever, ainda pode...
Tenho algumas guardadas.
A história de ir à Verona com os lindos cães é maravilhosa.
Eu vou. Coloquei na agenda. E lá deixarei minha carta...escrita à mão.

Bubby disse...

É o que eu digo e repito, viver é excelente, porém tem algumas pessoas que resolvem e insistem em complicar tudo.

Mulheres e homens que fazem as suas caras metades sofrerem, e, por muitas vezes, nós mesmos nos fazemos sofrer, exigindo-nos demais.

Bubby sabe Bubby diz!

Zel Bengalinha de Sampa disse...

Alô, alô, Sampa chamando Rio!!!!!
Boa noite Eliane; Boa noite Blog!

Adorei a sinopse. O lugar da história, então... sem comentários!!!
Estou como você, Eliane, preferindo filmes levinhos, água com açúcar, happy end e fotografia bem bonita. Meus neurônios estão dando choque se tiverem que fazer muitas sinapses, hahahaha!!!
Sinto saudades das cartas. Escrevi muitas e também recebi muitas...
Bem, vou aceitar a sugestão e vou assistir ao "Cartas para Julieta"

Beijão
Zel

Papoula p Bubby disse...

Bubby do céu, tem gente que vem mesmo balançar nosso coreto e depois joga a toalha, que vidinha difícil rs,sr,rs,sr,sr,sr por estas e outras prefiro ficar comigo mesma e com amigos preciosos que estão sempre comigo, rindo, brincando e levando a vida de forma leve, nadaaaaaaaaaa de esquentar a moringa!

Papoula p Zelzinha disse...

Zellllllllllllllll amadinha preciosa, mtas saudades de vc , viu?

Menina, eu amavaaaaaaaaaaaaaaa escrever e receber cartas, pena que isto acabou com a internet.
Esperar o carteiro passar p ver minhas cartinhas era um momento mágico e me deliciava com cada palavra, com as novidades que minhas amigas e Paraíso enviavam, adoroooooooo cartas.
Existem hábitos que não deveriam terminar nuncaaaaaaaaaaa!
Beijinsssssssss queridinha

Silvana disse...

Boa noite Blog, boa noite Lili, vi este filme na sexta e adorei, o mais legal e que fui ver com minha amiga porque a mãe dela que reecontrou o grande amor de antigamente, depois 50 anos ela com 84 anos e ele 80 anos e estou namorindo, ela chorou por 3 dias e só dizia para todos que é a história deles, muuuuuuuuuuito legal, como você disse a Vanessa está linda, a história é comovente, as paisagens são deslubrantes, problemas dos críticos que não gostaram e não saíram com o coração leve, uma delícia. Beijos para todas(os)

Vera do sullll disse...

Olá!
Depois que percebi que era só colocar no Google. "Cartas para Julieta".
Vou ver....
Bjs
Vera
Hoje Frio horrrrrrível. Destesto o in(f)verno,

Camélia do Cerrado disse...

Querida Hortência

Após longo tempo longe do Blog, hoje estou dando uma passadinha rápida por aqui.
Muita saudade das nossas farras com a nossa Dragão Papoula, ai que saudade.
Adoro filmes com happy end. Qto recuperar o amor do passado só mesmo em filme, até pq é preciso renovar. Nem sempre o que deixamos no passado continua a mesma coisa no presente.
Voltarei com mais frequência, espero.
Bjs mil
Saudade
Camelinha

Eliane Furtado disse...

Silvana, "estou de cara" como diz na gíria a minha Carioca Blogueira.
Não acredito. Se reencontraram aos oitenta?
Que maravilha. E estão namorando? AH ...o paraíso!ABENÇOADOS.
Lindo lindo lindo!!!!!!!

Eliane Furtado disse...

Isto sim foi uma bela e querida surpresa. A volta de uma Camélia, época dela, neste Blog.
Que felicidade ver vc de volta, mesmo que só um pouquinho. Mas sei que nossos laços são eternos.
Tem laços que mesmo arrebentem de um lado, a do outro mantém na mão.
No nosso caso, estamos em sintonia e enlaçadas de ambos os lados.
Saudade das conversas sensatas e companheiras.