sexta-feira, 18 de setembro de 2009

As palavras também pedem descanso


Fiquei com a tela aberta do computador por mais de uma hora pensando no que escrever hoje. É raro isto acontecer. Claro que a notícia que li cedo nos jornais mudou o rumo dos meus pensamentos. Na verdade tenho tanto para falar, para contar, para demonstrar, mas nem sei por onde começar. Mas é que chegou a hora de descansar. Eu preciso afrouxar este pique e José precisa descansar. Será que niguém entende? Acho que José começa a entender. Aceitação. Difícil aceitar a previsão da meteorologia. Difícil mudar algumas coisas quando as situações parecem contrárias. Difícil perder afetos, sonhos e deixar amigos. Difícil não pensar, difícil sufocar esta saudade.
Bem, eu poderia hoje falar também da excursão feliz e engraçadíssima da tarde de ontem. Pessoal, as meninas segurando aquela corda para não se perder na Bienal viraria foto de primeira página se um fotógrafo cruzasse com elas. Também poderia contar sobre o abraço daquela amiga que disse para mim outro dia: "-Não desista por favor. Você tem uma força descomunal." Ou falar sobre a reportagem do Blog na Globonews. Sobre o olhar confiante do craque cirurgião, Eduardo Linhares, que acabou de chegar do Japão com notícias e abraços. Ou sobre o gostoso bate papo na Bienal do Livro.
Não sei. Detesto "não sei", mas hoje recolho meus pensamentos. E sigo para mais um dia de atividades intensas pensando em alguns sentimentos, algumas dores, neste último ano, em alguns e muitos desejos e nesta força que minha amiga se referiu, que não é tão descomunal assim.
Penso que é preciso entender que tudo tem um tempo na vida. Mas difícil aceitar. Como disse a escritora de "Enigmas da Alma", ontem, no Riocentro, deveríamos ouvir mais os sinais dentro da gente e evitar caminhos que causam sofrimento.
Mas quem consegue? E há os sofrimentos inevitáveis. Aquele velho ditado "quem está na chuva..." Por isto já estou com as malas prontas com meus apetrechos. E apesar de reflexiva, não estou nem um pouco deprê, nem um pouco infeliz, nem um pouco triste. Estou apenas querendo aceitar que existem horas de recuo e horas de agir. E existe a aceitação. Enquanto não aceitamos um fato concreto, ficamos mergulhados em dor.
Aceitar e agir. Aceitar e seguir. Ou simplesmente aceitar. A saudade, a perda, e uma nova história.
Chegou a sexta, a terceira de setembro. Antes de dar o meu bom dia, deixo o meu agradecimento para estas meninas desprendidas, queridas, parceiras, que juntas transformaram a minha tarde em mais uma vitória. E para Tio Plá que enfeitou a excursão. Para Elaine, Monica, Alexandre, Theo, Igor, nossa que carinho! E Alice ( que ficou presa no trânsito infernal) e para todos que com aquela energia iluminaram as minhas palavras no bate papo com Monica Alencar e Ana Maria Santeiro.
Um beijo e como diz meu querido Haroldinho de Andrade, " aí vai o meu bom dia para vocês."
Com o amor da Eliane.

39 comentários:

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo disse...

Bom diaaaaaaaaaaaaaaa !!!!!!!!!!!

Eliane e Blogueiros(as) de plantão...
Aceitar... Não, não, de forma alguma, jamais. Não se aceita nem se conforma, respeita-se. Onde fica a tal da resiliência??? E o orgulho, a vontade, o nosso eu onde fica? Para onde vai??
O dom da vida é prosseguir, ir adiante, enfim viver. O difícil é muitas vezes é entender que as vezes se ganha, as vezes se empata e em outras perde-se mesmo. Como dizem: faz parte.
Uma sexta-feira e um find muito do bão pro cêis tudo.

Beijos, Rodrigo

Dragão mto cansadinha disse...

Good morning dear friend Lilizinha, como ainda estou exaustaaaa e sem folego dpois da "excursão" de ontem, ufaaaaaaaaaa, deixo uma piadinha e volto mais tarde dpois q me recuperar, INTÉ BIJUZINHA!


Joãozinho de novo!

- Joãozinho estava brincando no playground da escola, qdo viu o carro do seu pai passando em direção ao mato atrás da escola... ele Seguiu o carro e viu seu pai e tia Jane, se abraçando apaixonadamente!!! Joãzinho achou isso tão excitante, que não se conteve e correu pra casa para contar pra sua mãe o que tinha visto ...
- Mamãe, mamãe, eu estava no playground da escola, qdo vi o carro do papai indo pro mato com a tia Jane dentro... Eu fui atrás pra ver e ele tava dando o maior beijo na tia Jane....depois ele a ajudou a tirar sua blusa... aí a tia Jane ajudou o papai a tirar suas calças e depois a tia Jane....'
Nesse ponto a Mamãe o interrompeu e disse:
- Joãozinho, essa é uma estória tão interessante, que tal
você guardar o resto dela pra hora do jantar?....
Eu quero ver a cara do seu pai, qdo você contar tudo isso hoje à noite!'
Na hora do jantar, a Mamãe pediu pro Joãozinho pra contar sua estória... Joãozinho começou a sua estória:
- 'Eu tava brincando no playground da escola, qdo vi o carro do papai indo pro mato com a tia Jane dentro... aí, fui correndo atrás pra ver e ele tava dando o maior beijo na tia Jane...aí ele a ajudou a tirar sua blusa... aí a tia Jane ajudou o papai a tirar suas calcas e depois a tia Jane e o Papai começaram a fazer as mesmas coisas que a Mamãe e o tio Bill faziam, quando o Papai estava no exército ...'
A mamãe desmaiou!


Conselho: Dê atenção a quem estiver falando com vc e escute tudo até o final, antes de tirar sua próprias conclusões!

Eliane Furtado disse...

Bom dia Rodrigo.
Aceitação não é conformação.
Aceitar para agir. Ou melhor, no meu caso, reagir.

Lili disse...

Exausta???????
Também...
Semana que vem vou dormir na praia de manhã e de tarde piscina!!! No Flu, claro.
Claro que nos dois...vou de van!

Lulu disse...

Eu discordo do Rodrigo. A aceitação é fundamental, sim. Mas isso não quer dizer que "aceitação" seja sinônimo de "conformação" ou se entregar, ou pouca resiliência. Até porque se você tem uma resiliência forte, fica mais fácil aceitar. Aceitação, sim, conformação jamais. Você aceitando, você sabe contra o que está lutando. Você reconhece e conhece a força do inimigo e suas manhas. Lá no CAPS, por exemplo, onde trabalho com pessoas portadoras de transtorno mental, é comum se ouvir "eu não sou doida não" ou "eu não tenho nenhum problema mental não", chegando ao ponto de recusar qualquer tipo de cuidado. Aí fica difícil ajudar, pois a pessoa negando sua doença, se nega automaticamente a ser ajudada. Mas concordo com Rodrigo quando ele fala em respeito. Claro, é fundamental também, não se pode subestimar a força do inimigo e uma das estratégias é o respeito.
Um beijo enorme para todos, tenham um excelente dia.

Fátima disse...

Meninas!!!Cansadas!?!? Até parece que já passaram dos cinquenta!!!!Eu heim!!!!!Pior eu que ainda enfrentei beicinho...rsrsrs
Mas agora falando sério...foi muito bom ontem na Bienal!Parabens Eliane,mais uma vez!O bate papo entre autoras foi exelente!Adorei!Foi tratado assuntos de alma,ego e corpo se completando...muito bom!
BEIJO

Eliane p/Lulu disse...

Isso Lulu. É exatamente isso.

Eliane festejando Fatinha disse...

Que bom que vc gostou! Fico feliz.
Afinal foi uma viagem!
Vou aproveitar para mandar mais um beijo, mais um abraço pelo niver hoje. E falar que o beicinho do Carlão não é nada.Todo dengoso.
Homem dengoso é o máximo. Mas chato...Carlão não é!
Ele merece todo carinho hoje e lua de mel!!!!
Por acaso cinquenta é aquela caninha da TV?Ah bom...

Quilma disse...

Lili, de tudo que ja escutei e ri sobre a excursão de vcs ontem na bienal, uma coisa ficou na minha cabeça.....A CORDA. Além de engraçada ( que mico!) acho q. ela teve outras representações: acordar ( verbo mesmo) e unir, enquanto segurar na corda, não se perde. Nós somos a corda e ao mesmo tempo estamos segurando na corda. Não fui ontem, mas estou segurando a corda.Caraca, será q. vc me entendeu?

Lili p/Kiki disse...

Adorei. Entendi, achei lindo, registrei. De agora em diante a corda será um símbolo do grupão. O símbolo. Aliás a gente não é como a maioria não: não roi a corda de jeito nenhum.
um beijo.

Papoula, A CORDA e AS CAÇAMBAS disse...

Esta foto CORDA NA BIENAL temmmmm que entrar no blog, momento histórico da CORDA E SUAS CAÇAMBAS, UNIDAS VENCEREMOS e ninguém corro o risco de ficar pelo caminho, rs,sr,sr,sr,sr,sr,rs...

Kiki, posso te dizer uma coisa: elas adoram a CORDA, atravessaram a BIENAL e a CRIANÇADA só de olhooooo, foi demaissssssssssssssss......

Lili p/Kiki e Brigagão disse...

Sucesso absoluto.A corda. Aguardem.
Kiki , ela fala como se não estivesse amarrada.

Fátima disse...

Gente só posso dizer uma coisa.Adorei a corda!!!rsrsrs
Dá uma segurança...você pode olhar pra todos os lados que não se perde das amiguinhas....rsrsrs
O unico problema é qdo tem conflito de intesses numa feira, mas tudo bem, nada que um apito não resolva.

Dragão e O APITO disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, APITO E CORDA estarão de agora em diante em todos os GRANDES EVENTOS, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk e AS AMIGUINHAS bem juntinhas e qd ALGUÉM pensar em dar uma ESCAPADELA, PI, PI, PIIIIIIIIIIIIIIIII, apitada nelaaaaaaaaaaaaa, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...Kiki, vc não pode imaginar o que perdeu,foi demaisssssss essa excursão a BIENAL, ano q vem tem mais!!!

Elaine disse...

Eliane, a tarde ontem na Bienal foi simplesmente uma delícia. Vc estava linda, falando com muito orgulho dos seus dois livros. Parabéns!
Percebo que hoje está reflexiva. Isto é fundamental na vida. Se todos se permitissem momentos de reflexão as coisas seriam melhores. São nas reflexões que temos super insights que nos fazem pessoas melhores.
bjs
Elaine

CHIQUINHA disse...

Eu adorei também! Tudo. O debate foi muito interessante, dessas coisas que a gente ouve para depois ficar avaliando nossas atitudes e escolhas. As duas autoras muito seguras mandaram bem , e houve uma empatia especial entre elas. Nota 1000
Parabéns para Dragão que providenciou a corda com a intenção de brincar, mas mal sabia ela que iríamos aderir sem o menor problema.
Motorista nota 10, muito gentil e educado para não falar em outros predicados que agradaram a uma certa passageira..."Jesus me abana"
Fatinha quando chegou em casa o bico do Carlão já devia ter virado uma tromba! Mas aposto que ela não se arrependeu nem um pouquinho.
Orlando, quando entrei, já estava com o celular na mão para saber por onde eu andava...kkkkk
Acho que o alívio maior foi o de não ter tido que descer a ladeira para me buscar!Maridos encantadores, nem desconfiam que são "encantadores de serpentes"...kkkkkkkkkkkkkkk
E olha só, Dragão, a corda já está convocada para outubro,viu? Lógico que para outros fins...Vamos testar fôlegos!

Angela Vettori disse...

Boa Tarde!!!

Gente que pena que não pude ir...
Imagino a cena das "Meninas do Assunção"sendo guiadas pela corda da inspetora D. Ro e seu apito mágico!
Só faltou o uniforme....

Lili, tenho certeza que o evento foi um sucesso!Parabéns!!!!

Bom final de semana para todos.

Bia disse...

Boa tarde 1003,

Por tudo que já foi dito, sempre é muito bom estar aqui.
O que mais me impressionou na Bienal foi o clima de cordialidade, sorrisos e gentilezas. Não dava vontade de ir embora. O debate foi emocionante e verdadeiro.
O pessoal da editora Hama é de uma simpatia contagiante.
Enfim, um clima de magia inesquecível... e a nossa estrela de 1ª grandeza abraçou tudo isso com a reflexão. Não podia ser de outra forma, né Lili? Bjs :)

Dragão p AS MENINAS disse...

Chiquinha, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, impressionante como nossas antenas tem a MESMA SINTONIA e estou falando sobre A CORDA, clarooooooooooo q irá, já estou bolando TRAQUINAGENS e olhe, se Joaninha sabe q carreguei seus brinquedinhos p "minhas amiguinhas", kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ela vai rir muito, estou doidinha p mostrar nossas fotos, vai amar e pensar:Tadinhas, sairam e não tomaram seus remedinhos!

Angelita,vc e Mozita teriam se retorcido de tanto rir,o mais engraçado eram as pessoas, CRIANÇAS, passarem e olharem e não entnederem nadaaaaaaaaaaaaa, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Chiquinha,Fatinha estava tão, tãooooooooo tãooooooooooooooooooooo preocupada c Carlão q ainda sugeriu chopinhos e claro, quase fechamos a FIORE,fiquei acordada com medo q não abrissem a porta e eu precisasse acolher A SAPECA no meu doce lar enfim, q tarde , sem falar no nosso CHAUFFER, JESUS ME ABANAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!

Camélia do Cerrado disse...

Cheguei, um pouco atrasadinha, mas estou aqui no plantão mais alegre do Planeta. Como achei essa mensagem que acabei de receber brilhante, vou compartilhá-la com todos vcs:

Da minha precoce nostalgia
Por Maria Sanz Martins

Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de Porto, dizer a minha neta:
- Querida, venha cá. Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado. Tenho umas coisas pra te contar.
E assim, dizer apontando o indicador para o alto:
- O nome disso não é conselho, isso se chama corroboração!
Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões. E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossos frágeis a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudável e forte.
Por isso, vou colocar mais ou menos assim:
É preciso coragem para ser feliz. Seja valente.
Siga sempre seu coração. Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão.
E satisfaça seus desejos. Esse é seu direito e obrigação.
Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você.
Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim. Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, Rio de Janeiro, a Barcelona e a Austrália. Cuide bem dos seus dentes.
Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro.
Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito..."
Tenha uma vida rica de vida.
Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e o futuro é imprevisível.
Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela.
Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor.
E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável. Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários.
Se for se casar, faça por amor. Não faça por segurança, carinho ou status.
A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode ser um saco!
Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você. Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no olfato e desconfie da visão. É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão.
Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação. Leia.
Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim.
Compreenda seus pais. Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.
Cultive os amigos. Eles são a natureza ao nosso favor e uma das formas mais raras de amor.
Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza.
Era só isso minha querida. Agora é a sua vez. Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?
Bom finde
Bjs mil
Camelinha

Dragão e O PRINCIPE DA VAN BRANCA disse...

Nosso CHAUFFER é O PRÍNCIPE DA VAN BRANCA, rs,sr,sr,sr,rs,sr,sr,sr...agora todassssssss querem ir de van, né???

Qd surgiu a idéia teve gente torcendo nariz e agoraaaaaaaa, já estão querendo saber da PRÓXIMA EXCURSÃO, tem gente querendo até ir AO MERCADO DE VAN, rs,sr,rs,sr,sr,rs,sr, Lili, esta tchuma não é mole nãooooooooooooo!!!

Eliane p/todas disse...

Boa noite cordas, caçambas, olheiros, amigos e invejosos ( obscuros) e VALLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL, O PRÍNCIPE NOVO do pedaço.ksksskkskssk
Pobre Tio Plá. Fiquei com o maior remorso. Ele sofreu!
Elaine, nem adianta ficar reflexica aqui e nem dar descanso as palavras. Elas não deixammmmmmmmmm!!!! E o pior que quero moderar e tenho que ir para o Leblon. vou ter que levar meu Iphone e Blackberry. dois de uma só vez.

Lili1003 p/Chiquinha Lancôme disse...

Outubro? Ah muitos aconteciemtnos. Espero que seja para o dia 16...e só. Vou ter que ir de van.

Lili 1003 disse...

Angela, o uniforme fica pronto no final do ano. BLOG da Eliane -comissão de frente!!!!!
Todas de boton rumo ao Jô.Vou ter que fazer dois a mais: Ralf e Chiquinho.

Dragão, Tio PLa P LILIZINHA disse...

Lili, não se preocupe com tio Pla, ele adorouuuuuuuuuuu e já me pediu p reservar lugar na próxima EXCURSÃO, ELE AMOUUUUUUU VCS TODAS e claro, A FARRA TB!
Pediu q eu não esqueça A CORDA, achou um elemento imprescindível e obviamente, muitooooo divertido enfim, TIO PLA agora faz parte da TCHUMA, não esqueça da camisa dele, viu?r,sr,sr,sr,sr,sr,sr,sr,rs...

Lili p/Camelia disse...

Camelinha. Hoje, poucas palavras. Prefiro ver, ouvir, ler e reler.
Só by phone.
amanhã nos falamos.
Já andou de van? Claro que não porque pertence a uma casta superior. Mas pensa o que?
Todas que tinha abriram mão dos saris luxuosos e acabaram cantando...

Lilli 1003 disse...

Tio Plá uniformizado!!!E tb...o motorista.
Vamos pintar na van dele uma faixa. Este é o Blog mais feliz do planeta. Blog da coragem e da superação. Que tal?

Vera Henke disse...

Eliane!
Assisti no Jornal Hoje uma reportagem sobre a Bienal,uma escritora mostrou os espaços que o tempo de reportagem permitia e num desses espaços apreceu três escritoras, que, acho deveriam estar particpando de um debate ou de uma mesa ou... Uma pessoa parecia ser vc,... era?
Quanto a aceitação (conformismo), só quando não houver nenhuma outra alternativa, lutar sempre, manter a mente ocupada e com esperança. Tudo dá certo sempre. Os exames do guerreiro JA já deram sinal de uma pequena melhora . Rezemos por ele ele merece o nosso respeito, seu nome até agora sem nenhuma mácula, parece ser muito sério e honrado, que o bom Deus o recompense com a melhora ou que tudi isto sirva para que os demais políticos se espelhem nele.
Boa sorte, muita saúde e boa noite aqui no sulllll muito chuva...
Bjs
Vera

Vera Henke disse...

Perdoe algumas letrinhas atrapalhadas
Estou na corrida.
Bjs
Vera do sulll

Rosario - SP para Eliane querendo sossego disse...

Eliane, temos o direito ao silencio interno e externo. As vezes tb fico muda por dentro e por fora. Eu tenho certeza que nós podemos tudo, podemos baixar a guarda que, muitas vezes é constante por um longo tempo... então que tal um repouso. Passei um email para vc, confirmando o finde(acho isso tão carioca gente!). Fique totalmente tranquila e a vontade, nós vamos passear, então o que der para ser feito OK., tudo no devido limite. bjs:)

Eliane p/Vera do Sulllllll disse...

Oi Veroca. No HOJE não. Apareci na Globonews com o Blog. E agora vem a Record. E sabe-se lá Deus o que mais.
Estou aguardando a turma da onco folia de Sampa.
Se a Record me avisar antes, coloco lá no "Presentão" tá?

Eliane p/Rosaria disse...

Salve Rosaria. Estava preocupada. Estou muiiiiiiiiiiiiiito à vontade para estar com vcs. Estava aí pela night do Leblon.
ôba onco folia!

Camélia disse...

Lilizinha

Casta superior?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
a la Bangu?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Vou de camburão, de van, mas não perco a próxima excursão.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Só vc para me fazer rir nessa altura do campeonato.
Bjs mi
Camelinha

CHIQUINHA disse...

ISSO MESMO, LILI. DE VAN,MAS NÃO DEIXE DE VIR, TÔ TE ESPERANDO...
VALLLLLLLLLL IRÁ TE CONDUZIR MUITO BEM. TAÍ, BOA DUPLA: VAL E KIKO, O QUE VC ACHA? VAI SER UM BAFÃO!

Anônimo disse...

É A 1A. VEZ QUE O TEMA DO DIA FICOU SEM FOTO. POR QUE SERÁ, HEIN???
IMPERDOÁVEL, TIA LILI...

CHIQUINHA disse...

DEU "TILCHE" A POSTAGEM ACIMA É MUNHA. CADÊ A FOTO, TIA LILI?

eliane procurando Sampa disse...

Rosária kd vc?????????????????????
Zellllllllllllllllllllllllllll!!!!!!

Ana Maria Santeiro disse...

Cara Eliana,


Fianlmente passei no Blog, Muito legal. Obrigada pelas carinhosas palavras. Curioso, o que me apressou entrar no seu blog - ando ocupadésima - foi a mensagem de ma pessoa que só conheço pela web.

Dando uma limpa no computador, encontrei sua mensagem. Quando a mensagem entrou, me dei conta que há muito não recebia mensagens dessa pessoa. Mas não me detive para lê-la pois, coo lhe disse, ando ocupadíssima. Hoje, por acaso, nessa limpeza, ela veio a tona. Ele - é um rapaz - explicava que andara sumido porque teve que enfrentar um cance. Num primeiro momento pensei que era com ele, mas na sequência fiquei sabendo que era com sua mãe. E, por conta dessa expeirência, ele resolveu abrir um blog para ajudar na divulgação de prevenção da doença e para trocar experiências, solidariedades. Farei o enlace entre vocês. O nome dele é Ricardo Faria Menaker é o blog dele é o http://virgemcancer.wordpress.com/

Me envia, por favor, pelo e-mail, nossa foto na Bienal: amsr@openlink.com.br

Um abraco bem grande da,
Ana Maria Santeiro