sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Viva a pesquisa e os bons médicos!

De Londres
O primeiro bebê britânico selecionado geneticamente para não ter o gene do câncer de mama nasceu em Londres, informou hoje o hospital do University College.
Tanto a mãe como a menina estão bem.
Segundo o notíciário, o legado dos pais foi impedir que o tipo de câncer que atingiu a família durante gerações, atinja sua descendência.
Sem a intervenção da ciência, a menina teria tido entre 50% e 80% de probabilidades de desenvolver o tumor.
Cerca de mil bebês nasceram até agora se beneficiando deste método de seleção genética para eliminar a carga genética de outras doenças, como a fibrose cística ou a doença de Huntington.
Que maravilha!!!!!!Sorry Irina revisora. Sei que só pode uma exclamação, mas alegria não conta? Beijos

4 comentários:

Célia Serafim disse...

É a medicina cada dia mais sabia. Maravilhoso!

eliane disse...

Oi querida. Estamos a espera de novos milagres na pesquisa.
Liga tá?!

Papoula sonolenta, lerdinha, lerdinha,rs,sr,rs,sr disse...

Viva ESPECIAL a todas estas grandes descobertas, que maravilhaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!

Lindooooooooooooooo final de semana p todosssssssss, beijins, beijins, to cheia de sono, dormir mt tardeeeeeeeee, inté mais CHARMOSA!!!

Lili disse...

Papoula, assim vc murcha. Diminui ritmo.