sábado, 10 de janeiro de 2009

Pesquisa descobre fórmula da paixão eterna


Bom dia. Estou aliviada neste sábado. Finalmente, encontraram a fórmula do amor eterno. Pelo menos nas pesquisas. Risos. Vocês acham mesmo que tem a ver com fórmulas?
Mas se funcionar, vai resolver muitos problemas por aí, não concordam?
Segundo reportagem da revista Época, o segredo da paixão eterna é a ativação de um circuito na área tegmentar ventral, uma região do mesencéfalo, no meio da cabeça. Certo, não soa nem um pouco romântico, mas essa descoberta de cientistas de duas universidades americanas, noticiada na semana passada, pode ajudar a entender por que alguns relacionamentos duram tanto e outros tão pouco. A área tegmentar ventral é acionada quando algo nos dá prazer. Os pesquisadores das universidades Rutgers e Stony Brook, nos Estados Unidos, detectaram em imagens computadorizadas um pequeno ponto de luz, indicador desse circuito cerebral em atividade, nas pessoas que têm relacionamentos estáveis há pelo menos duas décadas. Pode ser a prova de que não é uma ilusão a paixão que permanece tão intensa quanto no primeiro dia.

Na reportagem eles citam o exemplo dos atores Bruna Lombardi e Carlos Alberto.
Vejam o que Bruna fala sobre Riccelli.
"Todo o contexto que envolvia o casal ajudou muito. Jovens, belos, isolados no Xingu, nadando seminus em rios límpidos. Éramos pura sensação, todos os sentidos aguçados no meio do nada, longe da cidade e do barulho. A química foi perfeita, o desejo irrefreável, aquela coisa que sai faísca. Mas o melhor é dizer que até hoje somos assim. Respeitamos a individualidade do outro, mas sentimos muita saudade quando um trabalho nos separa. Trocamos e-mails, pegamos avião para passar um tempo mínimo com o outro. O Ri é muito generoso, o tipo de homem doador. Cada reação dele diante de coisas grandes ou pequenas é coerente, é bonita. E temos muito tesão, sem o qual nada pode seguir adiante."

Gente, e olha o troco dele. Troco? Que fortuna para uma mulher.

“É difícil falar do que mais gosto em uma mulher tão linda como a que eu tenho. Dá para dizer ‘tudo’? Na primeira vez que bati o olho, pensei, impressionado, o que qualquer homem pensaria em relação a ela. Adoro os olhos, a boca, as pernas, os pés, o jeito como ela se mexe. A lista é enorme! Mas o melhor é que não é só isso. Atrás daquilo tudo havia uma mulher inteligentíssima, brilhante, apaixonada pela vida. O começo é importante, mas para que dê certo as pessoas precisam querer continuar acertando. Não existe um segredo. As pessoas são diferentes e a interação delas também. O Universo conspira, mas precisamos fazer a nossa parte”

12 comentários:

Paty disse...

Maravilhoso!!! Será q Rei Leão vai dar um entrevista assim sobre mim?hahahaha
Bjs!

Lili p/ Rainha da Selva disse...

B. dia rainha da selva.
Bom, espero que depois de um estrondoso sucesso em março, ele vai dar mais que entrevistas.risos.
Agora se um homem falassse assim de mim... sei não. Ia ficar sem fala. E ia dar tudo para ele. Tuddddddddddooooo! Ia cobrir ele de mimos só pela declaração.
Sabia que eles tem 61 anos?

Paty disse...

BAFÃO!!! HEHEHEHEHE

Bete Alves disse...

Um amor como este é uma inspiração!

Bete Alves

eliane disse...

Bete, prazer. Inspiração é pouco não é?
É tudo!

Lulu disse...

Por outro lado, tem uma antropóloga francesa cujo nome me foge à memória agora, que diz que a paixão dura exatamente 4 anos, ou seja, o tempo necessário para que o filho gerado pelo casal tenha condições de sobreviver por si, sem necessidade da assistência dos pais. Isso, levando em conta que o filho é gerado logo de cara. Não tem muito a ver com a nossa realidade atual...

a vizinha disse...

Paixão eterna ? Onde ? Como ? Exemplos raros esses que a revista cita.

Vizinha á esquerda disse...

Raríssimos casos.
Mas quem sabe..quem sabe a gente encontre um entre nós do blog?

rosario disse...

tenho um amor de tres decadas, quando fizemos 25 anos de casados, ele me mandou junto com flores um cartão assim...sentir que o tempo não pode interferir em momentos da vida, quer sejam bons ou ruins, sentir que se conhece cada vez mais a mulher que se vive.Num simples olhar,reconhecer quando se esta alegre ou não. Conseguir achar a pessoa até pelo cheiro na multidão. Ter vontade de ficar junto sempre, independente do momento, ficar ,amar, gostar e entender cada dia mais...
Não sei dizer se ele copiou de algum lugar, mas tenho até hoje o cartão dentro da minha agenda. Amar é assim, bem simples..

elianep/Rosário disse...

Querida Rosario, simples para você. Mas deveria ser para todos.
Ficar junto para sempre, oh coisa boa.
A sua sorte é que a galera mais "folgosa"- esta é boa- não está por aqui.
Faz propaganda não. Parabéns, adorei, quero vc em março nos contos de amor e dor viu?

a vizinha disse...

SãO TÃO RAROS QUE ELES CONSEGUEM ENUMERAR...
Exemplos de paixões assim só as de antigamente quando não se tinha como escapulir ou eram amarradas a preconceitos. Veremos vovós, bisavós com casamentos de 50, 60, 70 anos de duração. Quem diz que eram/são felizes ? Hoje a turma não aguenta. Pisou na bola caem fora.

da vizinha p/vizinha disse...

Pois é,vc quase sempre tem razão.risos.
Mas acredito pra vc construir uma história de amor,os dois, os dois precisam querer. Não basta um. e os dois presicam persistir.