sábado, 3 de outubro de 2009

"Não há mal que nunca se acabe..."


E aí está o sábado. O Brasil acordando alegre, o Rio cheio de esperança com o futuro e os cariocas se agarrando nesta chance de reconstrução da cidade. Quantos de nós não necessita se agarrar em novas chances. Em metas e objetivos ! Olhar a vida com esperança...

Tenho uma amiga que passou por poucas e boas e tenta se agarrar dia e noite na esperança: de reencontrar com o grande amor da vida dela. Para uma conversa, para um esclarecimento. E há pouco tempo, entre esperas e sofrimentos, recebeu um sinal. Ah estas mulheres que amam demais...

Ela estava desabafando comigo sobre o período que vem passando e ultrapassando. Destes problemas que a gente quer se livrar e só mesmo o tempo e novas histórias amenizam. A história dela é parecida com muitas por aí, mas com toques de originalidade que não ouso contar. Ouvindo minha amiga e conhecendo o "causo" me deu uma raiva -de momento -do sujeito. O curioso é que ela , depois do desabafo, disse para eu não sentir raiva dele não. E pediu doce, com aquele olhar de mormaço que só as mulheres tem. Achei a maior graça e mais uma vez vi e constatei: ah estas mulheres que amam de verdade...

Querida amiga, confio na volta dele. Aliás sempre acreditei. Acho que o tempo corre, a fila anda, as circunstâncias são complicadas no seu caso e em outras situações, a raiva às vezes nos impede de retroceder.

Mas neste seu caso de amor específico, difícil esquecer. As vidas já foram entrelaçadas. E o silêncio é necessário.

Enquanto o momento não chega, e a vida não se encarrega do "ponto final", aproveite o sábado. Se una a euforia dos cariocas e sonhe. Afinal, o sábado foi feito para o descanso, para aproveitar o sol, os amigos. Dia de parar de pensar um pouco nas mazelas e acreditar. Vez por outra, a gente precisa se render e acreditar. Deixar a raiva, a dor e amargura pra lá. E depois o que fazer? As mulheres amam mesmo demais...Eu queria ser assim como você: saber perdoar, não sentir tanta raiva. Eu não sei.



14 comentários:

Bia disse...

Bom dia,

Lili, sua sensibilidade me dá arrepios...uiuiui
Lindo e verdadeiro o texto de hoje, mesclado com sábios conselhos. Fiquei animada pra voltar ao alongamento com mais entusiasmo...Bjs

Lulu disse...

É um ditado que conheço desde criança: "não há bem que sempre dure e não há mal que nunca acabe". A questão é só de paciência...
E o Rio de Janeiro? Quanta animação, quanta alegria! É isso aí, o Rio merece, o Brasil merece, nós merecemos. Yes, we can!!! Adorei a mensagem logo após o anúncio: "Rio loves you".
Cidade sempre maravilhosa... :-))
Um beijo enorme para todos e um esplêndido final de semana.

Eliane filosofandoksskskksks disse...

Olá meninas lindas. Bia não há conselhos. Não há nenhuma sabedoria que aplaque a dor de um amor. Se eu fosse sábia neste assunto, não teria me permitido a tantos desvaneios ao longo da vida...ksskskskskks Um sábado lindo como vc, que é realmente sensível.
E para Lulu; este é um ditado que meu pai sempre repetia para mim quando eu estava diante de um desafio. E o desafio maior -para uma mulher - não é doença, não é tratamento. É quando vc sofre por um amor. Assim como minha amiga, que vc nem imagina, se entregou, se comprometeu, apostou e teve a vida virada de cabeça pra baixo. E quer saber? Ainda espera por ele...

Camélia do Cerrado disse...

Boa Tardeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

HortÊncia

Hoje, sábado de muito sol, no Cerrado, como sempre a filial do Inferno, a correria começou cedo hoje.
Camelinha hoje muito pensativa na sua postagem, vou ficar quietinha, caladaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
Ter paciência e esperança acho que é uma dádiva de Deus, é só o que eu tenho a relatar com relação a sua postagem de hoje. Perdoar é fundamental e por isso entendo bem a sua amiga. E como diziam os mais velhos: "quem espera sempre alcança". Mais cedo ou mais tarde o que estiver escrito vai ter um final, tudo sempre tem um final, seja este feliz ou não,ou quem sabe, surpreendente.
Bjs mil
ótimo sábado
Camelinha refletindo muito hoje.

Camélia disse...

Piadinha básica para alegrar o dia da Flor mais Linda da Serra

CONVERSA ENTRE DUAS MORTAS .......

- Morri congelada.
- Ai que horror !!! Deve ter sido horrível ! Como é morrer congelada ?
- Bom, no começo é muito ruim: primeiro são os arrepios, depois as dores nos dedos das mãos e dos pés, tudo congelando... Mas, depois veio um sono muito forte e eu perdi a consciência..
- E você, como morreu ?
- Eu ?????? Morri de ataque cardíaco.
- Eu estava desconfiada que meu marido estava me traindo.
Então, um dia cheguei em casa mais cedo, corri até ao quarto e ele estava na cama, calmamente assistindo televisão.
Ainda desconfiada, corri até o porão para ver se encontrava alguma mulher escondida, mas não encontrei ninguém.
Depois, corri até o segundo andar, mas também não vi ninguém.
Então, subi até o sótão e, ao subir as escadas, esbaforida, tive um ataque cardíaco e caí morta.

- Puxa, que pena... Se você tivesse procurado no freezer, nós duas estaríamos vivas !
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Camelinha

Zel Bengalinha disse...

Alô, alô, Sampa chama Rio Olimpíadas 2016!!!!!!!!!!
AreBaba que estou na web de novo!!!
Muuuitas saudades desse blog mais louco do planeta, hahahaha!!!!!
Também quero ir na excursão pro Sullll da Vera, segurando a corda... hahahaha... . Morro de rir só de imaginar a fila segurando a corda, Dragão no comando com o apito, hahaha!
Bento Gonçalves levanta da tumba pra rir também, hahaha!

Eliane FC (= Fígado Caquético), como sempre seu texto é bala.
Pra mim, olhar a vida sem esperança não é VIVER. No mínimo é ultrapassar por uma pseudovida...
E essa história de amar demais me pegou. Quando vc diz que mulher sofre mais pela dor do amor do que pela doença, tratamento complexo, etc., está certíssima. Não sei se acontece com todas as mulheres mas comigo foi bem assim. Que bicho estranho que nós somos, não?
O perdão? Hummmm... não sei não... Esse sentimento é muuuito complicado. Mas o ditado é perfeito: nem bem nem mal, duram pra sempre. Ufa, que alívio!!!!

Beijos de esperança (que o rombo não seja muuuuito grande no troca-troca das Olimpíadas, rsrsrs).

Zel Bengalinha (da dupla Bengalinhas de Ouro)

Vera Henke disse...

Eliane !
Hoje é sábado, dia de alegria , de aproveitar o sol que deu as caras e tb o calor. Sábias palavras de compreensão com sua amiga, mas deixa rolar... As pessoas só acreditam naquilo que querem acreditar. O tempo mostrará quem está certo. Seu ombro amigo foi o melhor que vc poderia ter ofereceido, e ela entendeu isto...
Tenha um lindo domingo.
Bjs
Vera

Lulu disse...

Eliane, uma pessoa só fica num relacionamento enquanto precisa dele...mas isso é uma coisa inconsciente. O que prende sua amiga a esse cara? Com certeza ela deve estar repetindo algum padrão, pois se ela deixá-lo e procurar outra pessoa, a escolha será exatamente em cima de um cara que faça com ela o que este fez...e como outros também devem ter feito. Seria bom se ela trabalhasse isso numa psicoterapia...
Beijos, bom domingo!

Ro insonia p/Elaine Pensativa... disse...

Perdão.... como disse LindaZ complicado. Ter paciência é outro fato dificil. Ando te achando meio pensativa demais. Vai dar tudo certo em Outubro. Bjs.:)

Dragão deseja BOM DOMINGO disse...

Bommmmmmmmmmm diaaaaaaaaaaaaaaaaa, um domingo mto animado, feliz e com muito brigadeiro de colher, vamos nos lambuzando pq a ALEGRIA é uma remedinho mtooooooo bommmmmmmmmm e deixa nossos dias cor de rosa!

Domingo com MOnobloco no Leme, Blitz e Salgueiro em Copa então, vamos dançar, cantar e mta alegria para vcs, beijins, beijins e INTÉ MAIS pq já estou colocando MEU BLOCO NA RUA, INTÉ BELEZURAS!

Camélia direto da Filial do Inferno disse...

Bom diaaaaaaaaaaaaaaa

Super Dragão com o bloco na rua. Aproveite e tome todas por mim hoje.
Bjs

Camelinha no Cerrado lascado

Camélia com macaquinhos no sótão disse...

Caracas

Por onde anda a dona do Blog?
Sumiu? Tomou Doril? Está Meditando na Serra?
Se alguém tiver notícias de uma Madre Superiora que virou uma Noviça Rebelde nesse finde, por favor me avisem.
Camelinha sentindo falta da Lilizinha Super Hortência.
Bjs

Camelinha

Lili dominical! disse...

Olá minha truma. Hoje é domingo. Preguiçosa eu estou...e pensativa tb com a postagemskskkskskskssk
Zeeeeeeeeeeeeeelllllllllllllll vc voltou!!!
Ro...paciência não é meu forte. Sorte que sou de touro. E aí...está no sangue descobrir a paciência.
Dragaõ, reparou que Camélia nunca perde o humor!!!!
Esta vou contar para o tio Plá.ksksksksksk
Muito boa!

Lili dominical 2 disse...

Oi LULU de Aracajú...Oi Vera do Sul....... Este blog é como a suepr Tupi do Haoldinho. De norte a sullllllll